Considerações sobre A República 3000, de Menotti del Picchia

Autores

  • Daniela Spinelli Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v32i2.8635892

Palavras-chave:

Menotti Del Picchia. Modernismo. Utopia. Ficção Científica.

Resumo

Publicada em 1930, pelo jornalista, político e escritor Menotti Del Picchia, A República 3000 é uma narrativa que extrapola os limites do gênero romanesco, ao relatar a descoberta de uma cidade super desenvolvida, no interior do sertão. Isolada do resto do mundo por uma vegetação inóspita e uma estranha barreira elétrica, a República 3000 é uma cidade, habitada por uma sociedade perfeita. Este presente ensaio tem por objetivo apontar algumas relações entre fantasia, utopia e ficção científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Spinelli, Universidade Federal de São Paulo

Pesquisadora colaboradora do departamento de Pós Graduação em História, da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp.

Referências

BERRIEL, Carlos Eduardo Ornelas. Tietê, Tejo, Sena. A obra de Paulo Prado. Campinas: Papirus, 2000.

BERRIEL, Carlos Eduardo Ornelas. Onze Vezes Utopia. Estudos Comparados. Campinas: Iel/UNICAMP, 2010.

BOSSI, Giovanni. Immaginario di Viaggio e Immaginario Utopico. Milano: Mimesis, 2003.

BRITO, Mário da Silva. “Uma Literatura Premonitória. Ângulo e Horizonte. São Paulo: Martins, 1969

CARNEIRO, André. Introdução ao estudo da “Science-Fiction”. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, 1967.

CARUSO, Roberto de Souza. Ficção Científica, Fantasia e Horror no Brasil. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

CASTRO, Ana Claudia Veiga de. A São Paulo de Menotti Del Picchia. São Paulo: Alameda, 2008.

CUNHA, Fausto. A Ficção Científica no Brasil. São Paulo: Summus, 1974.

DEL PICCHIA, Menotti. A Filha Inca. São Paulo: Martins, 1980.

DEL PICCHIA, Menotti. A Tormenta. São Paulo: Martins, 1958.

DEL PICCHIA, Menotti. A Longa Viagem. São Paulo: Martins, 1970.

DEL PICCHIA, Menotti. A Longa Viagem 2ª Etapa. São Paulo, Martins, 1972.

FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Edusp, 1995.

FIKER, Raul. Ficção Cientifica. Rio Grande do Sul: L&PM, 1985.

FREEDMAN, Cral. Critical Theory and Science Fiction. Hanover: Wesleyan Press, 2000.

GINWAY. M. Elizabeth. Ficção Científica Brasileira. São Paulo: Devir, 2005.

JAMESON. Fredric. Archaeologis of the Future. London: Verso, 2005.

MACHADO, Alcântara. Vida e Morte do Bandeirante. Belo Horizonte: Itatiaia, 1980

MIRANDOLA, Giovanni Pico della. Discurso sobre a dignidade do homem. Lisboa: Presença, 1982.

OTERO, Léo Godoy. Introdução a uma História da Ficção Científica. São Paulo: Lua Nova, 1987.

QUARTA, Cosimo. “Livelli del pensiero utopico: antropologia, storia, letteratura”. In: Morus – Utopia e Renascimento. Nº6. Campinas: Unicamp, 2009.

RACAULT, Jean-Michel. “Da idéia de perfeição como elemento definidor da utopia: as utopias clássicas e a natureza humana”. In: Morus – Utopia e Renascimento. Nº 6. Campinas: Unicamp, 2009.

REALE, Miguel. Menotti Del Picchia. Rio de Janeiro: AC&M, 1988.

ROBERTS, Adam. The History of Science Fiction. New York: Palgrave, 2007.

STOCKWELL, Peter. The Poetics of Science Fiction. Harlow: Pearson, 2000.

Downloads

Publicado

2012-12-19

Como Citar

SPINELLI, D. Considerações sobre A República 3000, de Menotti del Picchia. Remate de Males, Campinas, SP, v. 32, n. 2, p. 349–365, 2012. DOI: 10.20396/remate.v32i2.8635892. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8635892. Acesso em: 2 out. 2022.