Banner Portal
Uma capital nordestina inscrita no sertão
PDF

Palavras-chave

Condições de produção
Língua
Imagem
Nordeste
Cidade de Teresina

Como Citar

VIEIRA, José Mágno de Sousa. Uma capital nordestina inscrita no sertão: as condições de produção de um discurso sobre a imagem de Teresina. Línguas e Instrumentos Linguísticos, Campinas, SP, v. 25, n. 50, p. 201–221, 2022. DOI: 10.20396/lil.v25i50.8670790. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8670790. Acesso em: 25 jun. 2024.

Resumo

Este trabalho tenciona as formações imaginárias do funcionamento dos sentidos de Nordeste. Questiona, pela língua, a história da uniformidade na identificação do nordeste brasileiro enquanto lugar de nordestinos, sujeitos indistintos que compartilhariam as mesmas cultura e história a serem reverberadas pela mesma materialidade significante. Para tanto, propõe-se uma vereda interpretativa atravessando três pontos, a saber: o processo de colonização do Piauí a partir do sertão frente ao dos demais estados nordestinos que o fizeram arranhando o litoral; a peculiar posição geográfica de Teresina, única capital do nordeste fora do litoral e seu vínculo com os rios Poti e Parnaíba; a imagem de cidade de Teresina atada a duas das pontes sobre os citados rios.

https://doi.org/10.20396/lil.v25i50.8670790
PDF

Referências

ALBUQUERQUE JÚNIOR, Durval Muniz. Nordestino: invenção do falo. Uma história do gênero masculino (1910-1940). São Paulo, SP: Intermeios, 2013.

FAÇANHA, Antônio Cardoso. A evolução urbana de Teresina; passado, presente e... Carata CEPRO, Teresina, v.22, n.1, p.59-69), jan./jun. 2003.

INDURSKY, Freda. Retomando de Pêcheux a Foucault: uma leitura em contraponto. In: INDURSKY, Freda; FERREIRA, Maria Cristina Leandro (org.). Michel Pêcheux e a análise do discurso: uma relação de nunca acabar. São Carlos, SP: Claraluz, 2005.

MOTTA, Ana Luiza Artiaga R. da (2003). O sujeito no discurso ecológico sobre a pesca na cidade de Cáceres Estado de Mato Grosso. Dissertação. Mestrado em Linguística. Campinas: Universidade Estadual de Campinas.

NUNES, Odilon. Pesquisa para a história do Piauí. Volume 1. Teresina: FUNDAP; Fund. Monsenhor Chaves, 2007.

ORLANDI, Eni. Cidade dos sentidos. Campinas, SP: Pontes, 2004.

ORLANDI, Eni. Interpretação; autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996.

ORLANDI, Eni. N/O Limiar da Cidade. RUA, UNICAMP – NUDECRI. Campinas, SP, 1999. Rua. Campinas, SP, n. 5 https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rua/article/view/8640678 acesso em: 12 de dez. 2021.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. Campinas, SP: Pontes, 2008.

PÊCHEUX, Michel. Papel da memória. In.: ACHARD, Pierre (org.). Papel da memória. Campinas, SP: Pontes, 2015.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Campinas, SP: Editora Unicamp, 2014a.

VIEIRA, José Mágno de Sousa (2022). Cidade entre rios, cidade inter pontes: o discurso sobre as formações imaginárias de Teresina. Tese. Doutorado em Linguística. Cáceres: Universidade do Estado de Mato Grosso.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Línguas e Instrumentos Línguísticos

Downloads

Não há dados estatísticos.