A paisagem da Baía de Guanabara: um patrimônio a preservar

Autores

  • Luiz Manoel Cavalcanti Gazzaneo Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.20396/lobore.v3i1.1850

Palavras-chave:

Patrimônio natural, Paisagem, Planejamento regional

Resumo

A bela paisagem da baia de Guanabara de outrora vem sendo modificada pelo processo de ocupação dos diversos espaços do seu entorno. As paisagens bucólicas de outrora apresentam atualmente aspectos de degradação, caracterizado por ocupações irregulares, salientando um violento processo de favelização. É necessário se encontrar soluções para minimizar e reverter esse quadro. Este artigo apresenta uma discussão sobre esta grave questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Manoel Cavalcanti Gazzaneo, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Arquiteto, Urbanista, Professor Doutor do PROARQ / FAU-UFRJ / Programa de Pós-Graduação em Arquitetura da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ. Rio de Janeiro [RJ], Brasil.

Downloads

Publicado

2009-04-02

Como Citar

Gazzaneo, L. M. C. (2009). A paisagem da Baía de Guanabara: um patrimônio a preservar. Labor E Engenho, 3(1), 42–54. https://doi.org/10.20396/lobore.v3i1.1850

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)