Contratos, Novas Tecnologias e Produtividade do Trabalho entre os Avicultores do Sul do Brasil

Autores

  • Armando Dalla Costa Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.20396/rbi.v7i2.8648967

Palavras-chave:

Contratos. Avicultura. Integrados. Tecnologia. Produtividade do trabalho.

Resumo

A avicultura brasileira apresentou nas últimas quatro décadas um conjunto de modificações ligadas à estrutura organizacional que englobam grande parte dos processos produtivos, administrativos e de organização do trabalho. A industrialização do setor teve início na década de 1960, impulsionada pelas empresas estabelecidas no Sul do Brasil, sobretudo a Sadia, Perdigão, Ceval, Frangosul, Aurora, entre outras. A produção passou de 217 mil toneladas em 1970 para 9,2 milhões de toneladas em 2006. Nesse mesmo período, o consumo interno brasileiro passou de 2,3 quilos para 36 quilos por habitante/ano e o preço do quilo de carne no varejo caiu de US$ 4,05 para menos de 1 dólar. Apesar desse forte aumento no consumo do mercado interno, a produção cresceu a ponto de tornar o Brasil o maior exportador mundial de frangos e derivados. Este artigo tem por objetivo analisar a influência dos contratos com os agricultores produtores de frango e as novas tecnologias empregadas nos aviários, ao longo desse tempo, e que tipo de transformações causaram na organização e na dinâmica do trabalho desses agricultores, chamados integrados. Para tanto procedeu-se a uma revisão na literatura e um levantamento junto aos produtores rurais e aos técnicos das empresas que lhes prestam assessoria, para identificar tais transformações. Concluiu-se que os contratos são um elemento-chave na relação com os integrados e que a produtividade no trabalho avançou em função das novas tecnologias e do saber acumulado pelos agricultores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Armando Dalla Costa, Universidade Federal do Paraná

Departamento de Economia – Universidade Federal do Paraná

Referências

Andreas, A. “A nova Sadia. Com a reestruturação, o frango cede espaço aos congelados e o lucro quadruplica”, revista América Latina, p.24-26, 23 de setembro de 1999.

Associação Brasileira de Exportadores de Frangos. http://www.abef.com.br, várias consultas.

Associação Gaúcha de Avicultura. http://www.asgav.com.br, várias consultas.

Associação Paulista de Avicultura. http://www.apa.com.br, várias consultas.

Azevedo, P. “A nova economia institucional”, in Farina, E. et al. (orgs.), Competitividade: mercado, estado e organizações, São Paulo: Singular, 1997.

Bernartt, L.A. [presidente da Comissão Técnica de Avicultura do Sindicato Rural Patronal de Toledo (PR)]. “Avicultores pedem socorro”. Disponível em http://www.portaldoagronegocio.com.br/index.php?p=texto&&idT=914. Acesso em 18 de setembro de 2007.

Campos, I. “Os colonos do rio Uruguai. Relações entre pequena produção e agroindústria no oeste catarinense”, Dissertação de Mestrado, Campina Grande, UFPB, 1987.

CEAG – Centro de Assistência Gerencial de Santa Catarina. Análise do sistema de integração agroindustrial em suínos e aves em Santa Catarina, Florianópolis: CEAG, 1978.

Dalla Costa, A. “A Sadia e a produção integrada. O lugar do agricultor no complexo agroindustrial”, Dissertação de Mestrado em História, Curitiba, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal do Paraná, 1993.

Dalla Costa, A. “A Sadia e o pioneirismo industrial na agroindústria brasileira”, revista História Econômica História de Empresas, Associação Brasileira de Pesquisadores em História Econômica, São Paulo: HUCITEC, ano 1, n. 1, p.109-144, fev., 1999.

Dalla Costa, A. L’agroindustrie brésilienne contemporaine: innovations organizationnelles et transformations technologiques dans l’aviculture, Villeneuve d’Asq: Presses Universitaires du Septentrion, 2000.

Dalla Costa, A. “Sadia, Perdigão e Hermes Macedo: nascimento, expansão e crise por ocasião da passagem do poder nas empresas familiares”, in Kirschner, A.M.; Gomes, E.R.; Cappellin, P. (orgs.), Empresa, empresários e globalização, Rio de Janeiro: Relume Dumará, p.153-170, 2002.

Entrevista 1. Entrevista concedida ao autor por um produtor integrado da Sadia, desde o início da década de 1980, Francisco Beltrão (PR), 22 de fevereiro de 2007.

Entrevista 2. Entrevista concedida ao autor por um técnico que trabalha na EPAGRI – Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina desde 1982, Concórdia (SC), 26 de fevereiro de 2007.

Entrevista 3. Entrevista concedida ao autor por um produtor integrado da Sadia, Francisco Beltrão (PR), 24 de maio de 2007.

Fontana, A. História da minha vida, Petrópolis, Vozes, 1980.

Fontana, Y.M. Como fritar as Josefinas. A mulher nos bastidores da empresa familiar brasileira, 5ª ed., São Paulo: Cultura Editores Associados, 2000.

IPARDES. Análise da competitividade da cadeia agroindustrial de carne de frango no estado do Paraná. Curitiba: IPARDES, 2002.

Lopes, J. Análise econômica de contratos de integração usados no complexo agroindustrial avícola brasileiro, Viçosa: UFV, 1992.

Mior, L.C. Empresas agroalimentares, produção agrícola familiar e competitividade no complexo carnes de Santa Catarina, Rio de Janeiro: UFRRJ, 1992.

Perdigão. http://www.perdigao.com.br, várias consultas.

Pessali, H. “Teoria dos custos de transação: uma avaliação à luz de diferentes correntes do pensamento econômico”, Dissertação apresentada ao Curso de Mestrado em Desenvolvimento Econômico, Curitiba, Departamento de Economia, UFPR, 1998.

Pessali, H. “The rhetoric of Olivier Williamson’s transaction cost economics”, Journal of Institutional Economics, 2 (1), p.45-65, 2006.

Revista Integração, órgão interno da Fundação Attilio Francisco Xavier Fontana, bimestral, jun., 1986 a nov./dez., 2001.

Rizzi, A. “Mudanças tecnológicas e reestruturação da indústria agroalimentar: o caso da indústria de frangos no Brasil”, Tese de Doutorado, Campinas, UNICAMP, 1993.

Sadia. http://www.sadia.com.br, várias consultas.

Sadia. Projeto 21, Concórdia: Departamento de Fomento Agropecuário, 1988.

Sadia. Relatórios anuais, 1976 a 2003.

Schmidt, G.S.; Figueiredo, E.A.P.; Ledur, M.C. “Genetic gain for body weigt, feed conversion and carcass traits in selected broiler strains”, Revista Brasileira de Ciência Avícola, v.8, p.29-32, 2006.

Silva, H. “A gestão do território pelo grupo Sadia no município de Concórdia, Santa Catarina”, Dissertação de Mestrado, Florianópolis, UFSC, 1991.

Silveira P.; Maria I. Produtor e agroindústria: consensos e disensos. O caso de Santa Catarina, Florianópolis: Secretaria de Estado da Cultura e do Esporte, Editora da UFSC, 1990.

Simon, H. “Organizations and markets”, Journal of Economic Perspectives, v.5, n.2, p.25-44, 1991.

Sorj, B. Estado e classes sociais na agricultura brasileira, 2ª ed., Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1980.

Tassara, H.; Scapin, A. Perdigão, uma trajetória para o futuro, Videira: Empresa das Artes, 1996.

Teixeira, Francisco M.P. Sadia, 50 anos construindo uma história, São Paulo: Prêmio Editorial, 1994.

Williamson, O.E. Markets and hierarchies, Nova York: The Free Press, 1975.

Williamson, O.E. “Comparative economic organization: the analysis of discrete structural alternatives“, Administrative Science Quartely, v.36, p.269-296, 1991.

Williamson, O.E. Les institutions de l’économie, Paris: InterEditions, 1994. [Tradução de The economic institutions of capitalism, Nova York: The Free Press, 1985.]

Williamson, O.E. “Hierarchies, markets and power in the economy: an economic perspective”, Industrial and Corporate Change, v.1, n.1, p.21-49, 1995.

Williamson, O.E. “Comparative economic organization: the analysis of discrete structural alternatives”, Administrative Science Quarterly, v.36, p.269-296, 1998.

Downloads

Publicado

2009-08-19

Como Citar

COSTA, A. D. Contratos, Novas Tecnologias e Produtividade do Trabalho entre os Avicultores do Sul do Brasil. Revista Brasileira de Inovação, Campinas, SP, v. 7, n. 2, p. 313–340, 2009. DOI: 10.20396/rbi.v7i2.8648967. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rbi/article/view/8648967. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos