Ciência, língua(gem) e significação

considerações teórico-metodológicas de uma semântica enunciativa no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/lil.v42i42.8661578

Palavras-chave:

Línguas e Instrumentos Linguísticos, Ciências da Linguagem, 42

Resumo

Em Semântica: enunciação e sentido(2018), Eduardo Guimarães revisita conceitos e propõe análises considerando o posicionamento teórico-metodológico que desenvolve desde a década de 1990, apresentado em uma formulação geral em 2002, com a publicação de Semântica do Acontecimento: um estudo enunciativo da designação, também pela editora Pontes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anderson Braga do Carmo, Universidade Estadual de Goiás

Mestrado em Estudos da Linguagem pela Universidade Estadual de Londrina. Docente da Universidade Estadual de Goiás.

Renata Ortiz Brandão, Universidade Estadual de Campinas

Mestrado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas.

Referências

GUIMARÃES, E. (2004). História da Semântica: sujeito, sentido e gramática no Brasil. Campinas: Pontes. ______. (2002). Semântica do Acontecimento: um estudo enunciativo da designação. Campinas: Pontes

Downloads

Publicado

2020-11-06

Como Citar

CARMO, A. B. do .; BRANDÃO, R. O. Ciência, língua(gem) e significação: considerações teórico-metodológicas de uma semântica enunciativa no Brasil. Línguas e Instrumentos Línguísticos, Campinas, SP, v. 42, n. 42, 2020. DOI: 10.20396/lil.v42i42.8661578. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8661578. Acesso em: 19 set. 2021.

Edição

Seção

Resenha

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)