O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word e também em formato PDF.
  • URLs e o registro DOI para as referências que foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço duplo; usa uma fonte de 12-pontos; as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

1. São aceitas contribuições em português, espanhol, inglês, e eventualmente em francês e italiano.

2. Os artigos deverão ser enviados obrigatoriamente em arquivos formato MS WORD e também em formato PDF, página A-4, em no máximo de 30 laudas, espaço dois, Times New Roman, corpo 12.

3. Nas transcrições fonéticas devem ser usados os símbolos do Alfabeto Fonético Internacional (IPA), de preferência as fontes: ARIAL UNICODE MS, LUCIDA SANS UNICODE, DOULOS SIL UNICODE, CHARIS SIL UNICODE, GENTIUM UNICODE. As páginas devem ser numeradas.

Para as glosas e traduções dos exemplos, os autores deverão orientar-se pelas convenções de glosamento interlinear morfema-por-morfema do Leipzig Glossing Rules, disponível em: www.eva.mpg.de/lingua/resources/glossing-rules.php

Recorra também ao uso de SMALL CAPS (versalete) para as abreviações de categorias nas glosas interlineares.

 

4. Resenhas de livros sobre línguas ameríndias, recentemente publicados, de, no máximo 15 laudas, devem seguir as mesmas normas dos artigos.

5. Os dados de identificação do(s) autor(es) não deverão constar no artigo submetido à LIAMES, respeitando-se o sistema "Double blind peer review". O(s) nome(s) do(s) autor(es), por extenso, filiação acadêmica e endereço postal eletrônico deverão ser inseridos na seção SUBMISSÕES ONLINE - CADASTRO DE USUÁRIOS.

6. Notas. As notas devem ser digitadas em pé de página, numeradas a partir de 1. Se houver nota no título do artigo ou no nome do autor esta será indicada em asterisco (*). As notas não deverão ser usadas para referências bibliográficas, elas devem ser inseridas no corpo do trabalho, segundo o exemplo: Como afirma Rodrigues (1986: 77) .....; referências após citação .... (Seki 2000: 206; Mihas 2014), no caso de paráfrases (cf. Comrie 1989: 129).

7. Abstract/Resumo: após o título do trabalho e datilografados em itálico, precedidos da palavra ABSTRACT ou RESUMO entre 150 a 250 palavras, digitado em espaço um, fonte New Times Roman, tamanho 11. O Abstract deverá ser escrito em inglês e o resumo em português, em ambos os casos deverão constar, no máximo, cinco PALAVRAS-CHAVE/KEYWORDS, separadas por ponto e vírgula (;).

8. As referências bibliográficas, contendo apenas as obras citadas no texto, devem estar em conformidade com o que segue:

a) Digitar Referências duas linhas abaixo do final do texto,

b) Duas linhas abaixo, iniciar, em ordem alfabética, as referências. Entre uma referência e outra, usar espaçamento 1,5. O sobrenome e nome do autor, grafados em maiúsculas apenas as letras iniciais; no caso de vários trabalhos do mesmo autor, repetir os dados desse autor nas referências subsequentes.

c) Não substitua os nomes pelas letras iniciais, exceto se a pessoa citada usar normalmente seus iniciais, por exemplo, Givón, T. (1995); (Dixon, R. M. W. 2011). O formato das referências deve seguir os exemplos citados, a continuação:

 

Livros

Seki, Lucy (2000). Gramática do Kamaiurá: Língua tupi-guarani do Alto Xingu. Campinas, SP: Editora da UNICAMP.

D’Angelis, Wilmar; Veiga, Juracilda (orgs.) (1997). Leitura e escrita em escolas indígenas. Campinas, SP: ALB, Mercado de Letras.

Zúñiga, Fernando (2006). Deixis and alignment: Inverse systems in indigenous languages of the Americas. (Typological Studies in Language 70). Amsterdam: John Benjamins.

Capítulo de livros

Crevels, Mily (2007). La jerarquia de indexicalidad y voz em itonama. In Andrés Romero-Figueroa; Ana Fernández Garay; Angel Corbera Mori (eds.). Lenguas indígenas de América del sur, pp. 201-217. Caracas, Venezuela: Universidad Católica Andrés Bello.

Artigo em periódicos

Queixalós, Francisco; Dos Anjos, Zoraide (2006). A língua katukina – kanamari. LIAMES. Línguas Indígenas Americanas 6: 29-59.

Seifart, Frank; Echeverri, Juan Alvaro (2015). Proto Bora-Muinane. LIAMES. Línguas Indígenas Americanas 15(2): 279-311.

Dissertação e teses

Viola, Eduardo Vidal (2015). Pronomes pessoais e marcadores de pessoas nas línguas ameríndias. (Dissertação de mestrado em Linguística). Campinas: Universidade Estadual de Campinas.

Pacheco, Frantomé Bezerra (2001). Morfossintaxe do verbo Ikpeng (Karib). (Tese de doutorado em Linguística). Campinas: Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem.

Documentos eletrônicos: As referências são seguidas pela palavra Disponível em (http://www.xxxx). Acesso em (xx/xx/xxxx.)

 

Fabre, Alain (2005). Diccionario etnolingüístico y guía bibliográfica de los pueblos indígenas sudamericanos. Disponível em (xxxxxxxxxx) (Acesso 25/03/2010.)

Anais

Rodrigues, Aryon D. (1986). Silêncio, pausa e nasalização. Anais do 8º Encontro Nacional de Linguística, pp.153-158. Rio de Janeiro: Pontifícia Universidade Católica.

Para informações adicionais consultar o Manual de publicação da APA (www.apastyle.org); opcionalmente podem-se consultar também as normas da ABNT (NBR- 6023/2002).

Artigos

Política padrão de seção

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.