O Instituto Riograndense do Arroz

Autores

  • Achyles Barcelos da Costa Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Carlos G. A. Mielitz Netto Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.20396/rbi.v11i2.8649051

Palavras-chave:

Memória

Resumo

A produção de arroz data dos primórdios da colonização brasileira e é uma atividade econômica difundida no país, com sua concentração na Região Sul, onde se destaca o Rio Grande do Sul como o maior produtor. De acordo com levantamento do Instituto Rio Grandense do Arroz – IRGA, na safra 2010/2011, o Estado gaúcho, com um número em torno de 9 mil produtores, colheu aproximadamente 9 milhões de toneladas de arroz, em uma área plantada de cerca de um 1,17 milhão de hectares, que representaram 66,0% e 41,0%, respectivamente, do total nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Achyles Barcelos da Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professor do Programa de Pós-Graduação em Economia – PPGE/UFRGS.

Carlos G. A. Mielitz Netto, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural –PGDR/UFRGS.

Downloads

Publicado

2012-10-05

Como Citar

COSTA, A. B. da; MIELITZ NETTO, C. G. A. O Instituto Riograndense do Arroz. Revista Brasileira de Inovação, Campinas, SP, v. 11, n. 2, p. 467–480, 2012. DOI: 10.20396/rbi.v11i2.8649051. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rbi/article/view/8649051. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Memória