Banner Portal
Ifigênia e o Campo de Visão: poesia visionária
PDF

Palavras-chave

Tragédia. Improvisação. Campo de visão.

Como Citar

GONÇALVES, Michelle; LAZZARATTO, Marcelo. Ifigênia e o Campo de Visão: poesia visionária. Pitágoras 500, Campinas, SP, v. 3, n. 1, p. 39–53, 2013. DOI: 10.20396/pita.v3i1.8634734. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/pit500/article/view/8634734. Acesso em: 25 abr. 2024.

Resumo

O presente artigo analisa a peça Ifigênia, da Cia. Elevador de Teatro Panorâmico. O espetáculo tem dramaturgia de Cássio Pires, a partir de Ifigênia em Áulis, de Eurípides. A direção é de Marcelo Lazzaratto, também criador do procedimento fundamental de construção do trabalho: o sistema improvisacional Campo de Visão, eixo principal desta análise.

https://doi.org/10.20396/pita.v3i1.8634734
PDF

Referências

BROOK, Peter. O teatro e seu espaço. São Paulo, Vozes, 1970.

CORVIN, Michel. Dictionnaire encyclopédique du théâtre. Québec, Larousse, 1998.

FOUCAULT, Michel. Le corps utopique. Les hétérotopies. Paris, Nouvelles Editions Lignes, 2009.

EURÍPIDES. Ifigênia em Áulis, As Fenícias, As Bacantes. Tradução: Mario da Gama Kury. Rio de Janeiro, Zahar, 2005.

JUNG, Carl Gustav. O espírito na arte e na ciência. São Paulo, Vozes, 1996.

LAZZARATTO, Marcelo. Campo de Visão: exercício e linguagem cênica. São Paulo, Escola Superior de Artes Célia Helena, 2011.

LAZZARATTO, Marcelo. Ifigênia: o mar e suas ondas. In: Ifigênia: programa do espetáculo. São Paulo, SESCSP, 2012.

PIRES, Cássio. Ifigênia. In: Sobe? Ano II, n. 2. São Paulo, 2012a.

PIRES, Cássio. Os autores de Ifigênia e os corpos coletivos. In: Ifigênia: programa do espetáculo. São Paulo, SESCSP, 2012b.

TOSCANO, Antônio Rogério. Agreste: uma dramaturgia desejante. In: Sala Preta. n. 4. São Paulo, ECA/USP, 2004.

A revista Pitágoras 500 utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.