Descrição de nomes contáveis e massivos em Parkatêjê

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/liames.v21i00.8661475

Palavras-chave:

Nomes contáveis, Nomes massivos, Numerais, Quantificadores, Plural, Língua Parkatejê

Resumo

Neste trabalho apresentamos a distribuição de nomes contáveis e massivos em Parkatêjê. Analisamos a distribuição de marcação de número, numerais e quantificadores em construções com nomes contáveis e massivos. Com base em dados de entrevistas em comunidades Parkatêjê, mostramos que podemos distinguir nomes contáveis de nomes massivos com base na distribuição de numerais e quantificadores. Embora os numerais possam ser combinados diretamente aos numerais, os nomes massivos requerem uma unidade de contagem/medida nessas construções. Nossa descrição da distribuição de quantificadores mostrou que alguns quantificadores podem ser combinados com todos os nomes; outros são usados especificamente com nomes contáveis e outros são usados apenas com nomes massivos. A distribuição do morfema plural é restrita aos nomes humanos. Desta forma, a distribuição do plural não é um aspecto da língua que pode ser usado para distinguir nomes contáveis de nomes massivos. Por fim, com base na proposta de Chierchia de 2010, concluímos que Parkatêjê apresenta características tanto de línguas de número marcado como de línguas de número neutro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ingryd Moraes de Moraes Lira, Universidade Federal do Pará

Mestre em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal do Pará (UFPA). 

Marília de Nazaré de Oliveira Ferreira, Universidade Federal do Pará

Doutora em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas e La Trobe University. Professora Titular do Instituto de Letras e Comunicação (ILC), vinculada à Faculdade de Letras e ao Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da Universidade Federal do Pará (UFPA). 

Referências

Araújo, Leopoldina Maria Souza de (1977). Estruturas subjacentes de alguns tipos de frases declarativas afirmativas do dialeto Gavião Jê (Dissertação de mestrado em linguística). Florianópolis: Departamento de Língua e Literatura Vernácula, Universidade Federal de Santa Catarina.

Araújo, Leopoldina Maria Souza de (1989). Aspectos da língua Gavião-Jê (Tese de Doutorado em Linguística). Rio de Janeiro: Faculdade de Letras, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Araújo, Leopoldina Maria Souza de (2016). Dicionário Parkatêjê-Português. Belém: Edição da Autora.

Chierchia, Gennaro (2010). Mass nouns, vagueness and semantic variation. Synthese 174(1): 99-149. https://doi.org/10.1007/s11229-009-9686-6

Cruse, Alan (2011). Meaning in language: An introduction to semantics and pragmatics. 3rd. edn. United Kingdon: Oxford University Press.

Ferrari-Neto, José (2008). Aquisição de número gramatical no português brasileiro: Processamento de informação de interface e concordância (Tese de doutorado). Rio de Janeiro: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Ferreira, Marília de Nazaré de Oliveira (2003). Estudo morfossintático da língua Parkatêjê (Tese de doutorado em linguística). São Paulo: Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/270362

Lima, Suzi (2014). The grammar of individuation and counting (Ph.D. dissertation). Amherst: University of Massachusetts. Available in: https://scholarworks.umass.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=1051&context=dissertations_2

Lima, Suzi; Rothstein, Susan (2020). A typology of the mass/count distinction in Brazil and its relevance for mass/count theories. Linguistic Variation 20(2): 174-218. https://doi.org/10.1075/lv.00015.lim

Rothstein, Susan; Lima, Suzi (2018). Quantity evaluations in Yudja: Judgements, language and cultural practice. Synthese, 1-23. Available in: https://link.springer.com/article/10.1007/s11229-018-02016-5

Paraguassu-Martins, Nize; Müller, Ana (2007). A distinção contável-massivo e a expressão de número no sistema nominal. DELTA: Documentação de Estudos em Linguística Teórica e Aplicada 23(SPE): 65-83. Didponível em: https://www.scielo.br/pdf/delta/v23nspe/v23nspea06.pdf

Rodrigues, Aryon Dall’Igna (1986). Línguas brasileiras: Para o conhecimento das línguas indígenas. São Paulo: Loyola.

Downloads

Publicado

2021-06-08

Como Citar

Lira, I. M. de M., & Ferreira, M. de N. de O. (2021). Descrição de nomes contáveis e massivos em Parkatêjê. LIAMES: Línguas Indígenas Americanas, 21(00), e021008. https://doi.org/10.20396/liames.v21i00.8661475

Edição

Seção

Dossiê Estudos sobre a distinção massivo-contável