O espaço vazio em Sonho de uma Noite de Verão (1970)

uma celebração circense

  • Sergio Ricardo Lessa Ortiz Centro Universitário Belas Artes de São Paulo
Palavras-chave: Cenografia, Peter Brook, Sonho de uma Noite de Verão.

Resumo

Este artigo aborda questões sobre o processo de concepção dos cenários e trajes de cena para o espetáculo Sonho de uma Noite de Verão, de William Shakespeare, sob direção de Peter Brook. Apresenta de forma breve os princípios que conduziram a concepção do espetáculo teatral e consequentemente os desenhos e propostas dos elementos cênicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sergio Ricardo Lessa Ortiz, Centro Universitário Belas Artes de São Paulo

Mestre em Artes Cênicas e bacharel em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. Professor do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo.

Referências

BONFITTO, Matteo. A cinética do invisível: processos de atuação no teatro de Peter Brook. São Paulo: Perspectiva, 2009.

BROOK, Peter. O espaço vazio. Lisboa: Orfeu Negro, 2008.

BROOK, Peter. Fios do tempo: memórias. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

BROOK, Peter. Peter Brook's production of William Shakespeare's A Midsummer Night's Dream For the Royal Shakespeare Company. Chicago: Dramatic Publishing Company, 1974.

CROYDEN, Margaret. Conversations with Peter Brook: 1970-2000. London: Faber and Faber, 2003.

ORTIZ, Sergio. R. L. Entrevista com Sally Jacobs - figurinista. Separata de VIANA, Fausto. MOURA, Carolina B. De. Dos bastidores eu vejo o mundo [recurso eletrônico]: cenografia, figurino, maquiagem e mais, p. 113 - 143. São Paulo: EACH/USP, 2017.

TREWIN, J. C. Peter Brook: a biography. London: Macdonald & Co. Ltd., 1971.

Publicado
2019-05-27
Como Citar
Ortiz, S. R. L. (2019). O espaço vazio em Sonho de uma Noite de Verão (1970). Pitágoras 500, 9(1), 24-35. https://doi.org/10.20396/pita.v9i1.8655499
Seção
Seção Temática