Por uma reflexão sobre a "promessa" nos estudos performativos

Autores

  • Liliane Souza dos Anjos Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/lil.v23i46.8661631

Palavras-chave:

Performativo, Promessa, Atos de fala, Linguagem

Resumo

Como ato de fala prototípico na tradição performativa, a promessa é analisada em diferentes estudos que promoveram leituras a respeito do legado de John L. Austin, como nos esforços de sistematização formal, em John Searle, ou mesmo a partir da dimensão do corpo, em Shoshana Felman. Este artigo revisita esse ato de fala em uma análise que busca explorar, com Jacques Derrida, a sua dimensão iterável, ao passo que reflete sobre a relação insustentável da promessa com o corpo e sobre sua subversão em relação ao político. Para isso, traz ao debate os trabalhos de Judith Butler e Joana Pinto, bem como a noção política de Jacques Rancière, em um diálogo que faz ver outros potenciais, falhas e infelicidades da promessa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Liliane Souza dos Anjos, Universidade Estadual de Campinas

Mestre em Letras e Linguística pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). É doutoranda em Linguística na Universidade Estadual de Campinas. Atualmente, é professora do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (FATEC).

Referências

ALENCAR, C. Searle interpretando Austin: a retórica do “medo da morte” nos estudos da linguagem. Sínteses: revista dos cursos de pós-graduação, 2006, p. 37-47.

ALTHUSSER, L. Ideologia e aparelhos ideológicos de Estado. In: ŽIŽEK, Slavoj. Um mapa da ideologia. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996, p. 105-142.

AUSTIN, J. L. Sense and Sensibilia. Oxford at the Claredon Press. Trad. de Armando Manuel Moura de Oliveira. Sentido e Percepção. São Paulo, Martins Fontes, 1993.

AUSTIN, J. L. How to do things with words. Oxford: Oxford University Press, 1962.

AUSTIN, J. L. Performativo-Constativo. In: Ottoni, Paulo (Org.). Visão performativa da linguagem. Campinas: Editora da Unicamp, 1998, p. 107-144.

AUSTIN, J. L. Philosophical papers. Oxford: Clarendon Press, 1961.

BUTLER, J. Excitable Speech. A Politcs of the Performatives. New York: Routledge, 1997.

DERRIDA, J. A diferença. In: Margens da filosofia. Trad. de Joaquim Torres Costa e António M. Magalhães. Campinas: Papirus, 1991a, p. 33-63.

DERRIDA, J. Limited Inc. Trad. de Constança Marcondes Cesar. Campinas, SP: Papirus, 1991b.

FELMAN, S. Le scandale du corps parlant: Don Juan avec Austin ou la séduction en deux langues. Paris: Seuil, 1980.

FELMAN, S. The scandal of the speaking body: Don Juan with J. L. Austin, or seduction in two languages. Trad. de Catherine Porter. Stanford: Stanford University Press, 2003.

GRICE, P. Meaning. The Philosophical Review 79, 1957, p. 377-388

GRICE, P. Utter’s Meaning and Intention. The Philosophy Review 78, 1969, p. 147-177.

LOVE, N. Searle on language. Language & Communication 19, 1999, 9-25

MOATI, R. Derrida/Searle: Déconstruction et langage ordinaire, Paris: Presses universitaires de France. Philosophie, 2009.

OTTONI, P. John Langshaw Austin e a visão performativa da linguagem. São Paulo. D.E.L.T.A., 18:1, 2002, p. 117-143.

OTTONI, P. Visão performativa da linguagem. Campinas: Editora UNICAMP, 1998.

PINTO, J. Algumas lições sobre o corpo. Atas do II Encontro do Grupo de Estudos Linguísticos do Centro-Oeste. Brasília, UnB, 2003, vol. II, p. 583-588.

PINTO, J. O corpo de uma teoria: marcos contemporâneos sobre os atos de fala. Cadernos Pagu [online]. 2009, n.33, p.117-138.

RAJAGOPALAN, K. On Searle [On Austin] on language. Language and Communication, 2000, p. 374-391.

RANCIÈRE, J. O desentendimento: política e filosofia. São Paulo: Editora 34, 2018.

RUBY, C. Le Champ de Bataille: post-moderne/neo-moderne. Paris: Éditions l’Harmattan, 1990.

SAUSSURE, F. Curso de Linguística Geral. 34 ed. São Paulo: Cultrix, 2012.

SEARLE, J. Intencionalidade. São Paulo: Martins Fontes, 1983.

SEARLE, J. Consciência e linguagem. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2010.

SEARLE, J. Speech acts: an essay in the philosophy of language. Cambridge, Cambridge University Press, 1969.

WITTGENSTEIN, L. Investigações Filosóficas. 6 ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

Downloads

Publicado

2020-11-03

Como Citar

ANJOS, L. S. dos. Por uma reflexão sobre a "promessa" nos estudos performativos . Línguas e Instrumentos Línguísticos, Campinas, SP, v. 23, n. 46, p. 51-73, 2020. DOI: 10.20396/lil.v23i46.8661631. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8661631. Acesso em: 26 nov. 2020.

Edição

Seção

Artigo