Banner Portal
Materiais Plásticos e Arqueologia:
PDF

Palavras-chave

Arqueologia Histórica
Materiais Plásticos
Registro Arqueológico
Datação
Terreiro da Gomeia.

Como Citar

PEREIRA, R. Materiais Plásticos e Arqueologia:: um novo campo de estudos para o conhecimento do passado. Revista Arqueologia Pública, Campinas, SP, v. 12, n. 2[21], p. 3–30, 2018. DOI: 10.20396/rap.v12i2.8652564. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8652564. Acesso em: 25 mar. 2023.

Resumo

Com o advento do século XXI e a consolidação do uso dos materiais plásticos na cultura material humana, como a arqueologia pode se utilizar destes como fonte de conhecimento sobre o passado? Seja pela sua versatilidade de uso, de suas cores e variabilidade de formas, os plásticos já configuram dentro do registro arqueológico em sítios datados do século XX e assim colocam-se como uma das novas possibilidades de interpretação sobre grupos pretéritos. Objetivamos, a partir de um estudo de caso, descrever formas de utilização deste tipo de material na Arqueologia Histórica brasileira. Assim, analisaremos alguns materiais plásticos recuperados nas escavações arqueológicas em um terreiro de candomblé localizado em Duque de Caxias (RJ) e como eles foram utilizados como meio de datação e percepção de práticas culturais ali desenvolvidas.

https://doi.org/10.20396/rap.v12i2.8652564
PDF

Referências

ALVARENGA NETO, Waldemar. O princípio da Gomeia. Revista Pilares da História, Duque de Caxias, v. VIII, n. 9, p. 55-62, 2009.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DO PLÁSTICO. Perfil 2012. Indústria brasileira de transformação de material plástico. São Paulo: ABIPLAST, 2012.

ASSOCIAÇÃO DOS MEMBROS DOS TRIBUNAIS DE CONTA DO BRASIL (ATRICON). Conselheiro do TCE-MT, Luiz Henrique Lima, explica os principais motivos para desaprovar as contas da Secretaria de Saúde. 17 de dezembro de 2012. Disponível em:< http://www.atricon.org.br/imprensa/noticias/conselheiro-do-tce-mt-luiz-henrique-lima-explica-os-principais-motivos-para-desaprovar-as-contas-da-%E2%80%A61/5#>. Acesso em 2 de abril de 2018.

AVELAR, Lúcia. As eleições na era da televisão. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 32, n. 4, p. 42-57, Set./Out. de 1992,

BRASIL. ________. Instrução Normativa nº 107. Resolução nº 22.261, de 29 de junho de 2006. Dispõe sobre a propaganda eleitoral e as condutas vedadas aos agentes públicos em campanha eleitoral. Brasília: Tribunal Superior Eleitoral, 2006. Disponível em:< http://www.tse.jus.br/hotsites/catalogo-publicacoes/pdf/instrucoes_eleitorais/instrucoes_tse.pdf>. Acesso em 2 de abril de 2018.

CAPONE, Stefania. Lê pur et lê degenere: lê candomblé de Rio de Janeiro ou lês oppositions revisités. Journal de la Société dês Americanistes, Paris, n. 82, 1996, pp. 259-292.

CHEVITARESE, André Leonardo; PEREIRA, Rodrigo. O desvelar do candomblé: a trajetória de Joãozinho da Gomeia como meio de afirmação dos cultos afro-brasileiros no Rio de Janeiro. Revista Brasileira de História das Religiões, Maringá, v. 9, n. 26, p.43-65, 2016.

COSSARD, Gisèle. Awó: o mistério dos orixás. 2. ed. Rio de Janeiro: Pallas, 2014.

CUNHA. Paulo Roberto Ferreira da. American way of life: representação e consumo de um estilo de vida modelar no cinema norte-americano dos anos de 1950. São Paulo: Escola Superior de Propaganda e Marketing, p. 249, 2017. (Tese de Doutorado em Comunicação e Práticas de Consumo. Programa de Pós-graduação em Comunicação e Práticas de Consumo) – Escola Superior de Propaganda e Marketing, São Paulo, 2017.

DEETZ, James. In small things forgotten: the archaeology of early american life. New York: Anchor Books, 1977.

DONATO, M. O mundo do plástico: o plástico na história, o plástico no mundo, o plástico no Brasil. São Paulo: Goyana, 1972.

EMPRESAS DO BRASIL. Auto Viação São Ricardo SA. Disponível em :< https://empresasdobrasil.com/empresa/auto-viacao-sao-ricardo-sa-33471228000119>. Acesso em 2 de abril de 2018.

EVERTON, Clive. The History of billiards and snooker. Haywards Heath,/UK: Transworld Publishers Inc, 1986.

FICHA DE ÔNIBUS. Disponível em: <http://fichadeonibus.blogspot.com.br/>. Acesso em 2 de abril de 2018.

FONTES, B.; LADEIRAS, F.; RAMALHO, M.; SANT'ANNA, T. Análise do mercado consumidor brasileiro de achocolatados baseada em pesquisa de campo e estratégias de marketing. Rio's International Journal on Sciences of Industrial and Systems Engineering and Management, Rio de Janeiro, v. 2, p. 1-29, 2008.

GAMA, Elizabeth Castelano. Mulato, homossexual e macumbeiro: que rei é este? Trajetória de Joãozinho da Gomeia (1941-1971). Duque de Caxias/RJ: APPH-CLIO, 2014 (Série Recôncavo da Guanabara, v. 2).

JORNAL DO BRASIL DE 22 DE SETEMBRO DE 1990.

JORNAL ÚLTIMA HORA DE 28 DE ABRIL DE 1960.

KINZO, Maria D’Alva G.. A democratização brasileira: um balanço do processo político desde a transição. Revista São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 15, n. 4, p. 1-11, 2001.

LAVER, James. A roupa e a moda: uma história concisa. 10. reimp. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

MANTELA, Igor Pouchain. Transição regulatória no transporte por ônibus na cidade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2014.

MELLO, José André Villas Boas; ORRICO FILHO, Romulo Dante; Soares, Marcus Rosa. Ocupação do solo e transportes por bondes e trens na Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ): da viabilização urbana a crise do sistema. Revista Espaço & Geografia, Brasília, v. 19, n. 2, p. 323-345, 2016.

PALMER, Marilyn; NEAVERSON, Peter (Eds.). Industrial Archaeology. London: Routledge, 1998.

PEREIRA, Rodrigo. Memórias do Terreiro da Gomeia: entre a materialidade e a oralidade. Revista Religião & Sociedade, Rio de Janeiro, v. 37, n. 3, p. 101-123, set./dez. 2017.

________. Candomblé: história, cultura e materialidade. Rio de Janeiro: Autografia, 2018.

PEREIRA, Rodrigo; MOURÃO, Tadeu; CONDURU, Roberto; GASPAR, Anderson; RIBEIRO, Maíra. Inventário nacional de registro cultural do candomblé no Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Musas Projetos Culturais/IPHAN, 2012.

PIATTI, Tânia Maria; RODRIGUES, Reinaldo Augusto Ferreira. Plásticos: características, usos, produção e impactos ambientais. Maceió: EDUFAL, 2005.

PIVA, A.M.; WIEBECK, H. Reciclagem do plástico. São Paulo: Artliber, 2004.

ROCHA, Agenor Miranda. As nações Kêtu: ritos e crenças: os Candomblés antigos do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Mauad, 2000.

PROJETO CENTRO CULTURAL JOÃOZINHO DA GOMEIA. Disponível em: <http://ccjgomeia.blogspot.com.br/2010/11/luta-pela-gomeia-e-o-resgate-da_26.html>. Acesso em 20 de fevereiro de 2017.

RIÔNIBUS ANTIGO. A utilização das fichas. 23 de abril de 2014. Disponível em:< http://rionibusantigo.blogspot.com.br/2014/04/a-utilizacao-das-fichas.html>. Acesso em 2 de abril de 2018.

SCARLATO, Francisco Capuano. População e urbanização brasileira. In: ROSS, Jurandyr L. Sanches (Org.). Geografia do Brasil. 6. ed. 1 reimp. São Paulo: Editora USP, 2011.

SCHIFFER, M. B. Archaeological context and systemic context. American Antiquity, Washington, DC, v. 37, pp. 156-165, 1972.

SCHWARZ, L.B. Reciclagem de plásticos: aspectos técnicos, mercadológicos e de meio ambiente. Anais do 5º Congresso Brasileiro de Petroquímica, Rio de Janeiro, 1992, s/p.

SILVA, Lúcia. Entre laranja e gente: notas preliminaries sobre urbanização na Baixada Fluminense (1910/40). Anais do XVII Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional. São Paulo, 22 a 26 de maio de 2017, p. 1-18, 2017.

SOUZA, Rafael de Abreu e. Um lugar na caatinga: consumo, mobilidade, e paisagem no semiárido do Nordeste brasileiro. Campinas/SP: Universidade Estadual de Campinas, p. 346, 2017. (Tese de Doutorado. Programa de Pós-graduação em Ambiente e Sociedade) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Universidade estadual de Campinas, Campinas/SP, 2017.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO. Resultado de Eleições. Eleições de 1990. s/d. Disponível em:< http://www.tre-rj.jus.br/cemel/jsp/resultado_eleicoes.jsp>. Acesso em 2 de abril de 2018.

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL. Eleições anteriores. s/d. Disponível em:< http://www.tse.jus.br/eleitor-e-eleicoes/eleicoes/eleicoes-anteriores/eleicoes-anteriores>. Acesso em 2 de abril de 2018.

Revista Arqueologia Pública utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.