Riscos e adaptação às mudanças ambientais

os casos de Santos e Ilha Comprida (SP)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/ideias.v12i00.8665128

Palavras-chave:

Urbanização, Dinâmica demográfica, População e ambiente, Percepção ambiental

Resumo

Um dos principais articuladores dos aportes da Demografia para a compreensão da adaptação às mudanças ambientais foi Daniel Hogan. Ao longo de décadas de pesquisa, o autor apresentou contribuições teóricas e metodológicas que ganharam centralidade na compreensão da relação entre população e ambiente no contexto das emergentes mudanças ambientais globais. Nesse artigo, discutimos tais elementos a partir de três questões. Inicialmente debatemos os usos dos conceitos de vulnerabilidade, resiliência e adaptação sob uma perspectiva das Ciências Humanas. No segundo item, traçamos algumas características dos estudos qualitativos para o entendimento dos conceitos. Por fim, exploramos a interface entre as perspectivas conceitual e metodológica em dois estudos de caso, Santos e Ilha Comprida, ambos localizados na zona costeira do Estado de São Paulo. Dialogando com as contribuições diretas e indiretas de Daniel Hogan, o artigo aponta para a importância do diálogo entre os estudos de vulnerabilidade, resiliência e adaptação. A partir dos estudos de caso, ressaltamos mecanismos de adaptação de diferentes grupos populacionais às mudanças ambientais e o papel do processo de urbanização como um dos elementos-chave para a compreensão tanto dos riscos e constrangimentos que afetam a população, como também das possibilidades de resposta às mudanças ambientais. Na escala do lugar, observamos uma diversidade ampla, tanto da percepção dos riscos como das estratégias de enfrentamento, que afetam a resiliência e as vulnerabilidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

César Marques, Escola Nacional de Ciências Estatísticas

Doutor em Demografia pela Universidade Estadual de Campinas. Professor da Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE/IBGE).

Francine Modesto dos Santos, Universidade Federal de Campina Grande

Doutora em Demografia pela Universidade Estadual de Campinas. Pós-doutorado na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Referências

ADGER, W. Neil. Social and ecological resilience: are they related? Progress in Human Geography, v. 24, n. 3, p. 347-364, set. 2000.

ADGER, W. Neil.; ARNELL, Nigel W.; TOMPKINS, Emma L. Successful adaptation to climate change across scales. Global Environmental Change, v. 15, n. 2, p. 77-86. 2005.

ADGER, W. Neil. Vulnerability. Global Environmental Change, v. 16, n. 3, p. 268-281, ago. 2006.

ADGER, W. Neil. Agrawala, M.M.Q. Mirza, C. Conde, K. O’Brien, J. Pulhin, R. Pulwarty, B. Smit e K. Takahashi. Assessment of adaptation practices, options, constraints and capacity. Climate Change 2007: Impacts, Adaptation and Vulnerability. Contribution of Working Group II to the Fourth Assessment Report of the Intergovernmental Panel on Climate Change, M.L. Parry, O.F. Canziani, J.P. Palutikof, P.J. van der Linden and C.E. Hanson, Eds., Cambridge University Press, Cambridge, UK, 717-743. 2007.

ANAZAWA, Tathiane Mayumi; FEITOSA, Flávia da Fonseca.; MONTEIRO, Antônio Miguel Vieira. Vulnerabilidade socioecológica no litoral norte de São Paulo: medidas, superfícies e perfis de ativos. Geografia (Rio Claro. Impresso), v. 38, p. 189-208, 2013.

ARARIPE, C.; FIGUEIREDO, P.; DEUS, A. Zoneamento de APA. Preocupação com a capacidade de suporte ou garantia da ação antrópica capitalista? O caso de Ilha Comprida, Litoral Sul de São Paulo. IV Encontro Nacional da ANPPAS, Brasília – DF, jun. 2008.

BEILIN, Ruth; WILKINSON, Cathy. Introduction: Governing for urban resilience. Urban Studies, v. 52, n. 7, p. 1205-1217, mar, 2015.

BLAIKE, Piers; CANNON, Terry.; DAVIS, Ian.; WISNER, Ben. At Risk: Natural Hazards, People’s Vulnerability, and Disasters. London: Routledge, 2004.

BOZZA, Anna.; ASPRONE, Domenico.; MANFREDI, Gaetano. Developing an integrated framework to quantify resilience of urban systems against disasters. Natural Hazards, v. 78, p. 1729–1748, set. 2015.

BRANDÃO, Marinez Villela Macedo; SANTOS, André da Rocha; MORELL, Maria Graciela Gonzalez de; SOUZA, Felipe Granado de. Índice de bem-estar urbano na Baixada Santista: crescimento econômico e desigualdade social. INCT – Observatório das Metrópoles, Rio de Janeiro, 2013.

CUTTER, Susan L.; BARNES, Lindsey R.; BERRY, Melissa. A place-based model for understanding community resilience to natural disasters. Global Environmental Change, v. 18, n. 4, p. 598-606, set. 2008.

CAUS JUNIOR, Celio. Breve estudo sobre a situação fundiária e registraria da comarca de Iguape – SP. Oficial de Registro de Imóveis, títulos e documentos e registro civil de pessoas jurídicas da comarca de Iguape – SP, 2010. Disponível em: http://www.cartorioiguape.com.br/loteamentos/. Acesso em: 29 jan. 2015.

CARMO, Roberto Luiz; MARQUES, César; MIRANDA, Zoraide Amarante Itapura de. Dinâmica demográfica, economia e ambiente na zona costeira de São Paulo. Textos Nepo 63. Campinas: Núcleo de Estudos de População / Unicamp, p. 1-111, jun. 2012.

Douglas, Mary.; Wildavsky, Aaron. Risk and culture: an essay on the selection of technological and environmental dangers. Berkeley: University of California, 1983. ISBN: 978-0520050631

GAILLARD, Jean-Christophe. Vulnerability, capacity and resi-lience: perspectives for climate and development policy. Journal of International Development, v. 22, p. 218-232, fev. 2007.

GALLOPÍN, Gilberto C. Linkages between vulnerability, resilience, and adaptive capacity. Global Environmental Change, v. 16, n. 3, p. 293-303, dez. 2006.

Garschagen, Matthias; Kraas, Frauke. Urban Climate Change Adaptation in the Context of Transformation: Lessons from Vietnam. In: Otto-Zimmermann, Konrad; Albers, Meike (eds.). Resilient cities; cities and adaptation to climate change; proceedings of the Global Forum 2010. Local Sustainability. Springer. p. 131-139, 2011.

GARSCHAGEN, MATTHIAS et al. Key concepts of risk, adaptation, resilience and transformation. In: ABRAM, N. et al. IPCC special report on the ocean and cryosphere in a changing climate, p. 87-90. 2019.

HOGAN, Daniel Joseph; MARANDOLA JR., Eduardo. Vulnerabilidade a perigos naturais nos estudos de População e Ambiente. In: HOGAN, Daniel Joseph. (Org.). Dinâmica populacional e mudança ambiental: cenários para o desenvolvimento brasileiro. Campinas, SP: Núcleo de Estudos de População – Nepo/UNICAMP,

p. 73-86. ISBN: 978-85-88258-09-9, 2007.

HOGAN, Daniel Joseph. População e mudanças ambientais globais. In: Hogan, D. J.; Marandola Jr, E. (Org.). População e Mudança Climática: dimensões humanas das mudanças ambientais globais. 1ed. Campinas: Nepo/UNFPA, 2009, v. 1, p. 11-52.

Hogan, Daniel Joseph; Marandola, Eduardo. Bringing a population-environment perspective to hazards research. Population and Environment, 34(1), 3–21, 2012.

IBGE. Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro: IBGE, 2012.

IPCC. Appendix I. Glossary. In: Canziani, O. F., Hanson, C. E., Palutikof, J. P. et al. (Eds.). Contribution of working group II to the fourth assessment report of the Intergovernmental Panel on Climate Change. Cambridge University Press, 2007.JANSSEN, Marco; SCHOON, Michael; KE, Weimao.; BÖRNER, Katy. Scholarly networks on resilience, vulnerability and adaptation within the human dimensions of global environmental change. Global Environmental Change, v. 16, n. 3, p. 240-252, jul. 2006.

KLEIN, Richard. J. T., Nicholls, Robert. J. and Thomalla, Frank. Resilience to Natural Hazards: How Useful Is This Concept? Environmental Hazards, v. 5, p. 35-45, fev. 2003.

LUPTON, Deborah. Risk. London: Routledge, 1999.

Lupton, Deborah. Sociology and risk. In: Mythen, G; Walkate, S.(Ed.). Beyond the Risk Society. London: Routledge, 2006. ISBN: 978-0335217380

MARANDOLA JR., Eduardo. Tangenciando a Vulnerabilidade. In: HOGAN, Daniel J.; MARANDOLA JR, Eduardo (org.) População e mudança climática: dimensões humanas das mudanças ambientais globais. Campinas: NEPO/UNFPA, p. 29-52, 2009.

MARANDOLA JR., Eduardo; MARQUES, César; DE PAULA, Luiz Tiago; CASSANELI, Letícia Braga. Crescimento urbano e áreas de risco no litoral norte de São Paulo. Revista Brasileira de Estudos de População. Rio de Janeiro, v. 30, n. 1, p. 35-56, jan./jun. 2013.

MARQUES, César. Em busca da resiliência? Urbanização, ambiente e riscos em Santos (SP). Tese de Doutorado (Doutorado em Demografia – IFCH). UNICAMP, CAMPINAS, 2014.

MEEROW, Sara; NEWELL, Joshua. Urban resilience for whom, what, when, where, and why?. Urban Geography, v.40, n. 3,

p. 309-329, jul. 2016.

MOSER, Susanne C.; EKSTROM, Julia A. A framework to diagnose barriers to climate change adaptation. Proceedings of the National Academy of Sciences – PNAS, v. 107, n. 51, p. 22026-22031, nov. 2010.

ONU. Como construir cidades mais resilientes: um guia para gestores públicos locais. UNISDR, Genebra, Novembro, 2012.

PÓLIS. Boletim número 1 Santos. Litoral Sustentável: Desenvolvimento com inclusão. Instituto Pólis, 2012.

RODRIGUES-FILHO, Saulo. Entrevista com Carlos Nobre: “É essencial dar às questões de adaptação a mesma ênfase dada à mitigação”. Sustentabilidade em Debate, Brasília, v. 5, n. 1, p. 196-202, jan./abr. 2014.

SANTOS, Francine Modesto dos; CARMO, Roberto Luiz. As dimensões humanas das mudanças ambientais: percepção ambiental e estratégias de adaptação em Ilha Comprida – São Paulo. Revista da Gestão Costeira Integrada, v. 17, n. 2, p. 117-137, jul. 2017.

SANTOS, Francine Modesto dos.; MARANDOLA JR., Eduardo. Populações em situação de risco ambiental e vulnerabilidade do lugar em São Sebastião, Litoral de São Paulo, Brasil. Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFPR), v. 26, p. 103-125, 2012.

SMIT, Barry.; WANDEL, Johanna. Adaptation, adaptive capacity and vulnerability. Global Environmental Change, v. 16, n. 3,

p. 282-292, mar. 2006.

Downloads

Publicado

2021-07-13

Como Citar

MARQUES, C.; SANTOS, F. M. dos. Riscos e adaptação às mudanças ambientais: os casos de Santos e Ilha Comprida (SP). Ideias, Campinas, SP, v. 12, n. 00, p. e021008, 2021. DOI: 10.20396/ideias.v12i00.8665128. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ideias/article/view/8665128. Acesso em: 17 jan. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Daniel Hogan

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)