Indústria do Couro na "Roliúde Nordestina"

o artesanato como protagonista e objeto artístico

Palavras-chave: Patrimônio industrial, Couro, Artesanato, Cabaceiras, Identidade cultural.

Resumo

Este artigo tem como objeto de estudo, o patrimônio industrial do couro e o acervo de Design Vernacular do artesanato local da cidade de Cabaceiras, mais conhecida como “Roliúde Nordestina”, localizada na microrregião do cariri oriental paraibano, situada a 420 m de altitude na Serra da Borborema, à 183 km da capital do estado, João Pessoa e com um clima desértico.  A cidade possui um rico acervo de sobrados preservados do século XIX, onde funcionam vários museus. É reconhecida por seu rico artesanato em couro caprino e curtimento do couro, sendo este mais um atrativo turístico e cultural. Através de investigações realizadas pelo grupo de pesquisa Arquitetura e Lugar, vinculado ao curso de graduação em arquitetura e urbanismo da UFCG e cadastrado no CNPq, o objetivo do artigo é resgatar o acervo industrial do couro, observando-se o que colaborou na construção dessa tradição centenária, assim como a relação que existe entre a fabricação da matéria-prima (industrial), com a produção do artesanato em couro e consequentemente com a cidade, revelando sua identidade cultural. Justifica-se a apresentação deste trabalho pelo ineditismo do tema tradado sobre o patrimônio industrial de Cabaceiras, podendo-se encaixar numa discussão categórica de paisagem cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Amélia Albuquerque de Oliveira Castanha, Universidade Federal de Campina Grande

Arquiteta e Urbanista, Mestranda em Design pela Universidade Federal de Campina Grande, Pesquisadora do Grupo de Pesquisas Arquitetura e Lugar / UFCG.

Referências

Albuquerque, C. H. C. (2008). Cabaceiras, ponto de partida para o povoamento do interior paraibano: sua história, sua gente. 2001. Monografia (Graduação em Geografia), Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, PB, Brasil.

Andrade, L. G. (2010). O distrito de Ribeira de Cabaceiras-PB: fases distintas de sua modernização e desenvolvimento territorial. Monografia (Graduação em Geografia), Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, PB, Brasil.

Araújo, T. G. (2011). Dinâmica do processo produtivo coureiro e reflexos nos recursos hídricos — distrito da Ribeira, Cabaceiras/PB. Monografia (Especialização em Geoambiência e Recursos Hídricos do Semiárido), Universidade Estadual da Paraíba, Campinas Grande, PB, Brasil.

Carta de Nizhny Tagil (2003). Recuperado de: http://www.mnactec.cat/ticcih/pdf/NTagilPortuguese.pdf

Castanha, A. A. A. O. (2016). Projeto de intervenção na casa de caridade Padre Ibiapina, Cabaceiras-PB. Monografia (Graduação em Arquitetura e Urbanismo), Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, Brasil.

Castanha, A. A. O., & AFONSO,ALCILIA A. (2017). Patrimônio cultural de Cabaceiras e a construção da imagem da Roliúde Nordestina. In: 1º Simpósio científico do ICOMOS BRASIL, 2017, Belo Horizonte. 1º Simpósio científico do ICOMOS BRASIL. Belo Horizonte: UFMG IEDS.

Medeiros, T. D. (1989). Ramificações genealógicas do Cariri paraibano. Brasília: Centro Gráfico do Senado Federal (Cegraf).

Serra, G. (2006). Pesquisa em arquitetura e urbanismo. Guia prático para o trabalho de pesquisadores em pós graduação. São Paulo: Edusp.

Publicado
2019-11-09
Como Citar
Castanha, A. A. A. de O. (2019). Indústria do Couro na "Roliúde Nordestina". Labor E Engenho, 13, e019013. https://doi.org/10.20396/labore.v13i0.8656100
Seção
Artigos