AAD-69

uma referência incontornável

Autores

  • Helson Flávio da Silva Sobrinho Universidade Federal de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.20396/lil.v44i0.8657820

Palavras-chave:

Resenha, AAD-69, Michel Pêcheux

Resumo

Cinquenta anos! Isso mesmo! Em 2019, comemoramos os 50 anos de uma obra fundadora: Análise Automática do Discurso, conhecida como AAD-69, do professor-filósofo-cientista-militante Michel Pêcheux1. Fazer a apreciação dessa obra fundadora, em uma data festiva como essa, implica retomar memórias históricas de nossas práticas científicas e políticas, mas, sobretudo, também exige pensar a atualidade e, advirto, arriscar dar novos passos em direção ao futuro, em estreita relação crítica com nosso tempo histórico.

         

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helson Flávio da Silva Sobrinho , Universidade Federal de Alagoas

 Doutor em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Alagoas (2006) com sanduíche no Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) e no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da UNICAMP.

         

Referências

ADORNO, Guilherme et al. (2019). Encontros na análise de discursos: efeitos de sentidos entre continentes. Campinas-SP: Editora da Unicamp.

GADET, Françoise et al. (1997). Apresentação da conjuntura em Linguística, em Psicanálise e em informática aplicada ao estudo dos textos na França, em 1969. In: GADET, Françoise & HAK, Tony. (Orgs.). Por uma Análise Automática do Discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. 3ª edição. Campinas-SP: Ed. da Unicamp.

HENRY, Paul. (1997). Os fundamentos teóricos da “Análise Automática do Discurso” de Michel Pêcheux (1969). In: GADET, Françoise & HAK, Tony. (Orgs.). Por uma Análise Automática do Discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. 3ª edição. Campinas-SP: Ed. da Unicamp.

MAINGUENEAU, Dominique. (2008). Michel Pêcheux: três figuras. In: BARONA, Roberto & KOMESU, Fabiana (Orgs.). Homenagem a Michel Pêcheux: 25 anos de presença na análise do discurso. Campinas-SP: Mercado de Letras.

MALDIDIER, Denise. (2003). A inquietação do discurso: (re) ler Michel Pêcheux Hoje. Campinas: Pontes.

ORLANDI, Eni. (2005). A Análise de Discurso em suas diferentes tradições intelectuais: o Brasil. In: INDURSKY, Freda; FERREIRA, M.ª Cristina (Org.). Michel Pêcheux e a análise do discurso: uma relação de nunca acabar. São Carlos: Claraluz.

ORLANDI, Eni. (1999). Análise de Discurso: princípios e procedimentos. São Paulo: Pontes.

SILVA SOBRINHO, Helson. (2018). “Os (des)arranjos das lutas entre posições idealistas e materialistas na Análise do Discurso”. In: BALDINI, Lauro & BARBOSA FILHO, Fábio. Análise de discurso e materialismos: prática política e materialidades. Vol. 2. Campinas: Pontes.

Downloads

Publicado

2019-12-09

Como Citar

SOBRINHO , H. F. da S. AAD-69: uma referência incontornável . Línguas e Instrumentos Linguísticos, Campinas, SP, n. 44, p. 340–352, 2019. DOI: 10.20396/lil.v44i0.8657820. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8657820. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

Resenha