Banner Portal
À semelhança do animal: mímesis e alteridade em Adorno
PDF

Palavras-chave

Teoria Literária. Crítica literária. Literatura.

Como Citar

ALVES JÚNIOR, Douglas Garcia. À semelhança do animal: mímesis e alteridade em Adorno. Remate de Males, Campinas, SP, v. 30, n. 1, p. 87–98, 2011. DOI: 10.20396/remate.v30i1.8636266. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8636266. Acesso em: 14 jul. 2024.

Resumo

O objeto deste artigo são os textos de Theodor W. Adorno que tematizam a semelhança animal (Tieränlichkeit) do homem. A hipótese fundamental que guiará o comentário dos textos é a de que a consciência da afinidade mimética entre animais e homens é a dimensão central que funda a possibilidade de uma concepção emancipatória de racionalidade. Nesse sentido, a dimensão mimética presente na constituição do anthropos é referida à co-participação das faculdades estéticas e práticas dos sujeitos, cujas estruturas dizem respeito à relação com a alteridade.

https://doi.org/10.20396/remate.v30i1.8636266
PDF

Referências

ADORNO, Theodor W. Beethoven: Philosophie der neuen Musik. In: Tiedeman, Rolf (ed.) Nachgelassene Schriften, Frankfurt: Suhrkamp, 1993.

ADORNO, Theodor W. Kulturkritik und Gesellschaft I/II: Veblens Angriff auf die Kultur. Gesammelte Schriften, 10.1. Frankfurt: Suhrkamp, 1969.

ADORNO, Theodor W. Kulturkritik und Gesellschaft I/II: Aufzeichnungen zu Kafka. Gesammelte Schriften, 10.1 Frankfurt: Suhrkamp, 1969.

ADORNO, Theodor W. Ästhetische Theorie. Gesammelte Schriften, 7 Frankfurt: Suhrkamp, 1970.

ADORNO, Theodor W. Minima Moralia: reflexões a partir da vida danificada. Tradução de Luiz Bicca. São Paulo: Editora ática, 1992.

ADORNO, Theodor W. Dialética Negativa. Tradução de Marco Antonio Casanova. Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

ADORNO, Theodor W. Prismas: crítica cultural e sociedade. Tradução de Jorge de Almeida e Augustin Wernet. São Paulo: ática, 1998.

ADORNO, Theodor W. Teoria Estética. Tradução de Artur Morão. Lisboa: Edições 70, 1993.

ADORNO, Theodor W.; HORKHEIMER, Max. Dialektik der Aufklärung: philosophische Fragmente. Frankfurt: Fischer, 1988.

ADORNO, Theodor W.; HORKHEIMER, Max.; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Tradução de Guido de Almeida. Rio de Janeiro: Zahar, 2006.

ALVES JÚNIOR, Douglas Garcia. Dialética da vertigem: Adorno e a filosofia moral. São Paulo: Escuta/ FUMEC, 2005.

BIRO, Andrew. Adorno and ecological politics. In: BURKE, Donald et al. Adorno and the need in thinking: new critical essays. Toronto: University of Toronto Press, 2007.

COETZEE, J. M. Elizabeth Costello. Tradução de José Rubens Siqueira. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

DERRIDA, Jacques. O animal que logo sou (a seguir). Tradução de Fábio Landa. São Paulo: Editora UNESP, 2002a.

DERRIDA, Jacques. Fichus: Discours de Francfort. Paris: Galilée, 2002b.

GAGNEBIN, Jeanne-Marie. Teologia e Messianismo no pensamento de W. Benjamin. Estudos avançados, São Paulo, v. 13, n. 37, Dez. 1999.

GERHARDT, Christina. The ethics of animals in Adorno and Kafka. New German Critique N. 97, Winter 2006.

KAFKA, Fraz. Um sonho. In: Um médico rural. Tradução de Modesto Carone. São Paulo: Editora Brasiliense, 1994.

KANT, Immanuel. Crítica da Razão Prática. Tradução de Artur Morão. Lisboa: Edições 70, 1994.

KANT, Immanuel. Fundamentação da Metafísica dos Costumes. Tradução de Paulo Quintela. Lisboa: Edições 70, 1995.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Conversas – 1948. Tradução de Fábio Landa e Eva Landa. São Paulo: Martins Fontes: 2004.

MAUSS, Marcel. As técnicas do corpo. In: Sociologia e antropologia. Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.

OMBROSI, Orietta. Le Miserere des bêtes: M. Horkheimer et Th W. Adorno face à l’animalité. Paris. Lignes, n. 28, Fev. 2009.

Licença Creative Commons
O periódico Remate de Males utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.