Apresentação: Keith Pavitt - Sectoral Patterns of Technical Change: toward a taxonomy and a theory

Autores

  • Mario Luiz Possas Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.20396/rbi.v2i2.8648873

Palavras-chave:

Apresentação

Resumo

O artigo de Keith Pavitt de 19841 tornou-se um clássico da Economia Industrial moderna, em especial de sua vertente centrada na mudança técnica, devido à proposta de taxonomia setorial nele contida, desde então conhecida como a “taxonomia de Pavitt”. Como se sabe, ela propõe em sua versão básica classificar os setores industriais em três categorias, conforme os padrões estruturais inovativos e tecnológicos prevalecentes: (1) supplier dominated (dominados pelos fornecedores); (2) production intensive (intensivos em produção); e (3) science based (baseados em ciência). A terceira categoria, por sua vez, foi subdividida em (3.1) scale intensive (intensivos em escala) e (3.2) specialized suppliers (fornecedores especializados).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mario Luiz Possas, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Colaborador no Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro

Downloads

Publicado

2009-08-17

Como Citar

POSSAS, M. L. Apresentação: Keith Pavitt - Sectoral Patterns of Technical Change: toward a taxonomy and a theory. Revista Brasileira de Inovação, Campinas, SP, v. 2, n. 2, p. 231–265, 2009. DOI: 10.20396/rbi.v2i2.8648873. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rbi/article/view/8648873. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Ideias Fundadoras