A institucionalização de um saber linguístico brasileiro

o IHGB e sua revista

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/lil.v24i47.8666126

Palavras-chave:

Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Saber linguístico

Resumo

Este trabalho analisa como um saber linguístico se constituiu na Revista do Instituto Histórico Brasileiro no período de 1839-1889, documentando e institucionalizando um saber sobre os indígenas e suas línguas no Brasil do século XIX.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dantielli Assumpção Garcia, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Doutora em Estudos Linguísticos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Atualmente é docente da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

Referências

GARCIA, D. A.; NUNES, J. H. A documentação e a divulgação do saber linguístico na Revista do IHGB. In: Linguagem em (Dis)curso, Tubarão, SC, v. 11, n. 3, p. 463-495, set./dez. 2011.

ORLANDI, E. P. Terra à vista: discurso do confronto: velho e novo mundo. Campinas: Editora da Unicamp, 1990.

ORLANDI, E. P. Discurso fundador: a formação do país e a construção da identidade nacional. Campinas: Pontes, 2003.

“Breve noticia sobre a creação do Instituto Historico e Geographico Brasileiro”. RIHGB. Rio de Janeiro, 1: 5-8, 1839.

“Extracto dos estatutos do Instituto Historico e Geographico Brasileiro”. RIHGB. Rio de Janeiro, 1: 18-20, 1839.

VARNHAGEN, F. “Memoria sobre a necessidade do estudo e do ensino das linguas indigenas do Brasil”. RIHGB. Rio de Janeiro, 3: 53- 62, 1841.

Downloads

Publicado

2021-10-01

Como Citar

GARCIA, D. A. A institucionalização de um saber linguístico brasileiro : o IHGB e sua revista. Línguas e Instrumentos Linguísticos, Campinas, SP, v. 24, n. 47, 2021. DOI: 10.20396/lil.v24i47.8666126. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8666126. Acesso em: 22 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê