Banner Portal
O discurso terminografico na viagem filosofica (1783-1792) de Alexandre Rodrigues Ferreira
PDF

Palavras-chave

Terminogragia
Ideias científicas
História

Como Citar

BARROS , Lídia. O discurso terminografico na viagem filosofica (1783-1792) de Alexandre Rodrigues Ferreira . Línguas e Instrumentos Linguísticos, Campinas, SP, v. 6, n. 12, p. 35–63, 2003. DOI: 10.20396/lil.v12i12.8661033. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8661033. Acesso em: 23 maio. 2024.

Resumo

Neste trabalho, discutiremos a presença de um discurso terminografico em relatos de viajantes produzidos no periodo colonial brasileiro. Mais especificamente, procuramos mostrar como essa questão se apresenta na obra de Alexandre Rodrigues Ferreira. Viagem filosófica, escrita entre 1783 e 1792. Procuraremos situar a obra e seu autor na história das ideias cientificas.

https://doi.org/10.20396/lil.v12i12.8661033
PDF

Referências

CABRE, M.T. (1999). Lá terminologia: representation y comunicacion. Barcelona: IULA.

CARREIRA, L. " Mezinha na cangalha do viajante: as botinas do nauralista Dr. Alexandre Rodrigues Ferreira ( fim do século XVIII)". In: Encontro Regional de história - Parana: historia e historiografia, 8, Curitiba, 25-28 de julho de 2002. Disponível em: http://uepg.anpuh/8encontro/.hum. Acesso em: 20 de agosto de 2003.

FERREIRA, A. R. (1972) Viagem filosófica pelas capitanias do Gão Pará, Rio negro, Mato Grosso e Cuiabá. Memorias (zoologia e botânica). Rio de Janeiro: Conselho Federal de Cultura.

GALERA, A. Filosofia de un viaje: Alexandre Rodrigues Ferreira explora la Amazônia. Disponível em www.triplov.com/atalaia/galera.html Acesso em: 20 de agosto de 2003.

INSTITUTO PAU BRASIL. Alexandre Rodrigues Ferreira. Dispomivel em: http://institutopaubrasil.org.br/quemsomos/alexandre.htm Acesso em: 20 de agosto de 2003.

NEIVA, A. (1922) Esboço histórico sobre a botânica e zoologia no Brasil de Gabriel Soares de Souza (1587) a 07 de setembro de 1922. São Paulo: O estado de São Paulo. (Numero comemorativo do Centenário da Independência)

NUNES, J.H. (1996) Discurso e instrumento linguistico no Brasil: dos relatos de viajantes aos primeiros dicionários. Tese defendida na Universidade Estadual de Campinas - Unicamp.

NUNES, J.H.. (2002) " Dicionarização no Brasil: condições e processos". In: NUNES, José horta, PETTER, Margarida. Historia do saber lexical e constituição de um lexico brasileiro. São Paulo: Humanistas/ Pontes, p.99-122.

ORGANISATION INTERNATIONALE DE NORMALISATION. (1990) Terminologie - Vocabulaire. Genebra. ISO, (Norme inernationale ISO 1087, 1990).

SILVA, J. P. "Pressupostos metodológicos para uma edição critica da obra de Alexandre Rodrigues Ferreira ". Disponível em: www.filologia.org.br/pereira/texto/pressupostos.htm. Acesso em: 20 de agosto 2003.

VERDELHO, Telmo. (2002) "Dicionarios portugueses, breve história". In: NUNES, José Horta, PETTER, Margarida. Historia do saber lexical e constituição de um lexico brasileiro. São Paulo: Humanitas/Pontes, p. 15-64.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2003 Línguas e Instrumentos Línguísticos

Downloads

Não há dados estatísticos.