Banner Portal
Rituais da escolarização e gênero
PDF

Palavras-chave

Disciplinaridade
Gênero
Performatividade
Rituais

Como Citar

CARVALHO, Rosângela Tenório. Rituais da escolarização e gênero. Cadernos Pagu, Campinas, SP, n. 61, p. e216116, 2021. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cadpagu/article/view/8666982. Acesso em: 26 maio. 2024.

Resumo

O artigo discute o ritual como elemento de intensificação da realidade de gênero. Propõe uma análise de enunciados ritualísticos no discurso pedagógico da educação escolarizada no século XIX na Itália. A análise está sustentada nos argumentos do caráter performático dos rituais, da pedagogia como prática de disciplinamento e da ação performática na produção dos sujeitos de gênero. Interessam na análise: a relação entre ritual e práticas de disciplinamento; a cena ritual; o papel da família no ritual de passagem; a afirmação de gênero nos rituais de acolhimento; e os mitos da feminilidade no ritual da lição.

PDF

Referências

AGIER, Mich; ABBAGNANO, Nicolas. Dicionário de Filosofia. São Paulo, Martins Fontes, 2007.

ANDRADE, Mario de. Poesias completas. Edição crítica de Diléa Zanotto Mafio. Belo Horizonte, Itatiaia; São Paulo, Editora da Universidade de São Paulo, 1987.

BARTHES, Roland. Mitologias. Rio de Janeiro, Difel, 2009.

BEAUVOIR, Simone de. O Segundo Sexo. Fatos e Mitos. São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1970.

BÍBLIA, Novo Testamento. I Coríntios. In: BÍBLIA SAGRADA. Disponível em: https://www.bibliaonline.com.br/nvi/1co/11. Acesso em: 17 ago. 2020.

BUTLER, Judith. L’alleanza dei corpi. Milano, Figure Nottetempo, 2017.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 2003.

BUENO, Michele Escoura. Girando entre Princesas: performances e contorno de gênero em uma etnografia com crianças. Dissertação (Mestrado em Antropologia social), USP, São Paulo, 2012.

CANGUILHEM, Georges. O Normal e o Patológico. São Paulo, Forense Universitária, 2009.

ECO, Umberto. Viagem na Irrealidade Cotidiana. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1984.

FOUCAULT, Michel. Il Potere Psichiatrico. Corso al Collège de France (1973-1974) Milano, Universale Economica Feltrinelli/Saggi. 2015.

FOUCAULT, Michel. Scritti Letterari. Milano, Universale Economica Feltrinelli/Saggi Feltrinelli, 2010.

FOUCAULT, Michel. A Escrita de Si. In: MOTA, Manuel Barros da (Org.). Michel Foucault, Ética, Sexualidade, Política. Rio de Janeiro, Forense Universitária, 2004 (Coleção Ditos & Escritos V).

FOUCAULT, Michel. A Ordem do Discurso. São Paulo, Edições Loyola, 1999.

HÁMELINE, Jean Yves. L’accordorituali: pratiche e Poetche della liturgia. Milano, Edzione Glossa, 2009.

LEONINI, Luisa Maria. The Language of Food and Intercultural Exchanges na dRelationships. Journalism and Mass Communication, v. 4, n. 12, dez. 2014, pp.777-786.ISSN 2160-6579

LONZI, Carla. Sputiamosu Hegel. Milano, Economica, 2013.

LOURO, Guacira. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. 14. ed. Petrópolis, Vozes, 2010.

PEIRANO, Mariza G. S. A análise antropológica dos rituais. In: PEIRANO, Mariza G. S. (Org.). O dito e o feito: ensaio de antropologia dos rituais. Rio de Janeiro, Relume Dumará, 2002, pp.17-40.

PONTES, Vanessa da Paula da. Beleza, produção e normalização do corpo em narrativas de crianças. Civitas, v. 18, n. 1, Porto Alegre, jan.-abr. 2018, pp.153-170.

RIVIÈRE, Claude. Os ritos profanos. Petrópolis, Vozes, 1996.

SASSATELI, Roberta. Genere e Consumi. In: CAVAZZA, S.; SCARPELLINI, E. (Org.). Il secolo dei consumi: Dinamiche socialinell'Europa Del Novecento. Roma, Carocci, 2006, pp.172-200.

SILVA, Eugênio Alves. Tradição e identidade de género em Angola: ser mulher no mundo rural. Revista Angolana de Sociologia, n .8, 2011,pp.21-34.

SLORTEDIJK, Peter. Regras para o parque humano: uma resposta à carta de Heidegger sobre o humanismo. São Paulo, Estação Liberdade, 2000.

SONTAG, Susan. Vontade Radical. São Paulo, Companhia das Letras, 2015.

SONTAG, Susan. Contra a interpretação. Porto Alegre, L&PM, 1987.

SOUZA, Raquel Eleonora. O Legado estético da colonização italiana no sul do Brasil. Revista Icônica, v. 2, n. 1, 2016, pp.20-41.

TAMBIAH, Stanley Jeyaraja. Continuidade, integração e horizontes em expansão: entrevista concedida a Mariza Peirano. MANA, v. 3, n. 2, out. 1997,pp.199-219.

TAMBIAH, Stanley Jeyaraja. Rituali e cultura. Bologna, Il Mulino, 1995.

TAMBIAH, Stanley Jeyaraja. The Magical Power of Words. In: TAMBIAH, Stanley Jeyaraja. Culture, Thought and Social Action: Na Anthropological Perspective. Cambridge (MA), London, Harvard University Press, 1985, pp.17-59.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Rosângela Tenório Carvalho

Downloads

Não há dados estatísticos.