Banner Portal
Memória, identidade e patrimônio arqueológico: um estudo sobre as lembranças dos velhos da Vila do Catimbau, Buíque-PE
PDF

Palavras-chave

Memória. Velhos. Patrimônio Arqueológico

Como Citar

MELLO, Sabrina Alves; CASTRO, Viviane Maria Cavalcanti de. Memória, identidade e patrimônio arqueológico: um estudo sobre as lembranças dos velhos da Vila do Catimbau, Buíque-PE. Revista Arqueologia Pública, Campinas, SP, v. 10, n. 3[17], p. 37–54, 2016. DOI: 10.20396/rap.v10i3.8640928. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8640928. Acesso em: 21 jun. 2024.

Resumo

A vila do Catimbau está localizada no município de Buíque, microrregião do Vale do Ipanema, Pernambuco, Brasil. Parte do território deste município integra o Parque Nacional do Catimbau (PNC), criado em 2002, por abrigar características biológicas, geológicas e, principalmente, arqueológicas singulares. Este artigo apresenta o estudo realizado com os moradores mais velhos da vila do Catimbau e sua relação com o patrimônio arqueológico do PNC. Por meio da história oral pretendeu-se compreender como os idosos se relacionam com os sítios arqueológicos. Os resultados indicam que não existe uma relação identitária com o patrimônio arqueológico, mas com eventos cotidianos e relacionados com as atividades de trabalho que conduziam esses moradores aos espaços dos sítios arqueológicos.

https://doi.org/10.20396/rap.v10i3.8640928
PDF

Referências

AMARAL, Marília. Os sítios rupestres em Buíque, Venturosa e Pedra (PE) no contexto da geopaisagem. 2007. 187f. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Programa de Pós-graduação em Arqueologia - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.

BARBOSA, Ricardo. As pinturas rupestres da área arqueológica do Vale do Catimbau – Buíque, Pernambuco: Estudo das Fronteiras gráficas de passagem. 2007. 206f. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Programa de Pós-Graduação em Arqueologia - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 4 ed. Lisboa: Edições 70, 2006.

BOADO, Felipe Criado. Construcción social del espacio y reconstrucción arqueológica del paisaje. In: Boletín de Antropología Americana, n.24, p.5-29, 1991.

BOSI, Ecléa. Memória e sociedade, lembranças dos velhos. 3 ed. São Paulo: Companhia das letras, 1994.

BUSTAMANTE, Ana Maria. Memória e Identidade Local em Icapuí, Ceará. 2005. 287f. Tese (Doutorado em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social) - Instituto de Psicologia - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2005.

CASTRO, Viviane Cavalcanti de. O uso do conceito de Identidade na Arqueologia. Clio, Série Arqueológica, v.1, n. 23, p. 170, 2008.

CAVALCANTI, Carmen Lúcia Lins. As Minas de Salitre em Campos de Buique: um caso de utilização do trabalho indígena na Capitania de Pernambuco (1698-1706). Dissertação (Mestrado, Departamento de História) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 1999.

FERNANDES, Tatiane. Vamos criar um sentimento? Um olhar sobre Arqueologia Pública no Brasil. 2005. 117f. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) Museu de Arqueologia e Etnologia – MAE - USP, São Paulo, 2007.

FUNARI, Pedro. Public archaeology from a Latin American perspective. In: Public Archaeology. American Anthropological Association, Boston, 2001.

GEERTZ, Clifford. A Interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

GILI, María. La Historia Oral y la memoria Colectiva como Herramientas para el Registro del Pasado. In: Las sociedades de los paisajes áridos y semiáridos del centro-oeste argentino: Rio Cuarto, 2009.

HALBWACHS, Maurice. A Memória Coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. 4 ed., Campinas: Editora Unicamp, 1996.

MARCONI, Marina. LAKATOS, Eva. Técnicas de Pesquisa. 3 ed., São Paulo: Atlas, 1996.

MARTIN, Gabriela. As Pinturas Rupestres do Sítio Alcobaça, Buíque-PE, no Contexto da Tradição Agreste. Clio, Série Arqueológica, n.18, p. 18-26, 2005.

OLIVEIRA, Vítor. Arqueologia, Património e Cultura. 2 ed., Lisboa: Instituto Piaget, 2007.

OLIVEIRA, Ana. O sítio arqueológico Alcobaça: Buíque, Pernambuco. Estudo das Estruturas Arqueológicas. 2001. 186f. Tese (Doutorado em História), Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2001.

O SÍTIO ALCOBAÇA: Sítio Referência no Vale do Catimbau. Buíque – PE: Clio, Série Arqueológica, v. 1, n.21, p. 13-18, 2006.

POLLAK, Michael. Memória e Identidade Social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 5, n. 10, Out/Nov. 1992.

PORTELLI, Alessandro. Tentando aprender um pouquinho: algumas reflexões sobre a ética na História Oral. In: Revista do programa de estudos pós-graduados em História e do departamento de História da PUC-SP. São Paulo, n. 22, 2001.

PROENÇA, André. Ocupações Pré-coloniais no Parque Nacional do Catimbau: Proposta Interpretativa às Paisagens Arqueológicas. 2013. 289f. (Tese de Doutorado em Geografia, Programa de Pós Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2013.

SOUSA, Bertone de Oliveira. A memória como elemento da construção de uma identidade cultural. Anais do I congresso Nacional e II Regional de História da UFG, Jataí, 2008.

TODOROV, Tzvetan. Los abusos de la memória. Barcelona: Paidós, 2000.

TUAN, Yi-Fu. Espaço e lugar: a perspectiva da experiência. 3 ed., São Paulo: Eduel, 1983.

Revista Arqueologia Pública utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.