Banner Portal
Sangue fresco: tradução, metáfora e a dimensão estética da experiência analítica
PDF

Palavras-chave

Teoria Literária. Crítica literária. Literatura.

Como Citar

NICHOLSEN, Shierry Weber. Sangue fresco: tradução, metáfora e a dimensão estética da experiência analítica. Remate de Males, Campinas, SP, v. 30, n. 1, p. 99–121, 2011. DOI: 10.20396/remate.v30i1.8636267. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8636267. Acesso em: 24 jun. 2024.

Resumo

O presente artigo defende que uma concepção mais abrangente da tradução pode servir como veículo para se conceitualizar a dimensão estética do processo analítico, que funciona por meio das potências figurativas da língua e que gera o seu estar-viva. Tomando a definição expandida de Loewald da transferência e seus comentários sobre a forma com que a língua faz a ligação entre os processos primário e secundário como seu protótipo do processo de tradução, o artigo tenta oferecer um sangue fresco à la Loewald para nossa compreensão da escuta e interpretação analítica como tradução; para tanto, baseia-a na obra de dois autores extra-analíticos, Walter Benjamin e T.W. Adorno, cujas formulações sobre a natureza da experiência estética relacionam-se estreitamente com as de Benjamin sobre a tradução. O tema do estarvivo, como geratividade, é explorado na discussão de Benjamin a repeito da fidelidade e liberdade na tradução, assim como na ideia análoga de Adorno de uma “imaginação exata”, que combina a imersão nos detalhes da obra de arte com uma formulação da configuração das associações do ouvinte de música. Faz-se referência, entre outros, à obra de Bolla sobre a associação livre e a capacidade inconsciente. No lugar de material clínico, apresenta-se um curto texto interpretativo de Adorno.

https://doi.org/10.20396/remate.v30i1.8636267
PDF

Referências

ADORNO, Theodor W. Anweisungen zum Hören neuer Musik In: Der getreue Korrepetitor: Lehrschriften zur musikalischen Praxis. Tradução de JJ Shapiro [How to listen to modern music. In: The devoted rehearsal coach: guides to musical practice; tradução em progresso]. Frankfurt am Main: S. Fischer Verlag, 1963, pp. 39-98.

ADORNO, Theodor W. Thesen über die Sprache des Philosophen [Theses on the language of the philosopher]. In: Gesammelte Schriften I. Frankfurt am Main: Suhrkamp, 1973, pp. 366-71.

ADORNO, Theodor W. Aesthetic Theory [Aesthetische Theorie]. Tradução de C. Lenhardt. Londres: Routledge and Kegan Paul, 1984a.

ADORNO, Theodor W. Schöne Stellen [Beautiful Passages]. In: Gesammelte Schriften 18. Tiedemann, R, ed. Frankfurt am Main: Suhrkamp, 1984b. 685-718.

ADORNO, Theodor W. Notes to literature. Vol. 1. [Noten zur Literatur vols.1 e 2]. Tradução de Shierry Weber Nicholsen. New York, NY: Columbia University Press, 1991.

ADORNO, Theodor W. Notes to literature. Vol. 2. [Noten zur Literatur vols.3 e 4]. Tradução de Shierry Weber Nicholsen. New York, NY: Columbia University Press, 1992a.

ADORNO, Theodor W. Notas de literatura I. São Paulo: Duas Cidades; Ed. 34, 2006.

ADORNO, Theodor W. Quasi una fantasia: essays on modern music. [Quasi una fantasia]. Tradução de R. Livingstone. New York, NY: Verso, 1992b.

BENJAMIN, Walter. The task of the translator [Die Aufgabe des Übersetzers]. In: Illuminations. Tradução de H. Zohn. New York: Schocken, 1969, pp.69-82.

BENJAMIN, Walter. A tarefa-renúncia do tradutor. In: A tarefa do tradutor, de Walter Benjamin: Quatro traduções para o português. Tradução Susana Kampff Lages. Belo Horizonte: Fale/UFMG, 2008

BION, Wilfred Ruprecht. Notes on memory and desire. In: Cogitations. London: Karnac, 1984, pp. 380-5.

BOLLAS, Christopher. Cracking up: the work of unconscious experience. New York, NY: Hill and Wang, 1995.

BOLLAS, Christopher. Free association. Cambridge (UK): Icon Books, 2002.

FERRO, Antonino. In the analyst’s consulting room. Tradução de Philip Slotkin. New York, NY: Routledge, 2002

FREUD, Sigmund. (1900). The interpretation of dreams. SE 4.

FREUD, Sigmund. A interpretação dos sonhos [1900]. Tradução de Walderedo Ismael de Oliveira. Rio de Janeiro: Imago Ed., 1999.

FREUD, Sigmund. La interpretação de los sueños (primera parte) [1900]. In: Obras completas. Tradução de José Luis Etcheverry. Buenos Aires: Amorrortu editores, 1991, vol. 4.

FREUD, Sigmund. La interpretação de los sueños (segunda parte) [1900-01]. In: Obras completas. de José Luis Etcheverry. Buenos Aires: Amorrortu editores, 1991, vol. 5.

GOPINATH, S. Comunicação pessoal, 2008 KANT, Immanuel. The Critique of judgement [Kritik der Urteilskraft]. Tradução de JC Meredith. Oxford: the Clarendon Press, 1952.

LOEWALD, Hans W. On the therapeutic action of psycho-analysis. Int J Psychoanal. Vol. 41, 1960, pp.16-33.

LOEWALD, Hans W. Primary process, secondary process, and language [1978]. In: Papers on Psychoanalysis. New Haven: Yale University Press, 1980, pp.178-206.

LOEWALD, Hans W. The waning of the Oedipus complex. J Am Psychoanal Assoc. n.27. 1979, pp.751775.

LOEWALD, Hans W. Psychoanalysis in Search of Nature Thoughts on Metapsychology, Metaphysics, Projection. Ann. Psychoanal. n.16, 1988, pp.49-54.

MELTzER, Donald. Dream-Life. Strathclyde, Perthshire: Clunie Press, 1984.

NICHOLSEN, Shierry Weber. Exact imagination, late work: on Adorno’s aesthetics. Cambridge, MA: MIT Press, 1997.

REIK, Theodor. Surprise and the psycho-analyst. New York, NY: Dutton, 1937

SMITH, Henry F. Analytic Listening And The Experience Of Surprise. Int J Psychoanal. n.76, 1995, pp.67-78.

STEWART, Elizabeth. Catastrophe, suffering, and survival in the modernism of Bion, Beckett, and the Frankfurt School. Paper presented at the 5th annual Evolving British Object Relations conference, Seattle, November, 2008.

STOKES, Adrian Scott. Form in art. In: Klein, M, Heimann, P, and Money-Kyrle, RE, editors, New Directions in Psychoanalysis. New York: Basic Books, 1955, pp. 406-20.

Licença Creative Commons
O periódico Remate de Males utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.