A formação do pensamento de Celso Furtado, o imperativo tecnológico e as metamorfoses do capitalismo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rbi.v19i0.8661242

Palavras-chave:

Celso Furtado, Progresso tecnológico, Dinâmica centro-periferia

Resumo

Este artigo apresenta um apanhado do conjunto da obra de Celso Furtado e rastreia as etapas e as influências mais importantes na formação de seu pensamento. No conjunto de sua obra, Celso Furtado atribui um papel central ao progresso tecnológico na sua interpretação da dinâmica do sistema capitalista, em especial na estruturação da divisão centro-periferia. Esse lugar central do progresso tecnológico é notável na avaliação que faz Celso Furtado da primeira estruturação do capitalismo global resultado das forças expansionistas do núcleo industrial inicial. Essa estrutura derivada da revolução industrial será transformada persistentemente, donde a formulação de uma visão das metamorfoses do capitalismo a partir desse olhar desde a periferia sobre a dinâmica do progresso tecnológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Antonio de Paula, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorado em História Econômica pela Universidade de São Paulo. Professor na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte (MG), Brasil.

Eduardo da Motta e Albuquerque, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorado em Economia da Indústria e da Tecnologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte (MG), Brasil.

Referências

BABY, J. As grandes divergências do mundo comunista. São Paulo: Senzala, [s.d.].

BORNHEIM G. Reflexões sobre o Meio Ambiente – Tecnologia e Política. In: STEIN, E.; BONI, L.A. de. (Org.). Dialética e Liberdade. Festschrift em Homenagem a Carlos Roberto Cirne Lima. Porto Alegre/Petrópolis: EUFRGS/Vozes, 1993.

BOSI, A. O Positivismo no Brasil: Uma Ideologia de Longa Duração. In: PERRONE-MOISÉS, L. (Org.). Do Positivismo à Desconstrução. Ideias Francesas na América. São Paulo, Edusp, 2004. p.17-47

D’AGUIAR, R.F. Essencial Celso Furtado. São Paulo: Penguin/Companhia das Letras, 2013.

FURTADO, C. Desenvolvimento e subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1961.

FURTADO, C. Subdesenvolvimento e estagnação na América Latina. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1966.

FURTADO, C. Um projeto para o Brasil. Rio de Janeiro: Saga, 1968.

FURTADO, C. Les États-Unis et le sous-développement de l’Amérique Latine. Paris: Calmann-Lévy, 1970.

FURTADO, C. Economic development of Latin America. 2. ed. Cambridge: Cambridge University Press, 1976.

FURTADO, C. Prefácio à Nova Economia Política. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1977.

FURTADO, C. Criatividade e dependência na civilização industrial. Rio de Janeiro: Paz & Terra, 1978.

FURTADO, C. Pequena introdução ao desenvolvimento: enfoque interdisciplinar. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1981.

FURTADO, C. Análise do “modelo” brasileiro. 8. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1986a.

FURTADO, C. Teoria e política do desenvolvimento econômico. 2. ed. São Paulo: Nova Cultural, 1986b.

FURTADO, C. Underdevelopment: to conform or to reform. In: MEIER, G. (Ed.). Pioneers of development. Second Series. Oxford: Oxford University/World Bank, 1987.

FURTADO, C. Formação econômica do Brasil. 23. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1989.

FURTADO, C. Brasil: a construção interrompida. São Paulo: Paz e Terra, 1992.

FURTADO, C. Entre inconformismo e reformismo. In: FURTADO, C. Obra Autobiográfica. Rio de Janeiro Paz e Terra, 1997. Tomo III. p. 9-40.

FURTADO, C. O Capitalismo Global. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998.

FURTADO, C. O Longo Amanhecer. Reflexões sobre a Formação do Brasil. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999.

FURTADO, C. Em Busca de Novo Modelo e Reflexões sobre a Crise Contemporânea. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002a.

FURTADO, C. Metamorfoses do Capitalismo. Rio de Janeiro: Discurso na Universidade Federal do Rio de Janeiro no recebimento do título de Doutor Honoris Causa. 2002b. Disponível em: http://www.redcelsofurtado.edu.mx. Acesso em: 15 set. 2011.

FURTADO, C. O Brasil do século XX: uma entrevista. In: IBGE. Estatísticas do século XX. Rio de Janeiro: IBGE, 2003a. p. 11-24.

FURTADO, C. Raízes do subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003b.

FURTADO, C. Celso Furtado. Essencial. São Paulo, Penguin/Companhia das Letras, 2013.

FURTADO, C. Obra Autobiográfica. Edição definitiva. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

FURTADO, C. Diários Intermitentes. 1937-2002. São Paulo, Companhia das Letras, 2019.

GERSCHENKRON, A. Economic backwardness in historical perspective. Cambridge: Harvard University, 1952.

LIST, F. (1841) Sistema nacional de economia política. São Paulo: Abril Cultural,1983 [1841].

WOOD, E.M. A Origem do Capitalismo. São Paulo, Boitempo Editorial, 2001.

Publicado

2020-10-19

Como Citar

PAULA, J. A. de; ALBUQUERQUE, E. da M. e . A formação do pensamento de Celso Furtado, o imperativo tecnológico e as metamorfoses do capitalismo. Revista Brasileira de Inovação, Campinas, SP, v. 19, p. e0200027, 2020. DOI: 10.20396/rbi.v19i0.8661242. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rbi/article/view/8661242. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Seção Especial: Centenário de Celso Furtado