Política industrial e desenvolvimento regional: convergência entre a Política de Desenvolvimento Produtivo, o Plano Brasil Maior e o Polo Industrial de Manaus

Autores

  • Huascar Fialho Pessali Universidade Federal do Paraná
  • Walter Tadahiro Shima Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.20396/rbi.v14i0.8649102

Palavras-chave:

Política industrial. Política de desenvolvimento produtivo. Plano Brasil maior. Polo industrial de Manaus. Convergência.

Resumo

O artigo avalia a existência de sobreposição de alvos entre o desenho das políticas industriais (PDP e PBM) e a política de desenvolvimento regional dirigida ao Polo Industrial de Manaus (PIM). Verifica-se que parte dos segmentos industriais do PIM é contemplada no PDP e no PBM, a maioria dos quais com elos produtivos intensivos em escala, dependentes em conhecimento e inovação, e usuários vorazes do complexo eletrônico. Este complexo, de maior potencial inovativo e de spillover, se desenvolveu limitadamente no PIM e em outras regiões do país, guardando suas competências centrais nas matrizes. As etapas produtivas localizadas no PIM, embora de indústrias com razoáveis inovatividade e resposta à renda, são pouco intensivas em conhecimento e inovação locais. Os esforços para incorporar maior intensidade de P&D e inovação aos elos produtivos do PIM têm se concentrado nas instituições da política regional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Huascar Fialho Pessali, Universidade Federal do Paraná

Professor do Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas da UFPR.

Walter Tadahiro Shima, Universidade Federal do Paraná

Professor do Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas da UFPR.

Referências

AZEVEDO, C. A regulamentação do acesso aos recursos genéticos e aos conhecimentos tradicionais associados no Brasil. Biota Neotropica, v. 5, n. 1, p. 1-9, 2005.

BECKER, B. Geopolítica da Amazônia. Estudos Avançados, v. 19, n. 53, p. 71-86, 2005.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC. Política de Desenvolvimento Produtivo. Inovar e investir para sustentar o crescimento. Brasília, 2008. Disponível em: http://www.desenvolvimento.gov.br/pdp/index.php/sitio. Acesso em: 09 no, 2009.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC. Política de Desenvolvimento Produtivo. Conheça a PDP. Brasília, 2009. Disponível em: http://www.pdp.gov.br/paginas/conheca_pdp.aspx?path=Conhe%C3%A7a%20a%20PDP. Acesso em: 09 nov. 2009.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC. O que é o PPB? Brasília, 2011a. Disponível em: http://www.mdic.gov.br/sitio/interna/interna.php?area=2&menu=1103. Acesso em: 15 mar. 2011.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC; Ministério da Ciência e Tecnologia – MCT. Portaria Interministerial no 127, de 31 de maio de 2011. Brasília, 2011b.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC. Política de Desenvolvimento Produtivo. Programas. Brasília, 2012a. Disponível em: http://www.pdp.gov.br/Paginas/Default.aspx. Acesso em: 20 abr. 2012.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC. Plano Brasil Maior. Dimensão setorial. Brasília, 2012b. Disponível em: http://www.brasilmaior.mdic.gov.br/conteudo/153. Acesso em: 20 abr. 2012.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC; Ministério da Ciência e Tecnologia – MCT. Portaria Interministerial no 63, de 28 de fevereiro de 2012. Brasília, 2012c.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC. Política de Desenvolvimento Produtivo. Programas para destaque estratégicos. Brasília, s/d “a”. Disponível em: http://www.mdic.gov.br/pdp/index.php/sitio/conteudo/index/5. Acesso em: 10 nov. 2014.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC. Plano Brasil Maior. Plano Brasil Maior chega aos Estados. Brasília, s/d “b”. Disponível em:

http://www.brasilmaior.mdic.gov.br/conteudo/287#. Acesso em: 10 nov. 2014.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC; Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação – MCT. Portaria Interministerial no 110, de 29 de maio de 2014. Brasília, 2014a.

BRASIL. Presidência da República. Emenda Constitucional no 83, de 5 de agosto de 2014. Brasília: Casa Civil, 2014b.

BRASIL. Presidência da República. Medida Provisória no 2.186-16, de 23 de agosto de 2001. Brasília: Casa Civil, 2001.

CHANG, H-J. Industrial policies in the 21st Century. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON INDUSTRIAL POLICIES IN THE 21ST CENTURY – CELEBRATING BNDES 60TH ANNIVERSARY. Anais... Rio de Janeiro, 10-11 de maio 2012.

COOKE, P. Regional innovation systems. Geoforum, v. 23, n. 3, p. 365-382, 1992.

COOKE, P. Complex adaptive innovation systems. Londres: Routledge, 2012.

COSTA, G. Especialista acredita que Brasil conseguirá só montar tablets, sem produção de componentes. Agência Brasil, 4 de junho de 2011. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2011-06-04/especialista-acredita-que-brasil-conseguira-so-montar-tablets-sem-producao-de-componentes. Acesso em: 03 jan. 2014.

CUNHA, A. As novas cores da linha branca: os efeitos da desnacionalização da indústria brasileira de eletrodomésticos nos anos 1990. Tese (Doutorado) Campinas: IE/Unicamp, 2003.

DINIZ, C.; CROCCO, M. Reestruturação econômica e impacto regional: o novo mapa da indústria brasileira. Nova Economia, v. 6, n. 1, p. 77-103, 1996.

DINIZ, M. A dinâmica das inovações nas empresas do pólo industrial de Manaus. Tese (Doutorado) Belém: NAEA/UFPA, 2008.

FERRARI FILHO, F.; PAULA, L. Regime cambial, conversibilidade da conta de capital e performance econômica: a experiência recente de Brasil, Rússia, Índia e China. In: SICSÚ, J.; FERRARI FILHO, F. (Eds.). Câmbio e controles de capitais. Rio de Janeiro: Elsevier-Campus, 2006, p. 184-221.

FERREIRA, S.; SAMPAIO, M. (Orgs.). Biodiversidade e conhecimentos tradicionais associados. Brasília: SBPC, 2013.

FERREIRA, S.; BOTELHO, L. O emprego industrial na Região Norte: o caso do Polo Industrial de Manaus. Estudos Avançados, v. 28, n. 81, p.141-54, 2014.

LASMAR, D. Valorização da biodiversidade: capacitação e inovação tecnológica na fitoindústria no Amazonas. Tese (Doutorado). Rio de Janeiro: UFRJ-Coppe, 2005.

LEMOS, M.; DINIZ, C.; GUERRA, L.; MORO, S. A nova configuração regional brasileira e sua geografia econômica. Estudos Econômicos, v. 33, n. 4, p. 665-700, 2003.

MARIA, T. Após prorrogação da Zona Franca de Manaus, CBA aguarda ‘empurrãozinho’. Jornal do Commercio, 21 de julho de 2014. Disponível em: http://www.portalamazonia.com.br/editoria/ciencia-e-tecnologia/apos-prorrogacao-da-zona-franca-de-manaus-cba-aguarda-empurraozinho/. Acesso em: 05 nov. 2014.

MASKELL, P.; MALMBERG, A. Local learning and industrial competitiveness. Cambridge Journal of Economics, v. 23, p. 167-85, 1999.

MORGAN, K. The learning region: institutions, innovations and regional renewal. Regional Studies, v. 31, n. 5, p. 491-503, 1997.

PAVITT, K. Sectoral patterns of technical change: towards a taxonomy and a theory. Research Policy, v. 13, p. 343-373, 1984.

PERTICARRARI, D. Reestruturação produtiva e emprego na indústria de linha branca no Brasil. Dissertação (Mestrado) Campinas: IG/Unicamp, 2003.

PORTAL BRASIL. Projeto de parque tecnológico do Polo de Manaus será apresentado nesta quinta. Brasília, 2014. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/ciencia-e-tecnologia/2010/12/projeto-de-parque-tecnologico-do-polo-de-manaus-sera-apresentado-nesta-quinta. Acesso em: 20 nov. 2014.

RIOS, L. Secretário do MDIC visita microempresas de cosméticos no DIMPE. Manaus, 2012. Disponível em: http://www.suframa.gov.br/suf_pub_noticias.cfm?id=13414. Acesso em: 27 dez. 2013.

SUFRAMA – Superintendência da Zona Franca de Manaus. Modelo Zona Franca. O que é o projeto ZFM? Manaus, 2009a. Disponível em: http://www.suframa.gov.br/zfm_o_que_e_o_projeto_zfm.cfm. Acesso em: 10 nov. 2009.

SUFRAMA. Modelo Zona Franca. Indústria. Manaus, 2009b. Disponível em: http://www.suframa.gov.br/zfm_industria.cfm. Acesso em: 10 nov. 2009.

SUFRAMA. Modelo Zona Franca. Indicadores do PIM 2004-2009. Manaus, 2009c. Disponível em: http://www.suframa.gov.br/zfm_indicadores_do_pim.cfm. Acesso em: 10 nov. 2009.

SUFRAMA. Modelo Zona Franca. Indicadores do PIM 1998-2010. Manaus, 2010. Disponível em: http://www.suframa.gov.br/zfm_indicadores_do_pim.cfm. Acesso em: 23 nov. 2012.

SUFRAMA. Modelo Zona Franca. Desenvolvimento regional sustentável. Manaus, 2013a. Disponível em: http://www.suframa.gov.br/zfm_desenvolvimento_regional.cfm. Acesso em 11 dez. 2013.

SUFRAMA. Indicadores de desempenho do Polo Industrial de Manaus 2008-2013. Manaus, 2013b. Disponível em: http://www.suframa.gov.br/download/indicadores/RelOUTU-

BRO%20FINAL_10_2013-28_11_2013-08_19_03.pdf. Acesso em 27 dez. 2013.

STF – Supremo Tribunal Federal. Amazonas contesta norma de SP de incentivo na produção de ‘tablets’’. Notícias STF, 28 de julho de 2011. Disponível em: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=185231. Acesso em: 03 jan. 2014.

SUZIGAN, W. Empresas transnacionais e internacionalização da P&D: elementos de organização industrial da economia da inovação. Resenha. Revista de Economia Política, v. 28, n. 2-110, p. 358-60, 2008.

WALDROP, M. Complexity: the emerging science at the edge of order and chaos. Londres: Viking, 1992.

Downloads

Publicado

2015-03-18

Como Citar

PESSALI, H. F.; SHIMA, W. T. Política industrial e desenvolvimento regional: convergência entre a Política de Desenvolvimento Produtivo, o Plano Brasil Maior e o Polo Industrial de Manaus. Revista Brasileira de Inovação, Campinas, SP, v. 14, p. 109–132, 2015. DOI: 10.20396/rbi.v14i0.8649102. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rbi/article/view/8649102. Acesso em: 28 nov. 2022.