Banner Portal
A estrutura da ação social no estudo de grupos humanos pré-coloniais do Parque Nacional Serra da Capivara - PI: Um estudo de caso
PDF

Palavras-chave

Arte rupestre. Parque Nacional Serra da Capivara. Talcott Parsons

Como Citar

JUSTAMAND, Michel; OLIVEIRA, Gabriel Frechiani de. A estrutura da ação social no estudo de grupos humanos pré-coloniais do Parque Nacional Serra da Capivara - PI: Um estudo de caso. Revista Arqueologia Pública, Campinas, SP, v. 9, n. 2[12], p. 30–41, 2016. DOI: 10.20396/rap.v9i2.8642866. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8642866. Acesso em: 14 abr. 2024.

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo estudar os grupos humanos pré-coloniais do Parque Nacional Serra da Capivara, a partir da perspectiva do sociólogo norte-americano Talcott Parsons, partindo da concepção da sua obra sobre a estrutura da ação social. Dentro desse contexto, será utilizada uma abordagem sociológica para o entendimento da dinâmica social desses grupos humanos que viveram por milhares de anos na região do Parque Nacional Serra da Capivara, produzindo uma diversidade de registros e vestígios arqueológicos como ferramentas de rochas lascadas e polidas, cerâmica, pintura e gravuras rupestres.

https://doi.org/10.20396/rap.v9i2.8642866
PDF

Referências

ALVES, M. A. Teorias, Métodos, Técnicas e Avanços na Arqueologia Brasileira. In: Revista Canindé, Xingo, no 2, 2002.

ASÓN, Irma e; MARTIN; Gabriela. Manifestações religiosas na Pré-História Brasileira.In: História das religiões no Brasil. Org. Sylva Brandão: prefácio de Armando Souto Maior. Recife: Ed. Universitária, p.19-38, 2001

ARON, Raymond. As etapas do pensamento sociológico. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

BAHN, P.; REFREW, C. Arqueologia - Teorias, Métodos y Practica. Madrid: Akal, 1993.

BINFORD, L. R. Em busca do pasado: a decodificação do registo arqueológico. Trad. João Zilhão. Lisboa: Publicações Europa-América Ltda, 1991.

CUCHE, Denys. A noção de cultura nas Ciencias Sociais. Trad. Viviane Ribeiro. Bauru: EDUSC, 2002.

DAVID, N.; KRAMER, C. Ethnoarchaeology in Action. Cambridge, Cambridge UniversityPress, 2001.

DURKHEIM, Émile. As formas elementares da vida religiosa: o sistema totêmico na Austrália/Émile Durkheim; tradução de Paulo Neves – São Paulo: Martins Fontes, 1996.

FELICE, Gisele D. Sitio Toca do Boqueirão da Pedra Furada, Piauí – Brasil: estudo comparativo das estratigrafias extra sitio. 2000. 121 f. Dissertação (Mestrado em História). Universidade Federal do Pernambuco, Pernambuco.

GAMBLE, C. Arqueologia básica. Barcelona: A&M GRAFIC, 2002.

GASPAR, M.D. A arte rupestre no Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

GUIDON, N.; BUCO, C. A..“O estado da arte”: as pesquisas arqueológicas e o desenvolvimento regional do Parque Nacional Serra da Capivara.In: PELEGRINI, S.;PINHEIRO, A. P. Tempo, Memória e Patrimônio Cultural. Teresina: EDUFPI, 2010.

JOHNSON, M. Teoría arqueológica: una introducción. Barcelona: Editorial Ariel. 2000.

JUSTAMAND, M. O Brasil desconhecido: as pinturas rupestres de São Raimundo Nonato – Piauí. Rio de Janeiro: Achiamé, 2010.

JUSTAMAND, M. As pinturas rupestres do Brasil: memória e identidade ancestral. Revista Memorare, Tubarão, v. 1, n. 2, p. 118-141, jan-abr. 2014.

KLUCKHOHN, Cylde. Antropologia: um espelho para o homem. Belo Horizonte: Editora Itatiaia, 1972.

KUPER, Adam. Cultura: a visão dos antropólogos. Bauru: EDUSC, 2002.

LEROI-GOHRAN, Andre. As religiões da Pré-história. Lisboa: Edições 70, 1982.

LEROI-GOUHRAN, A. Os caçadores da pré-história. Lisboa: Edições 70, 2001.

MARTIN, G. A Pré-história do Nordeste. Pernambuco: Editora UFPE: 2008.

MOBERG, Carl-Axel. Introdução à Arqueologia. Lisboa: Edições 70, 1968.

OLIVEIRA, Claudia A. Os Ceramistas Pré-históricos do Sudeste do Piauí. In: FUMDHAMENTOS. São Raimundo Nonato - PI, no 3, p.147-162, 2003.

PARSONS, Talcott. A estrutura da ação social: um estudo de Teoria Social com especial referência a um grupo de autores europeus recentes. Vol. I: Marshall, Pareto, Durkheim/TalcottParsons; tradução de Vera Josecelyne; revisão técnica e da tradução de Raquel Weiss: Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

PARSONS, Talcott. A estrutura da ação social: um estudo de Teoria Social com especial referência a um grupo de autores europeus recentes. Vol. II: Marshall, Pareto, Durkheim/TalcottParsons; tradução de Vera Josecelyne; revisão técnica e da tradução de Raquel Weiss: Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

REIS, J.A. Arqueologia dos buracos de brugre: uma pré-história do planalto meridional. Caxias do Sil: EDUSC, 2002.

REIS, J.A. “Não pensa muito que doí”: um palimpserto sobre teoria na arqueologia. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010.

TRIGGER, Bruce. História do Pensamento Arqueológico. São Paulo: Odysseus Editora, 2004.

WEBER, Max. Textos selecionados; traduções de Mauricio Tragtenberg; revisão de Cássio Gomes (Parl)

Revista Arqueologia Pública utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.