Timothy Sturgeon, Gary Gereffi, Andrew Guinn e Ezequiel Zylberberg - A indústria brasileira e as cadeias globais de valor: uma análise com base nas indústrias aeronáutica, de eletrônicos e de dispositivos médicos

  • Marília Bassetti Marcato Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Resenha

Resumo

A indústria brasileira e as cadeias globais de valor: uma análise com base nas indústrias aeronáutica, de eletrônicos e de dispositivos médicos, de autoria de Timothy Sturgeon, Gary Gereffi, Andrew Guinn e Ezequiel Zylberberg, é o produto de uma pesquisa encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), motivada pela reconfiguração da produção e comércio globais. A pesquisa tem como principal objetivo avaliar a integração do Brasil às cadeias globais de valor (CGV), bem como o papel desempenhado pelas instituições e as possibilidades no campo da política industrial. Tendo como base três estudos de caso – as indústrias aeroespacial, de dispositivos médicos e de eletrônicos –, o livro contribui com recomendações de políticas, estimulando o debate a respeito do papel das políticas industriais para promover setores-chave ao crescimento econômico. O principal argumento dos autores é de que o Brasil deve aumentar sua participação em CGV em áreas de especialização orientadas para exportação, considerando segmentos de alto valor agregado nos quais pode ser mundialmente competitivo. Para tanto, a política industrial cumpre papel fundamental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Bassetti Marcato, Universidade Estadual de Campinas
Doutoranda em Economia (IE/Unicamp).
Publicado
2016-08-28
Como Citar
Marcato, M. B. (2016). Timothy Sturgeon, Gary Gereffi, Andrew Guinn e Ezequiel Zylberberg - A indústria brasileira e as cadeias globais de valor: uma análise com base nas indústrias aeronáutica, de eletrônicos e de dispositivos médicos. Revista Brasileira De Inovação, 15(2), 397-399. https://doi.org/10.20396/rbi.v15i2.8649136
Seção
Resenha

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)