Banner Portal
Da opacidade da palavra selfie no discurso digital
PDF

Palavras-chave

Língua
Subjetividade
Estrangeirismo
Discurso
Tecnologia
Autorretrato

Como Citar

SOARES, M. A.; NUNES, . S. R. . Da opacidade da palavra selfie no discurso digital. RUA, Campinas, SP, v. 26, n. 1, 2020. DOI: 10.20396/rua.v26i1.8660195. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8660195. Acesso em: 21 fev. 2024.

Resumo

O estudo que constitui este trabalho de pesquisa, fundamenta-se nos princípios teóricos e analíticos da Análise de Discurso, uma teoria linguística de caráter interpretativo que considera a relação língua, sujeito e história como indissociáveis. Deste modo, a reflexão desenvolvida concentra-se na produção de sentidos sobre a palavra selfie. Analisamos como o discurso digital sustenta a constituição desta palavra. Além disso, problematizamos como se configura uma memória da língua sobre a palavra selfie no espaço de enunciação brasileiro e nos posicionamos criticamente à definição formulada nos dicionários de língua inglesa e portuguesa, apostando nas diferentes historicidades constituídas entre o gesto de se auto fotografar e a relação com a palavra selfie.

https://doi.org/10.20396/rua.v26i1.8660195
PDF

Referências

ALTHUSSER, Louis. Ideologias e Aparelhos Ideológicos do Estado. Tradução de Joaquim José de Moura Ramos. Editorial Presença/Martins Fontes, 1970.

COSTA, G.C. da. A palavra do ano é uma imagem. Fragmentum, Santa Maria, Programa de Pós-graduação em Letras, UFMS, n. 48, p. 89-103, jul./dez., 2016.

HAROCHE, Claudine. Fazer dizer, querer dizer. Tradução de Eni Pulcinelli Orlandi, com colaboração de Freda Indursky e Marise Manoel. São Paulo: Editora Hucitec, 1992.

MAGALHÃES, B.; MARIANI, B. Processos de subjetivação e identificação: ideologia e inconsciente. Linguagem em (Dis)curso, Palhoça, SC, v. 10, n. 2, p. 391-408, maio/ago. 2010.

NUNES, José Horta. Dicionários: história, leitura e produção. Revista de Letras da Universidade Católica de Brasília – UCB. v. 3, n. 1/2, ano III – dez./2010. p. 6-21.

ORLANDI, E. P. Discurso e texto: formulação e circulação dos sentidos. 4. ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2012.

PAYER, M. O. Memória da língua: imigração e nacionalidade. São Paulo: Escrita, 2006.

ROCHA LIMA, Carlos Henrique da. Gramática normativa da língua portuguesa. Prefácio de Serafim da Silva Neto. 40. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2001.

O periódico RUA utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.