Identidades imaginadas: uma autobiografia romântica nas cartas de Emily Dickinson

Autores

  • Luís André Nepomuceno Centro Universitário de Patos de Minas

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v31i1-2.8636227

Palavras-chave:

Ensaio e epistlografia. Romantismo Norte-Americano. Identidade literária.

Resumo

O artigo avalia a dimensão autobiográfica, bem como o papel da ficcionalização e da construção de um sujeito identitário, no epistolário de Emily Dickinson, especialmente a partir de referências externas, como os ensaios de Ralph Waldo Emerson e David Thoreau. Leitora de ambos, grandes expoentes do ensaísmo norte-americano do séc. XIX, Dickinson buscou traçar nas suas cartas a amigos e familiares uma espécie de personagem de si mesma, esboçando múltiplas identidades fragmentadas que, no todo, compunham contraditoriamente a configuração de um sujeito único, constituído de elementos advindos da estética romântica (a rebeldia anticlerical, as transgressões sociais, a prática da escrita sem regras, o ser enigmático e solitário), em especial aqueles já pensados pelo ensaísmo de Emerson e Thoreau. Tímida e conservadora na conduta de vida, Dickinson procurou exercer a arte do ensaio de forma inteiramente diversa, por meio de suas cartas, único veículo de comunicação com o mundo, já que em vida publicara apenas 10 de seus quase 1800 poemas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luís André Nepomuceno, Centro Universitário de Patos de Minas

Doutor em Teoria e História Literária pela Unicamp, com pós-doutorado na  mesma instituição. Professor de Literatura no Centro Universitário de Patos de Minas.

Referências

EBERWEIN, J. D. & MACKENZIE, C. Reading Emily Dickinson’s letters: critical essays. Amherst/ Boston: University of Massachusetts Press, 2009.

EMERSON, Ralph Waldo. Ensaios. Trad. Carlos Graieb e José M. Mariani de Macedo. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

EMERSON, Ralph Waldo. Ensaios. Trad. José Paulo Paes. São Paulo: Cultrix, 1966.

FRANKLIN, R.W. (ed.). The Poems of Emily Dickinson (variorum edition). Cambridge, MA: The Belknap Press/ London: Harvard University Press, 1998.

GOETHE, J. Wolfgang. Os sofrimentos do jovem Werther. Trad. Leonardo César Lack. São Paulo: Nova Alexandria, 1999.

JOHNSON, Thomas. Mistério e solidão: a vida e a obra de Emily Dickinson. Trad. Vera das Neves Pedroso. Rio de Janeiro: Lidador, 1965.

JOHNSON, Thomas (ed.). The letters of Emily Dickinson. Cambridge, MA./ London: The Belknap Press of Harvard University Press, 1960.

HABEGGER, Alfred. My wars are laid away in books: The life of Emily Dickinson. New York: The Modern Library, 2001.

HART, Ellen L. & SMITH, Martha Nell. Open me carefully: Emily Dickinson’s intimate letters to Susan Huntington Dickinson. Ashfield, MA: Paris Press, 1998.

KIRK, Connie Ann. Emily Dickinson: A Biography. West Port, Connecticut: Greenwood Press, 2004.

MARTIN, Wendy. “Emily Dickinson”, in: ELLIOTT, Emory (ed.). Columbia Literary History of the United States. New York: Columbia University Press, 1988.

PORTE, Joel & MORRIS, Sandra. The Cambridge Companion to Ralph Waldo Emerson. Cambridge: Cambridge University Press, 1999.

SEWAL, Richard. The life of Emily Dickinson. Cambridge, MA: Harvard University Press, 1997.

SMITH, Martha Nell & LOEFFELHOLZ, Mary (ed.). A companion to Emily Dickinson. Malden: Blackwell Publishing, 2008.

St. ARMAND, Barton Levi. Emily Dickinson and Her Culture: The Soul’s Societ. Cambridge: Cambridge University Press, 2009.

THOREAU, Henry David. Walden. Trad. Denise Bottmann. Porto Alegre: L&PM, 2010.

WOLFF, Cynthia G. “Emily Dickinson”, in: PARINI, Jay (ed.). The Columbia History of American Poetry. New York: Columbia University Press, 1993.

Downloads

Publicado

2012-08-20

Como Citar

NEPOMUCENO, L. A. Identidades imaginadas: uma autobiografia romântica nas cartas de Emily Dickinson. Remate de Males, Campinas, SP, v. 31, n. 1-2, p. 159–177, 2012. DOI: 10.20396/remate.v31i1-2.8636227. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8636227. Acesso em: 26 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)