Banner Portal
A (re)utilização das garrafas de vidro do edifício histórico solar da beira em Belém-PA
PDF

Palavras-chave

Ver-o-Peso
Arqueologia histórica
Arqueologia urbana
Garrafas de vidro
Solar da beira

Como Citar

SEABRA, A. C. de S.; PINA, A. D. de V. A (re)utilização das garrafas de vidro do edifício histórico solar da beira em Belém-PA. Revista Arqueologia Pública, Campinas, SP, v. 18, n. 00, p. e023005, 2023. DOI: 10.20396/rap.v18i00.8673271. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8673271. Acesso em: 24 fev. 2024.

Resumo

A Arqueologia Histórica vem ganhando notoriedade com o crescimento de pesquisas relacionadas ao tema, abordagens interdisciplinares adicionam uma visão macro e analítica do contexto histórico. O objetivo deste artigo pauta-se em analisar a utilização e reutilização de garrafas de vidro históricas do século XIX e XX advindas de escavações provenientes do edifício Solar da Beira, localizado na cidade de Belém do Pará. Ressalta-se a necessidade de visibilizar e exaltar trabalhos arqueológicos históricos realizados na Amazônia, com o objetivo de difundir conhecimentos e contextos específicos do ambiente amazônico. O arcabouço teórico utilizado baseia-se em teorias da Arqueologia praticada em territórios urbanos aliados a análises sociais e culturais. As proposições inferem que, a partir de um cenário amazônico, o reuso de garrafas de vidro pode ser interpretado de acordo com contextos e significados regionais.

https://doi.org/10.20396/rap.v18i00.8673271
PDF

Referências

APPADURAI, Arjum. A vida social das coisas: as mercadorias sob uma perspectiva cultural. Niterói, RJ, Editora da Universidade Federal Fluminense, 2008.

Almanak Ilustrado de Bristol para o ano de 1919. Preparado para os E.E.U.U do Brasil - Edição sem referências bibliográficas.

COSTA, Diogo Menezes. Arqueologias Históricas: um panorama espacial e temporal. Vestígios - Revista Latino-Americana De Arqueologia Histórica, volume 4, número 2, p. 9–38, 2010.

COSTA, Diogo Menezes. Relatório Final da Campanha de Julho de 2014. Sítio Arqueológico Histórico Engenho do Murutucu. Belém, PA: UFPA, 2015.

COSTA, Antonia Eriane Silva. Alguns Aspectos na Belém de Belle Époque. Látex e Belle Époque: Um Casamento Perfeito. Produção Científica e Experiências Exitosas na Educação Brasileira. Atena Editora, p. 67-70, 2019.

COSTA, Diogo Menezes. Arqueologia histórica na região norte do Brasil. In: Arqueologia Histórica Brasileira. Ed by Luís Claudio P. Symanski e Marcos André Torres Sousa Belo Horizonte. Editora da UFMG, 2022.

FIKE, Richard. The bottle book. A comprehensive guide to historic, embossed medicine bottles. The Blackburns Press. Caldwell, 2006.

GORDENSTEIN, Samuel Lira. Do sobrado a terreiro: a construção de um candomblé na Salvador oitocentista. Tese. Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas. Universidade Federal da Bahia. Salvador. 2014.

HILL, Sarah. An examination of manufacture-deposition lag for glass bottles from late historic sites. In: DICKENS, R. Archaeology of urban America: the search for pattern and process. New York: Academic press, 1982.

INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL, Ver-o-Peso (PA). Disponível em: <http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/828#.Y_K2TXdKYT4>. Acesso em: 28 de jun. de 2023.

LEROI-GOURHAN, A. Evolution et technique I – L’ Homme et la matière. A. Michel, Paris, 1943.

LEROI-GOURHAN, A. Le geste et la parole I – Technique et language. A. Michel, Paris, 1964.

LIMA, Tânia Andrade. Humores e odores: ordem corporal e ordem social no Rio de Janeiro, século XIX. História, Ciências, Saúde, Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 46-98, 1996.

LIMA, Tania Andrade. Cultura material: a dimensão concreta das relações sociais. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, Belém, v. 6, n. 1. 2011.

MUNIZ, Tiago da Silva. Da Materialidade do Período da Borracha (1850-1920) aos Agentes do Deus Elástico Durante o Século XIX No Baixo Amazonas: Arqueologia e Emaranhamentos em um Presente Emergente. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal do Pará, 2022.

NUNES, Marcia Cristina Ribeiro Gonçalves. O Boulevard da República. Um boulevard-cais na Amazônia. Editora Appris, Curitiba, 2020.

PASSOS, Márcia Maria Barros dos; ALBINO, Rayane da Cruz; FEITOZA-SILVA, Michele. OLIVEIRA, Danilo Ribeiro de. A disseminação cultural das garrafadas no Brasil: um paralelo entre medicina popular e legislação sanitária. Saúde Debate, v. 42, n. 116, 2018. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/sdeb/a/frsCzjwQK7VZwpSC9dCMtqg/#>. Acesso em: 28 de jun. de 2023.

UNIVERSIDADE DE PURDUE. People and ships gathered at the harbor. Libraries and School of Information Studies, e-archives. Purdue University. Disponível em: <https://earchives.lib.purdue.edu/digital/collection/earhart/id/897>. Acesso em: 28 de jun. de 2023.

PINA, Amanda Daltro de Viveiros. Musealização de objetos arqueológicos: Estudo de caso sobre as louças do Sítio Engenho do Murutucu em Belém-PA. III Seminário Brasileiro de Museologia, p. 991-1010, 2017.

SEABRA, Amanda Carolina de Sousa. Relatório Final Projeto de Acompanhamento Arqueológico e Arqueologia Pública nas obras de reforma e restauro do Solar da Beira. Belém, 2020.

RÉPERTOIRE DU PATRIMOINE CULTUREL DU QUEBEC. Culture et communicatons Quebec, Fiche de l'élément, Fiole d'eau des Carmes. Disponível em: <https://www.patrimoine-culturel.gouv.qc.ca/detail.do?methode=consulter&id=198004&type=bien>. Acesso em: 28 de jun. de 2023.

SEABRA, Amanda Carolina de Sousa; COSTA, Victória Ester Tavares da. Dinâmicas de uma paisagem urbana em uma avenida histórica amazônica. Urbania - Revista latinoamericana de arqueología e historia de las ciudades, volume 10, 93-123, 2021.

SOLAR da Beira, no Ver-o-Peso, passará por obras após 19 anos sem reforma. G1 PA, 2019. Disponível em: <https://g1.globo.com/pa/para/noticia/2019/03/20/solar-da-beira-no-ver-o-peso-passara-por-obras-apos-19-anos-sem-reforma.ghtml>. Acesso em: 28 de jun. de 2023.

SYMANSKI, Luís Cláudio Pereira. Louças e auto-expressão em regiões centrais, adjacentes eperiféricas do Brasil. In: Arqueologia da Sociedade Moderna na América do Sul: Cultura Material, Discursos e Práticas, ed. by Andrés Zarankin e Maria Ximena Senatore. BuenosAires, ediciones del Tridente, 2002.

VELOSO, Ivone dos Santos; MOREIRA, Alex Santos. Belém do Grão-Pará: Signos da Ruína e da Decadência no Romance de Dalcídio Jurandir. Caletroscópio, volume 7, número 1, p. 24-37, 2019.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Revista Arqueologia Pública

Downloads

Não há dados estatísticos.