Pergunte ao pó: Considerações sobre o início da preservação arqueológica em São Nicolau/RS

Autores

  • Tobias Vilhena de Moraes Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

DOI:

https://doi.org/10.20396/rap.v9i1.8639475

Palavras-chave:

Arqueologia histórica. Preservação arqueológica. Patrimônio Cultural. Ruínas de São Nicolau. Missões Jesuítico-guaranis

Resumo

Este artigo tratará de uma reflexão sobre a consolidação do conceito de Preservação Arqueológica nas Missões Jesuítico-Guaranis, localizadas no sul do Brasil. A análise concentrar-se-á, particularmente, no período final dos anos 1970, quando foi executado o trabalho de escavação no sítio arqueológico de São Nicolau no estado do Rio Grande do Sul. Este artigo faz parte do projeto de Pós-Doutorado que venho desenvolvendo no Laboratório de Arqueologia Paulo Duarte (LAP/UNICAMP) financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tobias Vilhena de Moraes, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Pós-doutorando LAP/UNICAMP/FAPESP e Arqueólogo IPHAN-RS.

Referências

BARCELOS, A. H. F. Espaço e arqueologia nas missões jesuíticas: o caso de São João Batista. Porto Alegre: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (EDIPUCRS), 2000. v. 600.

CUSTÓDIO, L. A. B. Missões, uma história de 300 anos. Porto Alegre: Iphan/ 12ªCR/Comissão Missões, 1987.

CUSTÓDIO, L. A. B. A redução de São Miguel Arcanjo: contribuição ao estudo da tipologia urbanamissioneira. 2002. 199f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2002.

CUSTÓDIO, L. A. B. Missões jesuíticas: arquitetura e urbanismo. Cadernos de História, n.21. Disponível em: http://www.memorial.rs.gov.br/projetos-cadernos.htm. Acesso em: 5 jan. 2009.

CUSTÓDIO, L. A. B. South American Historical Archaeology. In: Historical Archeology in Latin America. Columbia: TheUniversityof South Carolina, 1994.

GONÇALVES, J. R. S. A retóricada perda: os discursos do patrimônio cultural no Brasil. Rio de Janeiro: UFRJ/MinC-Iphan, 2002.

GONÇALVES, J. R.; GUIMARÃES, R.; BITAR, N. P. (Eds.). A alma das coisas. Patrimônios, materialidade e ressonância. Rio de Janeiro: Maud/FAPERJ, 2013.

KERN, A. A. O futuro do passado. Os arqueólogosdo novo milênio. Trabalhos de Antropologiae Etnologia (Sociedade Portuguesa de Antropologia e Etnologia), Porto, Portugal, v. 42, n. 1-2, p. 115-136, 2002.

KERN, A. A. (Org.). A arqueologia e o Sítio-Escola Internacional do curso de pós-graduação em História da PUCRS. Veritas, v. 39, n. 154, p. 199-209, 1994.

KERN, A. A.. A carta internacional da ArqueologiaI COMOS. PortoAlegre:SAB, 1995.

KERN, A. A.. Arqueologia Histórica Missioneira. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1998.

LA SALVIA, F. Evidenciação, interpretação e ambientação dos remanescentes das antigas missões jesuíticas no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Secretaria de Cultura, Desporto e Turismo, 1982.

LA SALVIA, F. São Lourenço Mártir: algumas idéias para uma pesquisa arqueológica. Revista Ciências e Letras da Faculdade Porto-Alegrense de Educação Ciências e Letras, Porto Alegre, n. 3, p. 67-75, ago. 1983a.

LA SALVIA, F. A Arqueologia nasMissões e uma perspectiva futura. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE ESTUDOS MISSIONEIROS, 5.,1983,Santa Rosa. Anais... Santa Rosa: Faculdade de Filosofia,Ciências e Letras Dom Bosco, Centro de Estudos Missioneiros, 1983b.

LA SALVIA, F. LIMA, T. A. Arqueologia histórica no Brasil: balanço bibliográfico (1960-1991). Anais do Museu Paulista, 1993.

LA SALVIA, F. A proteção do patrimônio arqueológico no Brasil: omissões, conflitos, resistências. Revista de Arqueologia Americana, México, v. 20, p. 53-79, 2001.

LA SALVIA, F. Os marcos teóricos da Arqueologia Histórica: possibilidades e limites. Revista Estudos Ibero-Americanos, Porto Alegre, v.XXVIII, n. 2, p. 7-23, 2002.

LA SALVIA, F. Teoria arqueológica em descompasso no Brasil: o caso da Arqueologia Darwiniana. Revista de Arqueologia, Belém, v.19, p. 125-141, 2006.

MAYERHOFER, L. Reconstituição do Povo de São Miguel das Missões. Tese de Concurso. Rio de Janeiro: UFRJ, 1947.

STELLO, V. F. Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo: avaliação conceitual das intervenções 1925-1927 e 1938-1940. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.

Downloads

Publicado

2015-08-05

Como Citar

MORAES, T. V. de. Pergunte ao pó: Considerações sobre o início da preservação arqueológica em São Nicolau/RS. Revista Arqueologia Pública, Campinas, SP, v. 9, n. 1[11], p. 107–120, 2015. DOI: 10.20396/rap.v9i1.8639475. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8639475. Acesso em: 26 jan. 2022.