Banner Portal
Colonização linguistica e efeitos de memória
PDF

Palavras-chave

Lingua
Colonização
Institucionalização

Como Citar

MARIANI, Bethania. Colonização linguistica e efeitos de memória . Línguas e Instrumentos Linguísticos, Campinas, SP, v. 6, n. 12, p. 9–19, 2003. DOI: 10.20396/lil.v12i12.8661011. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8661011. Acesso em: 23 maio. 2024.

Resumo

Este texto traz uma reflexão sobre a constituição dos sujeitos brasileiros em sua relação com a língua, focalizando a colonização e, em particular, a "colonização linguistica", cujo momento de institucionalização se deu com o diretório dos Índios, do Marquês de Pombal. A autora pontua, de um lado, fatos que indicam a eficácia desta política; de outro, pontos de resistência à imposição de um imaginário linguístico homogêneo ao de Portugal.

https://doi.org/10.20396/lil.v12i12.8661011
PDF

Referências

Balibar, R. L'institution du Français; essais sur le colinguisme des Carolinges à la Republique. Paris: presses Universitaires de France,1985.

DIAS, L. F. Os sentidos do idioma nacional. Campinas, SP: Pontes, 1996.

GUIMARÃES, E. " Independência e morte". In: ORLANDI, E. (Org.) Discurso fundador; a formação do país e a construção da identidade nacional. Campinas, SP: Pontes, 1993.

MARIANI, B. S. C. "Lingua portuguesa e realidade brasileira: o diretório de Pombal segundo Celso Cunha". In Organon. Revista do Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Volume 9, número 23, 1995.

MARIANI, B. S. C. . " As academias do século XVIII: um certo discurso sobre a história e sobre a linguagem do Brasil ". In:

GUIMARÃES, E. e ORLANDI, E. P. Lingua e cidadania; o português no Brasil. São Paulo, Campinas, SP: Pontes, 1996:95-101.

GUIMARÃES, E. e ORLANDI, E. P." As tensões juridico-religiosas do século XVIII e o imaginário de lingua". Anais. Congresso Nacional da associação brasileira de Linguistica-Abralin. Maceió, Universidade Federal de Alagoas, 1997.

GUIMARÃES, E. e ORLANDI, E. P. " L'institutionalisation de lá langue, de lá memoire et de lá citoyennete au Bresil durant le XVIII siecle: le role des academies literaires et de lá politique du Marquis de Pombal". In: Languages-I'hyperlangue brasilliene. Numero 130. Paris: Largasse, junho 1998: 84-97.

ORLANDI, Eni P. Terra à vista - discurso do confronto: velho e novo mundo. São paulo, SP e Campinas, Sp: Cortez Editora & Editora da Unicamp, 1990.

ORLANDI, Eni P.. " La langue bresilienne (des effects de la colonisation sur la langue)". In: Du dire et du Discours; hommage a Denise Maldidier.

Sous la direction de Claudine Normand e Frédéric Síria. Numero Special de LINX. Nanterre: Universite Paris X, Centre de Recherches Linguistics, 1996: 41-50.

ORLANDI, Eni P.. " Ética e política linguística". In: Linguas e instrumentos linguísticos. Coleção histórica das Ideias Linguísticas. Campinas. SP; Pontes, janeiro/junho, 1998: 7-16.

ORLANDI, Eni P.. Lingua e conhecimento Linguístico. São paulo, SP: Cortez Editora, 2002.

PECHEUX, M. Le discours: structure ou evenement? Illinois, 1984.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2003 Línguas e Instrumentos Línguísticos

Downloads

Não há dados estatísticos.