Imagem para capa

Da paneleira à bonequeira: vida econômica, espaço doméstico e técnica da cerâmica em transformação no Jequitinhonha

Reynaldo Moreira

Resumo


Comunidades rurais caboclas conquistaram enormes extensões de terra no Brasil, preservando-se em algumas regiões, extinguindo-se em outras, seja em decorrência do avanço da grande economia envolvente, seja em virtude de dinâmicas internas. De certo, na constituição da técnica da cerâmica mais rudimentar existe um longo caminho de conhecimento inteligente e um conhecimento em transformação, na atualidade, em face dos novos desafios da arte figurativa. As comunidades de camponeses-ceramistas do vale do Jequitinhonha [Minas Gerais] sofrem com o progressivo abandono dos fogões a lenha e do vasilhame de barro, e sua gradual substituição, na cozinha sertaneja, por fôrmas, baixelas, panelas e fogões em metal, o que enseja a falência do ofício tradicional das paneleiras como também das bonequeiras da região, ou, quando não, sua transformação, concomitante à dos objetos que produz. É o que se pretende discutir neste Artigo.

Palavras-chave


Jequitinhonha; Cerâmica; Arte figurativa; Comunidades rurais; Patrimônio rural; Desenvolvimento local.

Texto completo:

PDF

Referências


CANDIDO, Antônio. Os parceiros do Rio Bonito. São Paulo: Duas Cidades, 1998.

DIEGUES, Antônio Carlos Sant`Ana. Pescadores, camponeses e trabalhadores do mar. São Paulo: Ática, 1983.

DOS SANTOS, Úrsula Alberheim. Uma comunidade teuto-brasileira. Rio de Janeiro: Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais, 1962.

DURHAN, Eunice R. A caminho da cidade. São Paulo: Perspectiva, 1973.

MOURA, Margarida Maria. Os deserdados da terra. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1988.

SHIRLEY, Robert W. O fim de uma tradição. São Paulo: Perspectiva, 1977.

LÉVI-STRAUSS. Claude. La pensée sauvage. Paris: Plon, 1980.

LÉVI-STRAUSS. A oleira ciumenta. Lisboa: Edições 70, 1987.

WILLEMS, Emílio. Cunha: tradição e transição em uma Cultura Rural do Brasil, São Paulo: Secretaria da Agricultura, 1947.




DOI: https://doi.org/10.20396/lobore.v1i1.232

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Labor & Engenho

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Labor & Eng., Campinas (SP) - ISSN: 2176-8846.