Fonologia do Nhandewa-Guarani Paulista-Paranaense

Autores

  • Consuelo de Paiva Godinho Costa Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/liames.v3i1.1414

Palavras-chave:

Línguas guarani. Dialeto Nhandeva-guarani. Fonoloiga. Nasalização.

Resumo

O presente trabalho é um estudo sobre a fonologia da língua Nhandewa-Guarani, falada por comunidades indígenas do estado de São Paulo e norte do estado do Paraná. A introdução trata  revemente questões étnicas e históricas destas comunidades, as migrações religiosas e o percurso até a fixação nas áreas atuais. A segunda seção do texto traz o inventário dos fones vocálicos e  onsonantais encontrados na língua e uma discussão da análise do sistema fonológico da língua proposto. Nas seções 3 e 4 apresenta-se a proposta da sistematização da fonologia do Nhandewa-Guarani com base no funcionamento de cada segmento no sistema e nas  posições fundamentais da língua.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Consuelo de Paiva Godinho Costa, Universidade Estadual de Campinas

Pós-Graduação Linguística.

Referências

ANCHIETA, José de, Pe. (1990). Arte de Gramática da lingoa mais usada na costa do Brasil. Ed. Fac-similar à de 1595. São Paulo: Loyola.

CHOMSKY, Noam & HALLE, Morris. (1968). The sound pattern of English. N.Y.: Harper & Row.

CLASTRES, Hélène. (1978). Terra Sem Mal: o profetismo Tupi-Guarani. S.P.: Editora Brasiliense.

CLEMENTS, G.N. & HUME, Elisabeth V. (1995). The internal organization of speech sounds. In J. Goldsmith (org.). The Handbook of Phonological Theory, p. 245-306. Cambridge, Mass.: Blackwell.

COSTA, Consuelo de Paiva G. (2002). Nasalização em Nhandewa-Guarani. Atas do I Encontro Internacional do Grupo de Trabalho sobre Línguas Indígenas da ANPOLL, t. 1: 403-412. Belém: Editora Universitária UFPA.

COSTA, Consuelo de Paiva G. (2003). Nhandewa aywu. Dissertação de Mestrado em Lingüística. Campinas, S.P.: IEL-UNICAMP.

D’ANGELIS, Wilmar da Rocha. (1998). Traços de modo e modos de traçar geometrias: línguas Macro-Jê & Teoria fonológica. Tese de Doutorado em Lingüística. Campinas, SP: IEL–UNICAMP.

EDELWEISS, Frederico G. (1947). Tupis e Guaranís – Estudos e Etnonímia e Lingüística. Salvador: Publicações do Museu da Bahia.

EDELWEISS, Frederico G. (1958). O Caráter da Segunda Conjugação Tupi e o Desenvolvimento Histórico do Predicado Nominal nos Dialetos Tupi-Guaranis. Salvador: Universidade da Bahia.

EDELWEISS, Frederico G. (1969). Estudos Tupis e Tupi-Guaranis. RJ: Livraria Brasiliana Editora.

GREGORES, E. & J. SUÁREZ. (1967). A description of colloquial Guaraní. The Hague: Mouton.

GUASCH, P. Antonio, S.I. (1981). Diccionario Castellano-Guaraní y Guaraní-Castellano. 5 a edição. Assunción: Loyola.

KIPARSKY, P. (1985). Some consequences of Lexical Phonology. Phonology Yearbook 2: 85-138.

LONG PENG (2000). Nasal harmony in three south American languages. IJAL 66 (1):76-97.

MELIÀ, Bartomeu. (1992). La Lengua Guarani del Paraguay. Historia, Sociedad y Literatura. Madrid: Editorial Mapfre.

MONTOYA, Antonio Ruiz de. (1993). Arte de la Lengua Guarani (1640) [fac-similar]. Introdução e notas: Bartomeu Melià. Transcrição atualizada: Antonio Caballos. Asunción: CEPAG.

NIMUENDAJU, Curt. (1987). As lendas de criação e destruição do mundo como fundamentos da religião dos Apapocúva-Guarani. Trad. Charlotte Emmerich & Eduardo B. Viveiros de Castro. Editora Hucitec/USP: São Paulo.

PIGGOTT, G.L. (1992). Variability in feature dependency: the case of nasality. Natural Language and Linguistic Theory, 10:33-77.

PIGGOTT, G.L. (1996). Implications of consonant nasalization for a Theory of Harmony. Canadian Journal of Linguistics 2: 141-74.

RODRIGUES, Aryon Dall’igna. (1945). Fonética Histórica Tupi-Guarani: Diferenças fonéticas entre o Tupi e o Guarani. Arquivos do Museu Paranaense IV. Curitiba.

RODRIGUES, Aryon Dall’igna. (1986). Línguas brasileiras. Para o conhecimento das línguas indígenas. São Paulo: Loyola.

RODRIGUES, Daniele M. Grannier. (1990). Fonologia do Guarani Antigo. Campinas: Editora da UNICAMP.

TRUBETZKOY, N.S. (1969 ) [1939]. Principles of Phonology. Translated by M. Baltaxe. Berkeley: University of California Press. Capítulos traduzidos por Wilmar da Rocha D’Angelis. Campinas: IEL – UNICAMP, 1996.

TRUBETZKOY, N.S. (1981). [1933]. A Fonologia Atual. In: M. Dascal (org.) Fundamentos Metodológicos da Lingüística. Vol. 2: 15-35. Campinas: Edição do autor.

Downloads

Publicado

2012-03-15

Como Citar

COSTA, C. de P. G. Fonologia do Nhandewa-Guarani Paulista-Paranaense. LIAMES: Línguas Indígenas Americanas, Campinas, SP, v. 3, n. 1, p. 75–97, 2012. DOI: 10.20396/liames.v3i1.1414. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/liames/article/view/1414. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos