Vestígios de uma ausência: Uma arqueologia da repressão

Autores

  • Beatriz Valladão Thiesen Universidade Federal do Rio Grande
  • Célia Maria Pereira Universidade Federal do Rio Grande
  • Eduarda Rippel Universidade Federal do Rio Grande
  • Gabriel Rodrigues Vespasiano Universidade Federal do Rio Grande
  • Ingrend Guimarães Cornaquini Universidade Federal do Rio Grande
  • Júlio Toledo Universidade Federal do Rio Grande
  • Mariana Fernandez Universidade Federal do Rio Grande

DOI:

https://doi.org/10.20396/rap.v8i2.8635659

Palavras-chave:

Ditadura militar. Cultura material. Arqueologia da repressão

Resumo

Relatamos aqui uma experiência de Arqueologia Pública realizada com o tema dos desaparecidos da Ditadura Militar brasileira. O trabalho objetivou atingir as subjetividades e provocar um sentido de pertencimento. Para tanto, utilizando os caminhos da memória e dos afetos, empregando a cultura material e o abandono do texto escrito. Pela utilização de um simulacro, propusemos fazer uma tradução dos desaparecimentos ocorridos durante o período da ditadura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Valladão Thiesen, Universidade Federal do Rio Grande

Doutora em História, com ênfase em Arqueologia, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2005), mestre em História, com ênfase em Arqueologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1999) e especialista em Antropologia, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1996). Possui graduação em História - Licenciatura, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1982). Atualmente é é professora associada da Universidade Federal do Rio Grande no curso de Bacharelado em Arqueologia, onde coordena o Liber Studium - Laboratório de Arqueologia do Capitalismo.

Célia Maria Pereira, Universidade Federal do Rio Grande

Arte Educadora e Bacharelanda do Curso de Bacharelado em Arqueologia da Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Eduarda Rippel, Universidade Federal do Rio Grande

Bacharelando do Curso de Bacharelado em Arqueologia da Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Gabriel Rodrigues Vespasiano, Universidade Federal do Rio Grande

Bacharelando do Curso de Bacharelado em Arqueologia da Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Ingrend Guimarães Cornaquini, Universidade Federal do Rio Grande

Bacharelando do Curso de Bacharelado em Arqueologia da Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Júlio Toledo, Universidade Federal do Rio Grande

Bacharelando do Curso de Bacharelado em Arqueologia da Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Mariana Fernandez, Universidade Federal do Rio Grande

Bacharelando do Curso de Bacharelado em Arqueologia da Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Referências

BAUDRILLARD, Jean. Simulacros e Simulação. Lisboa, Relógio d’Água Editores Ltda, 1991.

CONNERTON, Paul. How Modernity Forgets. Cambridge, Cambridge University Press, 2009.

LITTLE, Barbara J.; SHACKEL, Paul A. Archaeology, Heritage, and Civic Engagement: Working Toward the Public Good. WalnutCreek, Left Coast Press, 2014.

GLOSSÁRIO + Regras do Jogo. Material Educativo da 29a Bienal de São Paulo. São Paulo, Bienal, 2010.

McGUIRE, Randall H. Archæology as Political Action. Berkeley and Los Angeles, University of California Press, 2008.

MENESES, Ulpiano B. A. “História, Cativa Da Memória? Para um Mapeamento da Memória no Campo das Ciências Social”. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, São Paulo, no 34, p. 11, 1992.

POTTER Jr., Parker B. Public Archaeology in Annapolis: A Critical Approach to History in Maryland’s Ancient City. Washington, Smithsonian Institution Press, 1994.

RUIBAL, Alfredo G. “Time to destroy. An archaeology of supermodernity”. Current Anthropology, no 49(2), p. 247-279, 2008.

SILVA, Veruska A. S. da. “Memória e Afetividade: A Importância das Emoções nas Trajetórias Sociais”. OPSIS Dossiê História e Sensibilidade Universidade Federal de Goiás/Campus Catalão, v. 8, n. 11, p. 59-76, 2008.

Downloads

Publicado

2015-06-01

Como Citar

THIESEN, B. V.; PEREIRA, C. M.; RIPPEL, E.; VESPASIANO, G. R.; CORNAQUINI, I. G.; TOLEDO, J.; FERNANDEZ, M. Vestígios de uma ausência: Uma arqueologia da repressão. Revista Arqueologia Pública, Campinas, SP, v. 8, n. 2[10], p. 232–250, 2015. DOI: 10.20396/rap.v8i2.8635659. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8635659. Acesso em: 20 out. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)