O Instituto de Tecnologia Industrial de Minas Gerais

  • João Antonio de Paula Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Memória

Resumo

O Instituto de Tecnologia Industrial de Minas Gerais, criado em 1944, como órgão da Secretaria de Agricultura, Indústria, Comércio e Trabalho do Estado de Minas Gerais, foi inspirado tanto no Instituto de Pesquisas Tecnológicas, de São Paulo, implantado em 1927, quanto no Instituto Nacional de Tecnologia, que funcionava no Rio de Janeiro. O ITI de Minas Gerais fez parte de um conjunto de ações...

Biografia do Autor

João Antonio de Paula, Universidade Federal de Minas Gerais
é graduado em ciências econômicas pela Universidade Federal de Minas Gerais (1973), mestre em economia pela Unicamp (1977) e doutor em história econômica pela USP (1988). É Professor Titular do Departamento de Ciências Econômicas e do Cedeplar. Foi Pró-Reitor de Planejamento e Desenvolvimento e Pró-Reitor de Extensão da UFMG. Tem experiência nas áreas de economia e história, com ênfase em história econômica e economia política, atuando principalmente nos seguintes temas: economia política marxista, meio ambiente, história econômica, economia mineira, cidades.

Referências

ÁVILA, Cristina. Estudo crítico. In: GRAVATÁ, Hélio. Resgate bibliográfico de Minas Gerais. Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro, 1998.

BARBOSA, Octávio. Resumo de geologia do Estado de Minas Gerais. Belo Horizonte: Serviço Geológico, Departamento dos Serviços Geográfico e Geológico, Secretaria de Agricultura do Estado de Minas Gerais, 1934 (Boletim 3).

BRANCO, José Jaime Rodrigues. Notas sobre a geologia e a petrografia do Planalto de Poços de Caldas. MG. Belo Horizonte: Instituto de Pesquisas Radioativas, Escola de Engenharia, Universidade Federal de Minas Gerais, 1956 (Publicação n. 5).

CARVALHO, Antônio Gontijo de. Calógeras. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1935.

CARVALHO, José Murilo de. A Escola de Minas de Ouro Preto. O peso da glória. Rio de Janeiro: Finep, 1978.

CINTRA, Antônio Octávio (Org.). Fundação João Pinheiro. Notícia histórica, áreas de atuação, trabalhos realizados. Belo Horizonte: FJP/SEPCG, 1979.

DINIZ, Clélio Campolina. Lucas Lopes. O visionário do desenvolvimento. Revista do Arquivo Público Mineiro, ano XLIV, n. 2, jul./dez. 2008.

GUIMARÃES, Anchieta. Secretários de Agricultura de 1933 a 1988: esboço-administrativo. Belo Horizonte: Seapa, v. I, 1990a.

GUIMARÃES, Anchieta. Secretários de Agricultura de 1933 a 1988: esboço-administrativo. Belo Horizonte: Seapa, v. II, 1990b.

GUIMARÃES, Djalma. Contribuição à petrographia do Brasil. Rio de Janeiro: Serviço Geológico e Mineralógico do Brasil, Ministério da Agricultura, Indústria e Comércio, Imprensa Nacional, 1924 (Boletim n. 6).

GUIMARÃES, Djalma. À margem de “os satélites do diamante”. Belo Horizonte: Serviço Geológico, Departamento dos Serviços Geográficos e Geológicos, Secretaria da Agricultura do Estado de Minas Gerais, Oficinas Gráficas da Estatística, 1934.

GUIMARÃES, Djalma. Nota preliminar sobre a jazida do Barreiro, município de Araxá. Belo Horizonte: Instituto de Tecnologia Industrial, Veloso & Cia. Ltda., 1946.

GUIMARÃES, Djalma; BARBOSA, Octávio. Mapa geológico do Estado de Minas Gerais. Belo Horizonte: Serviço Geológico do Estado de Minas Gerais, Secretaria de Agricultura, 1934.

INSTITUTO DE TECNOLOGIA INDUSTRIAL. Histórico e atuação do ITI no desenvolvimento técnico-científico em Minas Gerais. Belo Horizonte: ITI, 1958.

OLIVEIRA, José Marcelino de. Introdução. In: INSTITUTO DE TECNOLOGIA INDUSTRIAL. Histórico e atuação do ITI no desenvolvimento técnico-científico em Minas Gerais. Belo Horizonte: ITI, 1958.

SCHWARTZMAN, Simon. Um espaço para a ciência. A formação da comunidade científica no Brasil. 2. ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2015.

Publicado
2017-08-21
Como Citar
Paula, J. A. de. (2017). O Instituto de Tecnologia Industrial de Minas Gerais. Revista Brasileira De Inovação, 16(2), 405-436. https://doi.org/10.20396/rbi.v16i2.8650117
Seção
Memória