Um percurso de leitura pela revista Línguas e Instrumentos Linguísticos

Autores

  • Vinícius Massad Castro Universidade Federal do Triângulo Mineiro

DOI:

https://doi.org/10.20396/lil.v24i47.8666703

Palavras-chave:

Línguas e Instrumentos Linguísticos, Saber urbano e linguagem, História

Resumo

Nesta resenha, fazemos um percurso de leitura pela revista Língua e Instrumentos Linguísticos (LIL) com o objetivo de levantar os artigos inscritos na área “Saber Urbano e Linguagem” publicados ao longo de seus 46 números. Consideramos que a publicação de tais artigos constrói a história recente da revista que hoje compõe o quadro de periódicos eletrônicos do Laboratório de Estudos Urbanos (LABEURB), fundado por Eni Orlandi em 1992, junto ao Núcleo de Desenvolvimento da Criatividade (NUDECRI) da UNICAMP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinícius Massad Castro, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Doutor em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Professor substituto da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM).

Referências

BOSREDON, B. Uma balada em toponímia: da Rua Descartes à Rua de Rennes. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 03, 1999, p .07-20.

BRANCO, L. K. C. O espaço como forma histórica – o discurso das organizações internacionais sobre línguas. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 36, 2015, p. 167-193. Disponível em: https://bit.ly/3gQ2773. Acesso em: 11 jun. 2021.

DIAS, C. O traço das relações sociais no desenho da cidade. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 34, 2014, p. 89-100. Disponível em: https://bit.ly/2TThBiK. Acesso em: 17 jun. 2021.

DIAS, C. A materialidade digital da mobilidade urbana: espaço, tecnologia e discurso. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 37, 2016, p. 157-175. Disponível em: https://bit.ly/3cWQSsn. Acesso em: 16 jun. 2021.

ELIAS DE OLIVEIRA, S. Cidadania: o surgimento da palavra. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 15, 2005, p.35-44.

ELIAS DE OLIVEIRA, S. Cidade, ville, cité: três percursos lexicográficos. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 23/24, 2009, p. 37-55. Disponível em: https://bit.ly/3gO5AEu. Acesso em: 21 jun. 2021.

FEDATTO, C. P. Saber linguístico e história urbana: a produção do nós nacional. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 31, 2013, p. 75-89. Disponível em: https://bit.ly/2UuNCy9. Acesso em: 18 jun. 2021.

FERRAGUT, G. MPL e MBL: a Avenida Paulista e o movimento antes de p e b – uma reflexão sobre a formação algorítmica. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 44, 2019, p.112-134. Disponível em: https://bit.ly/3zIyTQ6. Acesso em: 11 jun 2021.

FERREIRA, A. C. F. A análise de discurso e a constituição de uma história das ideias linguísticas do Brasil. Fragmentum. Santa Maria, n. especial, jul./dez. 2018, p.17-47. Disponível em: https://bit.ly/3zJulJb. Acesso em: 20 jun. 2021.

GUIMARÃES, E. História de uma área do conhecimento: saber urbano e linguagem. In: GUIMARÃES, E. (Org.). Cidade, linguagem e tecnologia: 20 anos de história. Campinas: LABEURB, 2013, p. 169-175. Disponível em: https://www.labeurb.unicamp.br/labeurb20anos. Acesso em: 21 maio 2021.

LIMA, J. L. Cidade e campo: sua designação nos estatutos da cidade e da terra. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 17, 2006, p. 55-68.

NUNES, J. H. As palavras, o espaço e a língua: o vocabulário pernambucano. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 16, 2006, p. 43-56.

ORLANDI, E. Ética e política linguística. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 01, 1998, p. 07-16

ORLANDI, E. Apresentação. In: ORLANDI, E. (Org.). História das ideias linguísticas: construção do saber metalinguístico e construção da língua nacional. Campinas: Pontes. Cáceres: UNEMAT, 2001, p. 07-20.

ORLANDI, E. Parkour: corpo e espaço reescrevem o sujeito. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 34, 2014, p. 75-87. Disponível em: https://bit.ly/2Umb0O1. Acesso em: 18 jun. 2021.

PFEIFFER, C. C. Sentidos para sujeito e língua nacionais. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 07, 2002, p. 71-93.

REIS, M. G.; KARIM, T. M. A constituição do centro histórico de Cáceres – MT: um acontecimento construído por nomes de ruas. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 41, 2018, p.138-161. Disponível em: https://bit.ly/2SlWFka. Acesso em: 16 jun. 2021

SILVA, T. D. Língua e linguagens: reflexões sobre a política cultural e a televisão no Brasil. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 18, 2007, p. 87-100.

SOUZA, J. Serra das Letras/São Thomé das Letras: designações que enunciam nas relações toponímicas uma forma-sujeito de constituição/identificação do cidadão brasileiro. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 18, 2007, p. 51-62.

SOUZA, J. Topônimos mineiros: uma análise semântico-enunciativa do processo de ocupação, exploração e formação do Estado Nacional. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 25, 2010, p. 25-48. Disponível em: https://bit.ly/3j0FAah. Acesso em: 21 jun. 2021.

ZATTAR, N. Calçadas: espaços públicos ou privados? Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas, n. 23/24, 2009, p.73-82. Disponível em: https://bit.ly/3gX9IAV. Acesso em: 21 jun. 2021.

ZOPPI FONTANA, M. O sentido público no espaço urbano: projeto de pesquisa do Laboratório de Estudos Urbanos. RUA. Campinas, n. 03, 1997, p.149-153. Disponível em: https://bit.ly/3d0ftN1. Acesso em: 21 maio 2021.

Downloads

Publicado

2021-10-01

Como Citar

CASTRO, V. M. . Um percurso de leitura pela revista Línguas e Instrumentos Linguísticos. Línguas e Instrumentos Linguísticos, Campinas, SP, v. 24, n. 47, p. 238–257, 2021. DOI: 10.20396/lil.v24i47.8666703. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8666703. Acesso em: 4 dez. 2021.

Edição

Seção

Dossiê