Banner Portal
Notas sobre o “Vocabulario Orthographico da Lingua Portugueza, precedido das regras concernentes ás principaes dificuldades orthographicas da nossa língua”, de Said Ali
PDF

Palavras-chave

Vocabulários ortográficos
Said Ali
Disciplinarização
História das ideias linguísticas

Como Citar

PFEIFFER, Claudia Regina Castellanos; COSTA, Thaís de Araujo da; MEDEIROS, Vanise Gomes de. Notas sobre o “Vocabulario Orthographico da Lingua Portugueza, precedido das regras concernentes ás principaes dificuldades orthographicas da nossa língua”, de Said Ali. Línguas e Instrumentos Linguísticos, Campinas, SP, v. 25, n. 49, p. 297–333, 2022. DOI: 10.20396/lil.v25i49.8669189. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8669189. Acesso em: 18 maio. 2024.

Resumo

Lançando nosso olhar sobre o “Vocabulario Orthographico da Lingua Portugueza, precedido das regras concernentes ás principaes difficuldades orthographicas da nossa língua”, de Said Ali, publicado em 1905, observamos o fato discursivo em torno da ausência de referência a essa obra nos estudos que se dedicam à história do conhecimento linguístico-gramatical. Importa-nos refletir sobre essa ausência ao lado de um nome de autor – Said Ali – que faz parte das periodizações, mas a partir de um rol de publicações do qual o Vocabulário não é significado como pertencente. Como pesquisadoras inscritas na História das Ideias Linguísticas, filiadas à Análise de Discurso Materialista, nos movimentamos em torno da compreensão do que interdita a disciplinarização do Vocabulário em nossa história. Nesse percurso, que se abre para novas investidas, demos a ver algumas tensões, equivocidades e contradições em diferentes ordens que se entrelaçam, se enredam, se tecem no fio do discurso inscrito no Vocabulário.

https://doi.org/10.20396/lil.v25i49.8669189
PDF

Referências

ALI, M. S. Questões orthographicas. Revista Brazileira, 4º ano, tomo XIII, p. 148-162, jan-mar/1898.

ALI, M. S. Vocabulario Orthographico da Lingua Portugueza, precedido das regras concernentes ás principaes difficuldades orthographicas da nossa língua. RJ: Laemmert & comp., 1905.

ALI, M. S. Difficuldades da Lingua Portugueza: estudos e observações. Rio de Janeiro: Laemmert, 1908.

AUROUX, S. A revolução tecnológica da gramatização. Trad. Eni P. Orlandi. 2ª. ed. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2009 (1992).

AUROUX, S. La raison, le langage et les normes. Paris : PUF, 1998.

AUTHIER-REVUZ, J. Algumas considerações sobre modalização autonímica e discurso outro. Letras Hoje, Porto Alegre, vol. 34, n. 2, p.7-30, 1999.

AZEREDO, J. C. de. Escrevendo pela nova ortografia: como usar as regras do novo acordo ortográfico da língua portuguesa. 3ª ed. RJ: Publifolha, 2009.

BLANCHE-BENVENISTE, C.; CHERVEL, A. L’orthographe. Paris: François Maspero, 1969.

COSTA, T. de A. da. Dizeres sobre Said Ali. Porto Das Letras, 6(5), 173-199, 2020.

COSTA, T. de A. da. Grammatica historica da lingua portugueza de Said Ali cem anos depois: considerações acerca do movimento de (res)significação de uma obra. Línguas e Instrumentos Linguísticos, Campinas, SP, v. 24, n. 48, p. 61–109, 2021.

CAVALIERE, R. Uma proposta de periodização dos estudos lingüísticos no Brasil. In: Alfa, São Paulo, 45: 49-69, 2001, pp. 49-69.

COLLINOT, A.; MAZIÈRE, F. Un prêt à parler : le dictionnaire. Paris: Puf, 1997.

DE MAURO, T. (Org.). Les notes et commentaires de Tulio de Mauro (1967). In: SAUSSURE, Ferdinand. Cours de Linguistique Générale. Édition critique préparée par Tulio de Mauro. Paris: Payot, 2005, pages I à XVIII et 319 à 495.

ELIA, S. (1963). Os estudos filológicos no Brasil. In: Ensaios de filologia e linguística. 2ª ed. refundida e aumentada. Rio de Janeiro, Grifo; Brasília, INL, 1975, pp. 117-176.

FREITAS, Ronaldo. Instrumentação linguística em rede: análise discursiva de dicionários online. Tese UFF 2020.

GUIMARÃES, E. (1996) “Panorama e periodização” e “Acontecimentos institucionais e estudos do português”. In: História da semântica: sujeito, sentido e gramática no Brasil. Campinas, SP: Pontes, 2004, pp. 23-26; 27-52.

HAMPEJS, Z. Filólogos brasileiros. In: Boletín de filología, publicación del Instituto de filología de la Universidad de Chile. TOM O XIII, 1961, pp. 165-234.

HENRIQUES, C. C. Atas da Academia Brasileira de Letras, presidência Machado de Assis (1896-1908). Rio de Janeiro: ABL, 2001.

HENRIQUES, C. C. A nova ortografia: o que muda com o novo acordo. RJ: EdUERJ, 2015.

MACIEL, M. Grammatica Descriptiva da Língua Portugueza (1887). 5ª ED. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves, 1914.

MARIANI, Bethania; SOUZA, T. C. C. Reformas Ortográficas Ou Acordos Políticos?. In: ORLANDI, Eni.; GUIMARÃES, Eduardo (Orgs.). Língua e Cidadania: o português do Brasil. 1 ed. Campinas: Pontes, 1996.

NASCENTES, A. (1939) A Filologia Portuguesa no Brasil. In: NETO, R. B. (Org.). Estudos filológicos. Volume Dedicado à memória de Antenor Nascentes. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Letras, 2003, pp. 186-204.

ORLANDI, E. Língua brasileira e outras histórias: discurso sobre a língua e ensino no Brasil. Campinas: Editora RG, 2009.

ORLANDI, E. Discurso e texto. 9ª ed. SP: Cortez, 2012.

ORLANDI, E.; GUIMARÃES, E. Formação do espaço de produção linguística: A gramática no Brasil. In: ORLANDI, E. (Org.) História das Ideias Linguísticas: construção do saber metalinguístico e constituição da língua nacional. Cárceres, MT: Unemat Editora; Campinas, SP: Pontes, 2001, p. 21-37.

RIBEIRO, João. Grammatica Portugueza. 3ª ed. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves, 1889.

RIBEIRO, Júlio. Grammatica Portugueza. São Paulo: Typ. De Jorge Seckler, 1881.

RIBEIRO, Júlio. Grammatica Portugueza. 20ª ed. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves, 1923.

SAUSSURE, F. (1916) Curso de Linguística Geral. Tradução Antônio Chelini, José Paulo Paes e Izidoro Blikstein. 3ª edição. São Paulo: Editora Cultrix, 1970.

VIANNA, G. A. R.; ABREU, G. de V. Bases da ortografia portuguesa. Lisboa: Imprensa Nacional, 1885.

VIARO, M. E. Quem foi M. Said Ali? In: ALI, M. S. Gramática Histórica da Língua Portuguesa. 8ª ed. rev. e amp. por Mário Eduardo Viaro. SP: Companhia Melhoramentos; Brasília, DF: Editora da UNB, 2001, p. 8-10.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Línguas e Instrumentos Linguísticos

Downloads

Não há dados estatísticos.