Uso de tecnologias digitais no processo de documentação do patrimônio

o caso do vilarejo de Thillois na França

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/labore.v14i0.8663507

Palavras-chave:

Tecnologias digitais, Documentação, Reconstrução, Conservação do patrimônio

Resumo

O presente artigo busca aprofundar o debate sobre o uso das tecnologias digitais no processo de documentação do vilarejo de Thillois, situado no nordeste da França. Trata-se de um patrimônio construído, quase totalmente destruído, durante a Primeira Guerra Mundial, que foi objeto de uma verdadeira reconstrução no pós-guerra. A análise proposta tem como objetivo esclarecer de que forma essas tecnologias têm permitido o acesso a documentos de época, além de enriquecer a documentação que foi produzida durante o desenvolvimento da pesquisa, revelando detalhes do patrimônio antes e depois da reconstrução. Desse modo, espera-se contribuir tanto para o processo de registro desse patrimônio, quanto para o reconhecimento do seu legado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Freire de Oliveira, Universidade Federal de Pernambuco

Doutoranda na Universidade Paris 1 - Panthéon-Sorbonne. Professora Substituta do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco.

Jean-Baptiste Scharffhausen, Commission Culture, Mémoire et Patrimoine

Mestrado pelo Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Urbano (MDU) na área de concentração de Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pernambuco . Membro da Commission Culture, Mémoire et Patrimoine, Thillois [França].

Tomás Albuquerque Lapa, Universidade Federal de Pernambuco

Professor Titular do Departamento de Arquitetura e Urbanismo do Centro de Artes e Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco.

Referências

Bermès, E. (2020). Le numérique en bibliothèque : naissance d’un patrimoine. L’exemple de la Bibliothèque Nationale de France (1997-2019). Tese doutoral apresentada na École Nationale des Chartes. Paris. 2020.

Freire, A., & Machado, P. (2019). Vídeo: Reconstruindo um vilarejo na região de Champanhe.

Freire, A., & Scharffhausen, J. B. (2020). Vídeo: Reconstrução. Recife: UFPE, 2020. Disponível em: https://www.instagram.com/explore/tags/proexcufpe/. Acesso 05 nov. 2020.

Freybe, P. (1918). Die Schlacht bei Soissons und Reims. Freiburg, 1918; Editora: Universitätsbuchhandlung (Otto Gschwend).

Offenstadt, N. (2010). 14-18 aujourd'hui : la Grande Guerre dans la France contemporaine. Paris : Editora: Odile Jacob.

Prost, A., & Winter, J. (2004). Penser la Grande Guerre : un essai d’historiographie. Paris : Editora: Points.

Scharffhausen, J. B. (2019). Commission du Centenaire 14-18 de la Commune de Thillois. Thillois dans la Grande Guerre 1914-1918. Des ruines au renouveau. Thillois et ses alentours. Hallennes-Lez-Haubourdin [FRA] :Editora The Book Edition.

Scharffhausen, J. B., & Freire, A. (2018). Painéis e textos da exposição: La Commune de Thillois dans la Première Guerre Mondiale, des prémices à la Reconstruction. 2018.

Schweitzer, J. (2011). Numériser le patrimoine écrit et iconographique pour commémorer la Grande Guerre: enjeux scientifiques et culturels, stratégie documentaire et partenariale. Dissertação apresentada à ENSSIB – École nationale supérieure des sciences de l'information et des bibliothèques. Lyon. 2011.

Downloads

Publicado

2020-12-23

Como Citar

OLIVEIRA, A. F. de .; SCHARFFHAUSEN, J.-B.; LAPA, T. A. Uso de tecnologias digitais no processo de documentação do patrimônio: o caso do vilarejo de Thillois na França. Labor e Engenho, Campinas, SP, v. 14, p. e020019, 2020. DOI: 10.20396/labore.v14i0.8663507. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/labore/article/view/8663507. Acesso em: 5 dez. 2021.