Integração regional no Sul Global

Brasil, África do Sul e Índia

Autores

Palavras-chave:

Integração regional, Brasil, Índia, África do Sul, Globalização

Resumo

Este artigo discute a integração regional no Sul Global, a partir de uma análise comparada entre Brasil, África do Sul e Índia. Em particular, destacam-se os governos do Partido dos Trabalhadores (PT) entre 2003 e 2016, as administrações do Congresso Nacional Africano sob Thabo Mbeki (1999-2009) e do Congresso Nacional Indiano (INC) entre 2004 e 2014. Examinamos como projetos de internacionalização de setores capitalistas destes países se articularam a iniciativas de integração regional no seu entorno geográfico imediato, para indagar em que medida este movimento foi concebido pelos governos analisados, como parte de uma estratégia de projeção política. Procura-se identificar quais os principais setores econômicos interessados na integração regional, em que medida o Estado nacional dos respectivos países avançou uma estratégica coerente respaldando estes interesses, e se havia uma intencionalidade política acompanhando o apoio a estes negócios. A hipótese do artigo é que, embora os três governos tivessem objetivos de política regional comparáveis, visando consolidar uma posição de liderança política assentada na projeção econômica, a comparação salienta a singularidade da estratégia brasileira sob as gestões petistas, que resulta de considerações de natureza histórica, política e econômica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabio Luis Barbosa dos Santos, Universidade Federal de São Paulo

Professor do Curso de Relações Internacionais da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Osasco, SP, Brasil.

Referências

ADB. Asian Economic Integration Report. Manila: ADB, 2016.

BLOCH, Marc. História e historiadores. Lisboa: Teorema, 1998.

BOND, Patrick (Ed.). Fanon’s warning. A civil society reader on the New Partnership for Africa’s Development. 2. ed. Asmara: Africa World Press. 2005.

BOND, Patrick. O império norte-americano e o subimperialismo sul africano. In: PANITCH, Leo; LEYS, Colin. O império reloaded. Socialist Register 2005. Buenos Aires: CLACSO, 2006.

BOND; Patrick; GARCIA, Ana. BRICS: an anti-capitalistic critique. Johannesburg: Jacana, 2015.

BRAGA, Ruy; OLIVEIRA, Francisco; RIZEK, Cibele (Org.). Hegemonia às avessas. São Paulo: Boitempo, 2010.

CAMPOS, Pedro Henrique. As origens da internacionalização das empresas de engenharia brasileiras’. Em: FUNDAÇÃO ROSA LUXEMBURGO. Empresas transnacionais brasileiras na América Latina: um debate necessário. São Paulo: Expressão Popular, 2009.

DATTA, Sreesadha. India: the Bridge Linking South and Southeast Asia. In: YHOME, K.; CHATURVEDY, Rajeev. Disponível em: Disponível em: https://www2.deloitte.com/za/en/pages/energy-and-resources/articles/africa-construction-trends-report.html Acesso em: 27 out. 2018.

DELOITTE. South African construction trends. Report, 2015. Disponível em: Disponível em: https://www2.deloitte.com/za/en/pages/energy-and-resources/articles/africa-construction-trends-report.html Acesso em: 27 out. 2018.

DIXIT, Nishant. CLMV in India’s ‘Act East’ Policy. In: Asean Briefing. 13 mar. 2015. Disponível em: Disponível em: https://www.aseanbriefing.com/news/2015/03/13/cmlv-in-indias-act-east-policy.html Acesso em: 2 mar. 2018.

ESTADO DE SÃO PAULO. BNDES empresta 3915 mais em 5 anos e supera em 3,3 vezes o Banco Mundial. São Paulo, 10 mar. 2011. Disponível em: Disponível em: http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,bndes-empresta-391-mais-em-5-anos-e-supera-em-tres-vezes-o-banco-mundial-imp-,689817 Acesso em: 16 maio 2016.

FINE, Ben; RUSTOMJEE, Zavareh. The political economy of South Africa: from minerals-energy complex to industrialization. Boulder: Westview Press, 1996.

FOLHA DE SÃO PAULO. Brasil faz obras nos vizinhos temendo a China. Folha de São Paulo, São Paulo, Caderno Dinheiro, B6, 27 set. 2009.

GARCIA, Marco Aurelio. A opção sul-americana. Reflexões sobre a política externa (2003-2016). Org. Bruno Gaspar e Rose Spina. São Paulo: Perseu Abramo, 2018.

GARZÓN. L. F. N. A esfinge, o BNDES e as “campeãs” que nos devoram. Correio Cidadania, 3 maio 2013. Disponível em: Disponível em: http://www.correiocidadania.com.br/index.php?option= com_content&view=article&id=8329%3Amanchete030513&catid=34%3Amanchete& Acesso em: 8 ago. 2016.

KAZMIN, Amy. Maldives lashes out at calls for India military intervention. Financial Times, New Delhi, 14 fev. 2018. Disponível em: Disponível em: https://www.ft.com/content/332a5b1a-1155-11e8-8cb6-b9ccc4c4dbbb Acesso em: 24 mar. 2018.

MAIA, J., MONDI, L.; ROBERTS, S. Industrial Development and Industrial Finance in South Africa and Brazil: a comparative assessment. Trade and Uneven Development: Opportunities and Challenges. TIPS Annual Forum, 2005.

MARAIS, Hein. South Africa: limits to change. The political economy of transition. Cape Town: University of Cape Town, 2001.

MOHAMED, Seeraj. The state of South African economy. In: DANIEL; NAIDOO; PILAY; NEPAD-IPPF. Nepad infrastructure project preparation facility. Disponível em: Disponível em: https://www.afdb.org/en/topics-and-sectors/initiatives-partnerships/nepad-infrastructure-project-preparation-facility-nepad-ippf/ Acesso em: 27 dez. 2018.

NIELSEN, Alf. India’s trajectory of change (2004-2019). 2019. To be published.

OSSA. Office of the Special Advisor in Africa. Financing Africa’s infrastructure development. Policy Brief, 2015. Disponível em: Disponível em: http://www.un.org/en/africa/osaa/pdf/policybriefs/2015_financing_infrastructure.pdf Acesso em: 27 dez. 2018.

PANDE, Aparna. From Chanakya to Modi. The evolution of India’s foreign policy. Harper Collins: Noida, 2017.

PERE, Gareth le. The evolution of South Africa’s foreign policy. In: KHADIAGALA, Gilbert M.; NAIDOO, Prishani; PILLAY, Devan; SOUTHALL, Roger. New South African Review 5. Beyond Marikana. Johannesburg: Wits University Press, 2015, p. 249-267.

PIDA. 2017. Disponível em: Disponível em: https://www.afdb.org/en/topics-and-sectors/initiatives-partnerships/programme-for-infrastructure-development-in-africa-pida/ Acesso em: 27 dez. 2018.

PONS-VIGNON, Nicolas; SEGATTI, Aurelia. The art of neoliberalism: accumulation, institutional change and social order since the end of apartheid, Review of African Political Economy, v. 40, n. 138, p. 507-518, 2013. DOI: 10.1080/03056244.2013.859449.

ROBINSON, William I. The transnational state and the BRICS: a global capitalism perspective. Third World Quarterly, v. 36, n. 1, p. 1-21, 2015.

RUCKERT, A. The forgotten dimension of social reproduction: the World Bank and the poverty reduction strategy paradigm. Review of International Political Economy, v. 17, n. 5, p. 816-839, 2010.

SANTOS, Fabio Luis Barbosa dos. Neodesenvolvimento do subdesenvolvimento: o Brasil e a economia política da integração sul-americana sob o PT. In: SILVA FLORES, Consuelo; NOYOLA, Ariel; KAN, Julián (Coord.). América Latina: una integración regional fragmentada y sin rumbo. Clacso; Iade: Buenos Aires, 2018.

SANTOS, Fabio Luis Barbosa dos. Economia política da integração regional: uma comparação entre Brasil e Índia. Estudos Internacionais, v. 7, n. 1, p. 41-62, 2019.

SCHOLVIN, Soren; DRAPER, Peter. The gateway to Africa? Geography and South Africa’s role as an economic hinge joint between Africa and the world. South African Journal of International Affairs, v. 19, n. 3, p. 381-400, 2012.

SIF - Susteinable Infrastructure Foundation. Nepad launches 5 per cent Agenda initiative. Set. 2017. Disponível em: Disponível em: https://public.sif-source.org/mdbs-infra-news/nepad-launches-5-per-cent-agenda-initiative-bridging-africas-usd-68-billion-infrastructure-finance-gap/ Acesso em: 27 dez. 2017.

SOUTHALL. New South African Review 1. 2010: Development or decline? Johannesburg: Wits University Press , 2010, p. 39-64.

TAUTZ, Carlos; SISTON, Felipe; LOPES PINTO, João Roberto; BADIN. O BNDES e a reorganização do capitalismo brasileiro: um debate necessário. In: OS ANOS Lula contribuições para um balanço crítico: 2003-2010. Rio de Janeiro: Garamond, 2010,

TLEANE, Lekgantshi Console. South Africa’s “Radical Economic Transformation”. Sept. 2018.

VANAIK, Achin. The rise of Hindu authoritarianism. London: Verso, 2017.

VERGHESE, B. G. Reorienting India. The new geo-politics of Asia. New Delhi: Konark, 2001.

YAHYA, F. India and Southeast Asia: Revisited. Contemporary Southeast Asia. Journal of International and Strategic Affairs, v. 25, n. 1, p. 79-103, 2003. Project MUSE. Disponível em: http://muse.jhu.edu/article/387706

Downloads

Publicado

2021-07-22

Como Citar

SANTOS, F. L. B. dos. Integração regional no Sul Global: Brasil, África do Sul e Índia. Economia e Sociedade, Campinas, SP, v. 31, n. 2, p. 393–414, 2021. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8666458. Acesso em: 27 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos