Banner Portal
História, poesia; ritmo?
PDF

Palavras-chave

História. Poesia. Ritmo.

Como Citar

DEGUY, Michel. História, poesia; ritmo?. Remate de Males, Campinas, SP, v. 34, n. 1, p. 9–20, 2014. DOI: 10.20396/remate.v34i1.8635829. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8635829. Acesso em: 21 abr. 2024.

Resumo

"O que a poesia faz com "a História"? pergunta-se a revista Remate de Males, dando lugar a reflexões "acerca do modo como os diversos ritmos da história fazem irrupção na poesia, em especial na poesia moderna e contemporânea". O ritmo poético e os ritmos da História, sincrônicos ou diacrônicos, fazem sentido juntos? Estranha questão, cuja generalidade – que subsume ou articula duas "grandes coisas" sob a noção do ritmo – nos traz à memória o axioma programático de Arquíloco "gignôske oios ruthmos tous anthropous écheï"... como se o ritmo (e não qualquer um!) mantivesse "os homens"... juntos completamente: poeticamente, historicamente, historialmente. Começo dissociando ceticamente essas duas coisas."

https://doi.org/10.20396/remate.v34i1.8635829
PDF

Licença Creative Commons
O periódico Remate de Males utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.