Segurança alimentar e nutricional na América do Sul e BRICS

avanços e “nuvens” no horizonte

Palavras-chave: Segurança alimentar, Desenvolvimento, América do Sul, BRICS.

Resumo

O artigo parte da tese de que o sistema capitalista global é intrinsecamente desigual. Esta tese é sustentada na concepção marxista e está presente nos trabalhos de Arrighi (1995), Marini (2000), Santos (2004) e Bambirra (2015), dentre outros autores. Os dados de base são os do desempenho das economias nacionais. Há uma problematização dessa tese no período mais recente pós-crise de 2008, pois existem trabalhos que sustentam que há mudança estrutural em favor das economias em desenvolvimento. Os elementos teóricos sistematizados no artigo corroboram a tese de que o sistema segue desigual, embora com mudanças na margem. Para mostrar isso com novos elementos, há uma segunda parte em que os dados sociais relacionados à Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) são sistematizados para a região da América do Sul em comparação aos BRICS. Constata-se progresso social, porém os indicadores mostram uma situação ainda muito distante da realidade das economias desenvolvidas. O método utilizado neste artigo é o de Análise de Componentes Principais (ACP).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Niemeyer Almeida Filho, Universidade Federal de Uberlândia

Professor Titular do Instituto de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal de Uberlândia
(IERI/UFU), Uberlândia, MG, Brasil.

Ludmila Luísa Tavares e Azevedo, Universidade Federal de Uberlândia

Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Economia do Instituto de Economia e Relações Internacionais da
Universidade Federal de Uberlândia (IERI/UFU), Uberlândia, MG, Brasil.

Referências

ALMEIDA FILHO, N.; CORRÊA, Vanessa Petrelli. Transição brasileira: a configuração exemplar da nova forma de dependência dos países em desenvolvimento. In: JORNADA DE ECONOMIA POLÍTICA, 3, 2000, Campinas. Anais conjuntos. Anpec/SBE/SEP, 2000.

ALMEIDA FILHO, N.; SCHOLZ, V. Soberanía alimentaria y seguridad alimentaria: ¿Conceptos complementarios? In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL (SOBER), 46, Rio Branco, 2008. Anais... Disponível em: https://ideas.repec.org/p/ags/sbrfsr/109996.html. Acesso em: 30 jul. 2018.

ARAÚJO, Priscila Santos; ALMEIDA FILHO, N. Disparidades do crescimento global: avanços econômicos e atrasos sociais. Temporalis, v. 23, p. 13-43, 2012.

ARRIGHI, G. A desigualdade mundial na distribuição de renda e o futuro do socialismo. In: SADER, E. (Ed.). O mundo depois da queda. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

AZEVEDO, L. L. T. Desenvolvimento, pobreza e segurança alimentar na América do Sul. 2017. 210f. Dissertação (Mestrado em Economia)-Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal de Uberlândia (PPGE/UFU), Uberlândia, MG, 2017.

BAMBIRRA, V. O capitalismo dependente latino-americano. 3. ed. Florianópolis: Editora Insular, 2015.

BAUMOL, W. J. Productivity growth, convergence, and welfare: what the long-run data how. The American Economic Review, Pittsburgh, PA, USA, v. 76, n. 5, p. 1072-1085, 1986.

BRAHMBHATT, M.; SILVA, L. P. da. The global financial crisis: comparisons with the great depression and scenarios for recovery. PREM Notes. [s.l: s.n.].

BURITY, V. et al. Direito humano à alimentação adequada no contexto da segurança alimentar e nutricional. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, 2010.

CANUTO, O. Decoupling, reverse coupling and all that jazz. World Bank Blog, 2009.

CEPAL. América Latina e o Caribe. Panorama da segurança alimentar e nutricional. Santiago: [s.n.]. Disponível em: http://www.fao.org/3/a-i6977o.pdf. Acesso em: 30 jul. 2018.

CEPAL. Informe anual sobre el progreso y los desafíos regionales de la Agenda 2030 para el Desarrollo Sostenible en América Latina y el Caribe. Santiago: [s.n.]. Disponível em: http://www.cepal.org/es/publicaciones/41173-informe-anual-progreso-desafios-regionales-la-agenda-2030-desarrollo-sostenible. Acesso em: 30 jul. 2018.

CONTI, I. L. Segurança alimentar e nutricional: noções básicas. Passo Fundo: IFIBE, 2009. Disponível em: https://docplayer.com.br/8626235-Seguranca-alimentar-e-nutricional-nocoes-basicas.html.

HAIR, J. F. et al. Análise multivariada de dados. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HOBSBAWM, E. A era do capital 1848-1875. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

JOHNSON, R. A.; WICHERN, D. W. Applied multivariate statistical analysis. 4th ed. Upper Saddle River, New Jersey: Prentice-Hall, 1999. 815p.

KHATTREE, R.; NAIK, D.N. Multivariate data reduction and discrimination with SAS software. Cary, NC, USA: SAS Institute Inc., 2000. 558p.

MALUF, R. S. Segurança alimentar e o desenvolvimento econômico na América Latina: o caso do Brasil. Revista de Economia Política, São Paulo, SP, v. 15, 1995.

MARINI, R. M. Dialética da dependência. Petrópolis: Vozes, 2000.

MAROCO, J.; BISPO, R. Estatística aplicada às ciências sociais e humanas. [s.l.] Climepsi Editores, 2003.

MINSKY, H. P. Integração financeira e política monetária. Economia e Sociedade, Campinas, n. 1, p. 21-38, 1993.

O’NEILL, J. Building better global economic BRICs. Global Economics Paper, London, n. 66, p. 1-16, Nov. 2001.

OLIVEIRA, C. A. B. de. Processo de industrialização. São Paulo: Editora Unesp, 2002.

REIS, E. Estatística multivariada aplicada. Lisboa: [s.n.].

ROMER, P. M. Increasing returns and long-run growth. Journal of Political Economy, Chicago, USA, v. 94, n. 5, p. 1002-1037, Oct. 1986.

ROSTOW, W. As etapas do desenvolvimento econômico: um manifesto não comunista. Rio de Janeiro: Zahar, 1961.

SANTIAGO, A. S.; ALMEIDA FILHO, N. A soberania alimentar em questão: análises a partir do referencial da teoria marxista da dependência latino americana. In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA UFU, 4. Anais... Uberlândia: UFU, 2014.

SANTOS, T. Economía mundial la integración latinoamerica. México: Plaza Janés, 2004.

SILVA, José Graziano; DEL GROSSI, M. E.; FRANÇA, C. G. DE. Fome Zero: a experiência brasileira. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2010.

SOLOW, R. M. A contribution to the theory of economic growth. The Quarterly Journal of Economics, Oxford, GB, v. 70, n. 1, p. 65, Feb. 1956.

SOLOW, R. M. Technical change and the aggregate production function. The Review of Economics and Statistics, New York, USA, v. 39, n. 3, p. 312, Aug. 1957.

VARELA, C. A. A. Análise multivariada aplicada as ciências agrárias: análise de componentes principais. Seropédica, RJ: Pós-Graduação em Agronomia Ciência do Solo: CPGA-CS, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2008.

VICINI, L.; SOUZA, A. M. Análise multivariada da teoria à prática. Monografia. Santa Maria, UFSM, CCNE, 2005. Disponível em: http://w3.ufsm.br/adriano/livro/Cadernodedaticomultivariada-LIVROFINAL1.pdf. Acesso em: 30 jul. 2018.
Publicado
2019-12-15
Como Citar
Filho, N. A., & e Azevedo, L. L. T. (2019). Segurança alimentar e nutricional na América do Sul e BRICS . Economia E Sociedade, 28(3), 717-739. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8658154
Seção
Artigos