Povos originários:

entre a língua do direito e o direito à língua

Autores

  • Tania Conceição Clemente de Souza Museu Nacional - UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.20396/lil.v26iEspecial.8671230

Palavras-chave:

Língua do direito, Direito à língua, Identidade etno-discursiva,, Confrontos e forma-sujeito histórica

Resumo

O trabalho tem como objetivo discutir as formas como as línguas originárias vêm sendo silenciadas, e, por consequência, muitos são os direitos negados aos povos indígenas, quando critérios oficiais de identificação atrelam o sujeito ao domínio de uma língua nativa. Muitos são os fatores que contribuem ao silenciamento: a classificação por especialistas das línguas originárias; a análise in vitro dessas línguas, quando se apaga, ou se incompreende sua materialidade enquanto línguas de oralidade e as transformam em “línguas metálicas”. Buscamos, por fim, entender o funcionamento da língua do direito e a negação do direito à língua. A partir da Análise de Discurso, adotamos como principais pressupostos a noção de formas do silêncio (ORLANDI, 1992), a noção da língua de Marte (GADET e PÊCHEUX, 2002) e a constituição da forma-sujeito e o conceito de identidade etno-discursiva (SOUZA, 2020).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CENSO DEMOGRÁFICO. Rio de Janeiro: IBGE. 2010

GADET, F. E PÊCHEUX, M. A língua inatingível. O discurso na história da Linguística. Campinas, SP: Pontes Editores, 2004.

MATTOSO-CÂMARA, JR. Introdução às línguas indígenas brasileiras. Rio de Janeiro: Museu Nacional, 1965.

MILNER, J. C. L’amour de la langue. Paris: Éditions du Seuil, 1978.

ORLANDI, E. P. As Formas do Silêncio. Campinas: Editora UNICAMP, 1992.

ORLANDI, E. P. Espaços Linguísticos e seus desafios: convergências e divergências. In: RUA, n.18, vol. 2, 2012.

ORLANDI, E. P. Ciência da linguagem e Política: Anotações ao Pé das Letras. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014.

ORLANDI, E. P. Forma sujeito histórica e sujeito de direito: as bases da sociedade capitalista e os gestos de interpretação. Rua n. 28, v.2, 2022

ORLANDI, E. P. Eu, Tu, Ele. Discurso e real da história. Campinas, SP: Pontes Editores, 2017

ORLANDI, E. P. e SOUZA, T.C.C. de. A língua imaginária e a língua fluida: dois métodos de trabalho com a linguagem. Comunicação na XV Reunião Brasileira de Antropologia. Curitiba : Unversidade Federal do Paraná. Publicado em: ORLANDI, E. P. (org.) Política Linguística na América Latina. Campinas, SP : Pontes Editores, 1988.

PÊCHEUX, M. Semântica e Discurso. Campinas, SP: Pontes Editores, 1975.

SOARES, N. B. de P. Processos de subjetivação: a relação do sujeito índio brasileiro com a forma-sujeito histórico capitalista a partir do documentário “Índio Cidadão?”. Tese de Doutorado. Cáceres, MT: Universidade do Estado de Mato Grosso, 2022

SOUZA, T.C.C. de. Perspectivas de análise do discurso numa língua indígena: o Bakairi (Carib)." In : ORLANDI, E. (org.) Discurso Indígena – A materialidade da língua e o movimento da identidade. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1991.

SOUZA, T.C.C. de. Discurso e Oralidade - Um estudo em língua indígena. Tese de Doutorado. Campinas: IEL/UNICAMP, 1994.

SOUZA, T.C.C. de. Aspectos da historicidade da língua portuguesa falada no Brasil. In: ORLANDI, E. (Org.) Construção do saber metalinguístico e a constituição da língua nacional. Cáceres: UNEMAT/Pontes Editores, 2011.

SOUZA, T.C.C. de. Língua nacional e materialidade discursiva: a influência do tupi. In: MELLO, H. et. al. (Orgs). Os contatos linguísticos no Brasil. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2011.

SOUZA, T.C.C. de. Política linguística, política de línguas indígenas e identidade discursiva. Conferência de abertura no GT de Línguas Indígenas. Londrina, Paraná: XXXV ENANPOLL, 2020

SOUZA, T.C.C. de. Línguas indígenas, fronteiras e silenciamento. Revista Línguas e Instrumentos Linguísticos, no. 48. v.24, 2021.

SOUZA, T.C.C. de. Política linguística, política de línguas indígenas e línguas silenciadas. In: FIGUEIREDO, A. A. de A. et al. (Orgs.) Políticas linguísticas e as línguas indígenas brasileiras. São Paulo, SP: Pontes Editores, 2022.

SOUZA, T.C.C. de. e SOARES, M.L. da C.F. Dos aspectos da morfonêmica tapirapé. Comunicação no Encontro Nacional de Linguística 7, Rio de Janeiro: Pontifícia Universidade Católica, 1982.

Downloads

Publicado

2022-11-23

Como Citar

CLEMENTE DE SOUZA, T. C. Povos originários: : entre a língua do direito e o direito à língua. Línguas e Instrumentos Línguísticos, Campinas, SP, v. 25, n. n.esp, p. 13–26, 2022. DOI: 10.20396/lil.v26iEspecial.8671230. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8671230. Acesso em: 30 nov. 2022.