Apresentação: Christopher Freeman - The 'National System of Innovation' in Historical Perspective

Autores

  • Eduardo da Motta e Albuquerque Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.20396/rbi.v3i1.8648890

Palavras-chave:

Apresentação

Resumo

Sistema nacional de inovação é um conceito síntese da elaboração evolucionista (ou neo-schumpeteriana): ele expressa o complexo arranjo institucional que impulsionando o progresso tecnológico determina a riqueza das nações. Não é casual que a sua primeira referência explícita tenha sido publicada apenas em 1987, em um livro do próprio Freeman (Technology Policy and Economic Performance: Lessons from Japan).1 Como um conceito que sintetiza a elaboração (ampla) de uma abordagem teórica, sistema nacional de inovação é um conceito que está em aberto, enriquecendo-se dos avanços na elaboração teórica e contribuindo para apresentar novas questões para a reflexão coletiva. Esta abertura permite um diálogo com outras abordagens teóricas na economia e nas ciências sociais...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo da Motta e Albuquerque, Universidade Federal de Minas Gerais

Autor do livro AGENDA ROSDOLSKY (publicado pela Editora UFMG em 2012). Possui doutorado em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998), mestrado em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1995) e graduação em Economia pelo Centro Universitário Newton Paiva (1992). Iniciou os estudos universitários pelo curso de Medicina da UFMG (1974-1979). Atualmente é professor titular do Departamento de Ciências Econômicas e do Cedeplar da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Downloads

Publicado

2009-08-17

Como Citar

ALBUQUERQUE, E. da M. e. Apresentação: Christopher Freeman - The ’National System of Innovation’ in Historical Perspective. Revista Brasileira de Inovação, Campinas, SP, v. 3, n. 1, p. 9–34, 2009. DOI: 10.20396/rbi.v3i1.8648890. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rbi/article/view/8648890. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Ideias Fundadoras