Fortuna Crítica

Autores

  • Maria Eugenia Boaventura Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v6i0.8636345

Resumo

Sem resumo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Eugenia Boaventura, Universidade Estadual de Campinas

Profa. Dra. do Depto de Teoria Literária do Instituto de Estudos da Linguagem

Referências

ANTROPOFAGIA. Revista do Globo, Porto Alegre, 10, 1929.

A.S.J. Oswald de Andrade pára-quedista. Planalto, Rio de Janeiro, 1 jun. 1941.

O ABC de Oswald de Andrade. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 29 jun. 1968.

ABREU, Brício de. Oswald de Andrade - Os 'salvadores' do nosso teatro- 11.

s.n.t., 12 jan. 1968. p. 31.

ABREU, Brício de. Rei da vela- Oswald 34 anos depois I. s.n.t., 11 jan. 1968. p. 3.

ADEUS a Oswald. Diário de S.Paulo, São Paulo, 30 abr. 1959.

ALBUQUERQUE, Maria Beatriz. Oswald de Andrade uma presença atual. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 21 out. 1979.

ALENCAR, Audísio de. Um homem sem profissão. A Comarca, Jundiai, 28 out. 1954.

ALGUMAS anotações sobre o poeta. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, 25 set. 1954.

ALGUNS fotogramas do verdadeiro Oswald de Andrade (e uma sugestão). O Escritor, São Paulo, 27, set./out. 1975.

ALMEIDA, Guilherme de. Revelação do Brasil pela poesia moderna. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 fev. 1962. Suplemento Literário.

ALMEIDA, Martins de. Pau Brasil. In: BATISTA, Marta Rossetti, LOPEZ, Telê Porto Ancona e LIMA, Yone Soares de. Brasil: 1tempo modernista - 1917-29 documentação. São Paulo, IEB-USP, 1972. p. 245-7.

ALMEIDA, Paulo Mendes de. A cigarra literária. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 6 jun. 1964. Suplemento Literário.

ALMEIDA, Paulo Mendes de. Clube dos artistas modernos. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 1 nov. 1958.

ALMEIDA, Paulo Mendes de. Figuras da semana. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 fev. 1962. Suplemento Literário.

ALMEIDA, Paulo Mendes de. Lembrança de Oswald. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 19 dez. 1964. Suplemento Literário.

ALPHONSUS, João. Primeiro caderno de poesia. Diário de Minas, Belo Horizonte, 14 set. 1927.

ALVES, Guilherme. Modernismo: um reinado de poetas e Andrades. Minas Gerais, Belo Horizonte, 30 out. 1982. Suplemento Literário, p. 6.

ALVES, Henrique. Oswald e seus tabus. Jornal de Letras, Rio de Janeiro, maio 1985.

AMADO, Jorge. Mestre Oswald quase llya. O Imparcial, Salvador, 28 dez. 1943.

AMADO, Jorge. Notícia do poeta, romancista e c rítico. O Imparcial, Salvador, 7 jul. 1944.

AMANHÃ, é dia do Rei da ve la. s.n.t., 28 set. 1967.

AMARAL, Aracy. Artes plásticas e a semana de 22. São Paulo, Perspectiva, 1970.

AMARAL, Aracy. Blaise Cendrars no Brasil e os modernistas. São Paulo, Martins, 1970.

AMARAL, Aracy. O "choque" de 1922: Mário x Oswald. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 1 jun. 1968. Suplemento Literário.

AMARAL, Aracy. A conferência de fevereiro. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 1 fev. 1969. Suplemento Literário.

AMARAL, Aracy. Correspondência inédita 1: numa bela época. Correio da Manhã, Rio de Jane iro, 2 abr. 1968.

AMARAL, Aracy. Oswald em 1925. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 3 abr. 1968. Suplemento Literário.

AMARAL, Aracy. Tarsila: sua obra e seu tempo. São Paulo, Perspectiva, EDUSP, 1975.

AMARAL, Carlos Soulié do. Poesias reunidas de Oswald de Andrade. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 10 dez. 1966.

AMARAL, Edmundo. Oswald de Andrade. A Tribuna, Santos, 27 mar. 1955.

AMARAL, Tarsila do. Galeria dos antropófagos. Antropofagia, Rio de janeiro, 29 ago. 1929. p. 17.

AMARAL, Tarsila do. Pau Brasil e antropofagia. Diário de S. Paulo, São Paulo, 4 jan. 1951.

AMARAL, Tarsila do. Pintura Pau Brasil e antropofágica. Dom Casmurro, Rio de Janeiro, 9 set. 1939. p. 7.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Ainda o "Mês Modernista". Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 7 mar. 1969.

ANDRADE, Carlos Drummond de. O antropófago. Correio Paulistano, São Paulo, 24 out. 1954. (Imagens do Modernismo).

ANDRADE, Carlos Drummond de. Os condenados de Oswald de Andrade. Diário de Minas, Belo Horizonte, 30 set. 1922.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Entre Bandeira e Oswald de Andrade. In: Tempo vida poesia. Rio de Janeiro, Record, 1986. p. 99-104.

ANDRADE, Carlos Drummond de. O homem do Pau Brasil. In: BATISTA, Marta Rossetti, LOPEZ, Telê Ancona e LIMA, Yone Soares de. Brasil: 1tempo modernista - 1917-29 documentação. São Paulo, IEB-USP, 1972. p. 238-9.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Lembrança do "Mês Modernista". Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 5 mar. 1969.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Maiores de 50 anos. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 9 abr. 1950.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Nacionalismo literário. O Jornal, Rio de Janeiro, 23 jan. 1925.

ANDRADE, Carlos Drummond de. O Observador no escritório. Rio de Janeiro, Record, 1985. p. 73, 83-4.

ANDRADE, Carlos Drummond de. As repercussões da Semana. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 fev. 1962. Suplemento Literário.

ANDRADE, Joaquim Pedro de. O homem do Pau Brasil. Folha volante do filme. Rio de Janeiro, Embrafilme, 1980.

ANDRADE, Mário de. O movimento modernista. Rio de Janeiro, Casa do Estudante, 1945.

ANDRADE, Mário de. Oswald de Andrade. Revista do Brasil, São Paulo, 9 (105), set./dez. 1924.

ANDRADE, Mário de. Oswald de Andrade: Pau Brasil. Sans Pareil, Paris, 1925. In: BATISTA, Marta Rossetti, LOPEZ, Telê Porto Ancona e LIMA, Yone Soares de. Brasil: 1tempo modernista - 1917-29 documentação. São Paulo, IEB­ USP, 1972, p. 225-32.

ANDRADE, Paulo Marcos de. Redescoberto Oswald de Andrade. Depoimento do Prof. Antonio Candido. Folha de S. Paulo, São Paulo, 28 ago. 1967.

ANDRADE, Rudá de. Carta a Antonio Candido. In: CANDIDO, Antonio. Vários escritos. São Paulo, Livraria Duas Cidades, 1970. p. 89-92.

ANDRADE FILHO, Oswald de. Dias seguintes e outros dias. No prelo.

ANDRADE FILHO, Oswald de. Oswald de Andrade: Serafim Ponte Grande, capitalista. A Tribuna, Santos, 19 ago. 1972.

ANDRADE FILHO, Oswald de. Quem é o rei da vela. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 23 set. 1967.

O ANTROPÓFAGO condenado. s.n.t. Rio de Janeiro, 9/10 fev. 1957.

APOLINÁRIO, João. O rei da vela é uma encenação-manifesto. Folha de S. Paulo. São Paulo, 2 out. 1967.

AQUILINO, José Ricardo. Ainda Oswald de Andrade. Diário de Bauru, Bauru, 30 out. 1954.

ARAUJO, Lais Correa de. Oswald- ângulo e horizonte do Modernismo. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 6 dez. 1969. Suple11ento Literário.

ARAUJO, Lais Correa de. Poesia por contato direto. Minas Gerais, Belo Horizonte, 10 dez. 1966. Suplemento Literário.

ARINOS SOBRINHO, Afonso. Oswald de Andrade. Poesia Pau Brasil. Revista do Brasil, Rio de Janeiro, 30 set. 1926. p. 37-8.

ARRABAL, José. À margem do Rei da vela. O Jornal, Rio de Janeiro, 21 fev. 1971.

ARROYO, Leonardo. Prefácio inédito de Oswald de Andrade. s.n.t.

ARROYO, Leonardo. Oswald: processo. Folha de S. Paulo, São Paulo, 1 nov. 1964. ARTAXO, Vera. O tumor de Oswald nas mãos de Pignatari. Folha de S. Paulo, São Paulo, 13 jul. 1981.

ASPECTOS da civilização paulista. Diário de S. Paulo, São Paulo, 30 abr. 1959. (Edição especial).

ATALA, Fuad. 40 anos do manifesto Pau Brasil e 10 anos da morte de Oswald de Andrade. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 24 out. 1964.

ATHAYDE, Tristão de. Os Andrades. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 29 jul. 1967.

ATHAYDE, Tristão de. Os Andrades I. O Jornal, Rio de Janeiro, 29 jan. 1928.

ATHAYDE, Tristão de. Os condenados (resenha). O Globo, Rio de Janeiro, 23 dez. 1941.

ATHAYDE, Tristão de. O deus perdido. Folha de S. Paulo, São Paulo, 28 set. 1967.

ATHAYDE, Tristão de. Literatura suicida. O Mundo Literário, Rio de Janeiro, 5 set. 1925. p. 332-7 .

ATHAYDE, Tristão de. Neo-indianismo. O Jornal. Rio de Janeiro, s.d.

ATHAYDE, Tristão de. Os primeiros romances modernistas. Folha de S. Paulo. São Paulo, 21 nov. 1960.

ATHAYDE, Tristão de. Queimada ou fogo de artifício7 O Jornal. Rio de Janeiro, 11 out. 1925.

ATUALIDADES de Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo. São Paulo. 25 out. 1964

O AUTOR proibi do. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 25 jul. 1968.

ÁVI LA, Affonso. Minas e a poesia de Oswald de Andrade. Minas Gerais, Belo Horizonte. 10 dez. 1966.

ÁVI LA, Affonso. O movimento modernista em Minas. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 jun. 1971. Suplemento Literário.

BACIU. Stefan. Algumas anotações sobre o poeta. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro. 25/ 26 set. 1954.

BANDEIRA, Manuel. Apresentação da poesia brasileira. 3. ed. Rio de Janeiro, Casa do Estudante do Brasil, 1957.

BANDEIRA, Manuel. Oswald de Andrade. Gazeta. Brasília, 28 out. 1984.

BANDEIRA, Manuel. Oswald de Andrade Serafim Ponte Grande. Literatura, Rio de Janeiro, 5 ago. 1933.

BANDEIRA, Manuel. Poesia Pau Brasil. O Mundo Literário, Rio de Janeiro, 9 (25):107 -8, 5 maio 1924.

BARATA, Mário. Pau Brasil de Tarsila a Oswald. GAM, Rio de Janeiro, 11, 1968.

BÁRBARA, Danusia. O mi to Oswald. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 30 maio 1982.

BARBIERI, Ivo. Primeiro caderno de poesia do aluno Oswald de Andrade: uma caixa de surpresa. Jornal da UERJ, Rio de Jane iro, 1 jan. 1978.

BARRETO, Plínio. Oswald de Andrade- Marco zero. In: CASTELO, José Aderaldo, org. Antologia do ensaio literário paulista. São Paulo, CEC, 1960.

BARROS. A. Couto de. Os condenados- Oswald de Andrade. Edição Monteiro Lobato. Klaxon, São Paulo, 15 out. 1922. (Seção Livros e Revistas. p. 13-4 ).

BARROSO. Antonio Girão. Oswald de Andrade. Correio do Ceará, s.l., 8 jan. 1946. p. R.

BASTIDE, Roger. Os condenados de Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo. São Paulo, 7 jun. 1942.

BASTIDE, Roger. Notas de leitura. Marco zero. O Estado de S. Paulo, São Paulo. 25 nov. 1943.

BASTIDE, Roger. Oswald de Andrade. In: Poetas do Brasil. São Paulo, Guaíra, 1946. p.

BASTIDE, Roger. Os poemas de Oswald de Andrade. O Jornal, Rio de Janeiro, 14 abr. 1945.

BASTOS, Oliveira. Oswald de Andrade. Revista da Semana, Rio de Janeiro, 1954.

BASTOS, Oliveira. Oswald de Andrade e a antropofagia. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 20 out. 1957.

BASTOS, Oliveira. Oswald de Andrade e a Antropofagia. Minas Gerais, Belo Horizonte, 16 jan. 1971 . Suplemento Literário.

BASTOS, Oliveira. Vinte e dois e forma. Diário Carioca, Rio de Janeiro, 1 abr. 1956.

BERGERET, Monsieur. Oswald no espeto. s.n.t., 25 dez. 1949. (Notinha Política).

BEZERRA, João Clímaco. Oswald de Andrade. O Jornal, Rio de Janeiro, 5 dez.

BITTENCOURT, Renato. Oswald de Andrade e suas metamorfoses, s.n.t.

BOAVENTURA, Maria Eugenia. Os dentes do dragão. In: Entrevistas com Oswald de Andrade. São Paulo. No prelo.

BOAVENTURA, Maria Eugenia. Uma edição especial de Oswald de Andrade. In: Primeiro encontro de crítica textual. O manuscrito moderno e as edições. São Paulo, USP, 1986. p. 27-40.

BOAVENTURA, Maria Eugenia. Modernismo e Surrealismo. in: JACKSON, K. David. Transformations of Literary Language in Latin America Literature. Austin, Abaporu Press, 1987. p. 25-31.

BOAVENTURA, Maria Eugenia. Oswald e as alegorias da modernidade. Uniletras, Ponta Grossa, 8: 74-6, dez. 1986.

BOAVENTURA, Maria Eugenia. Oswald de Andrade: entre a política e a arte. Folha de S. Paulo, São Paulo, 4 nov. 1984. Folhetim, p. 3-5.

BOAVENTURA, Maria Eugenia. Oswald de Andrade, a luta da posse contra a propriedade. In: SCHWARZ, Roberto. org. Os pobres na literatura brasileira. São Paulo, Brasiliense, 1983. p. 129-35.

BOAVENTURA, Maria Eugenia. Oswald e a prática política. Remate de Males, Campinas, 5 (5): 88-95, fev. 1985.

BOAVENTURA, Maria Eugenia. Trajetória de Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 21 out. 1984. Cultura, p. 1-2.

BOAVENTURA, Maria Eugenia. A Vanguarda antropofágica. São Paulo, USP, 1980. (Tese Doutoramento).

BOAVENTURA, Maria Eugenia. A Vanguarda antropofágica. São Paulo, Ática, 1985. (Ensaios, 114).

BONVICINO, Régis. Uma trajetória crítica. Folha de S. Paulo, São Paulo, 27 nov. 1983. Folhetim, p. 3.

BOPP, Raul. A antropofagia; um programa genuinamente nacionalista. Correio do Povo, Porto Alegre, 12 fev. 1982. Caderno de sábado, p. 6.

BOPP, Raul. Depoimento sobre a antropofagia. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 29 maio 1949.

BOPP, Raul. Diário de antropofagia. Cadernos Brasileiros, Rio de Janeiro, 1966.

BOPP, Raul. Movimentos modernistas no Brasil. Rio de Janeiro, Livr. São José, 1966.

BOPP, Raul. Vida e morte da antropofagia. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 18 set. 1971.

BOPP, Raul. Vida e morte da antropofagia. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1976.

BOPP, Raul. Da Semana de Arte Moderna (1922) ao Movimento Antropofágico (1928). Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 12, 15 e 16 dez. 1964.

BOSI, Alfredo. Oswald de Andrade. In: História concisa da literatura brasileira. 2. ed. São Paulo, Cultrix, 1970. p. 400-5.

BRAGA., Edgard. A energia silenciosa. s.n.t.

BRAGA., Edgard. Da irreverência em Oswald de Andrade. Leitura, São Paulo, out. 1960. p. 24-5.

BRAGA., Edgard. Kodak. Diário de S. Paulo, São Paulo, 10 jan. 1964.

BRAGA., Edgard. Máscara para Oswald. Diário de S.Paulo, São Paulo, 21 nov. 1954.

BRAGA., Edgard. Oswald de Andrade vivo. Diário de S.Paulo, São Paulo, 20 dez. 1959.

BRAGA., Edgard. Reinstauração do mito. Diário de S.Paulo, São Paulo, 15 set. 1963.

BRAGA, Rubem. Oswald. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 24 out. 1954.

BRANDÃO, Darwin. Oswald de Andrade, s.n.t.

BRITO, Mário da Silva. O aluno de romance de Oswald de Andrade 1. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 10 out. 1970. Suplemento Literário.

BRITO, Mário da Silva. O aluno de romance Oswald de Andrade 2. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 17 out. 1970. Suplemento Literário.

BRITO, Mário da Silva. O aluno de romance Oswald de Andrade 3. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 24 out. 1970. Suplemento Literário, p.5.

BRITO, Mário da Silva. O aluno de romance Oswald de Andrade. In: ANDRADE, Oswald de. Os condenados. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1970. p. XV-VIII.

BRITO, Mário da Silva. Ângulo e horizonte (de Oswald de Andrade à ficção cient(fica). São Paulo, Martins, 1969. p. 3-76.

BRITO, Mário da Silva. Café e modernismo. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 fev. 1922. Suplemento Literário.

BRITO, Mário da Silva. Cartola de mágico. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1976. p. 100-8.

BRITO, Mário da Silva. Conversa vai conversa vem. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1974. p. 24-6, 58-9, 63, 67-9, 115-9, 125.

BRITO, Mário da Silva. Dois prefácios para Serafim Ponte Grande. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 13 mar. 1977. Suplemento Literário.

BRITO, Mário da Silva. Duas versões da mesma obra. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 out. 1974. Suplemento Literário.

BRITO, Mário da Silva. Eixo: Oswald de Andrade. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 14 nov. 1970. Suplemento Literário.

BRITO, Mário da Silva. História do modernismo brasileiro. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1964. p. 73-9.

BRITO, Mário da Silva. As metamorfoses de Oswald de Andrade. São Paulo, Conselho Editorial de Cultura, 1972.

BRITO, Mário da Silva. 1925 - Jubileu de Pau Brasil - 1950. Revista do Globo, Porto Alegre, 13 maio 1950. p. 21.

BRITO, Mário da Silva. Miramar e Serafim: duas invenções. In: ANDRADE, Oswald de. Memórias sentimentais de João Miramar e Serafim Ponte Grande. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1978.

BRITO, Mário da Silva. As muitas vaias do 2º sarau. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 20 fev. 1972. Suplemento Literário.

BRITO, Mário da Silva. Oswald de Andrade. In: O fantasma sem castelo. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1980. p. 3Ef-8, 63-8.

BRITO, Mário da Silva. Oswald de Andrade. In: Poesia do Modernismo. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1968. p. 27-31.

BRITO, Mário da Silva. Oswald de Andrade antes da Semana de Arte Moderna. Diário de S. Paulo, São Paulo, 21 nov. 1954.

BRITO, Mário da Silva. Oswald de Andrade - um pára-quedista na Academia Brasileira de Letras. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 18 maio 1968. Suplemento Literário.

BRITO, Mário da Silva. Oswald de Andrade perante meio século de literatura. Jornal de Notícias, São Paulo, 26 fev. 1950.

BRITO, Mário da Silva. Oswald de Andrade - polemista da Semana de Arte Moderna. O Estado de São Paulo, 7 set. 1968. Suplemento Literário nº 5.

BRITO, Mário da Silva. Oswald de Andrade- teatrólogo. In: Andrade, Oswald de. Teatro. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1978.

BRITO, Mário da Silva. Oswald de Andrade x Academia. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 31 mar. 1968.

BRITO, Mário da Silva. Oswald, democracia e liberdade. In: ANDRADE, Oswald de. Ponta de lança. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1972. p. XV-IX.

BRITO, Mário da Silva. Oswald, liberdade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 25 abr. 1971. Suplemento Literário.

BRITO, Mário da Silva. Oswad' no original. Revista Dinners, Rio de Janeiro, ago. 1968. p. 31-2.

BRITO, Mário da Silva. Oswald polemista de 22. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 15 set. 1968.

BRITO, Mário da Silva. Panorama da poesia brasileira: O Modernismo. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1959.

BRITO, Mário da Silva. Pensamento e ação de Oswald de Andrade. Revista Brasiliense, São Paulo, 16 mar./abr. 1958.

BRITO, Mário da Silva. O perfeito cozinheiro das almas deste mundo. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 14 mar. 1968. Suplemento Literário, p. 5.

BRITO, Mário da Silva. Perfil de Oswald de Andrade. In: ANDRADE, Oswald de. Serafim Ponte Grande. São Paulo, Global, 1984. p.205-15.

BRITO, Mário da Silva. Retrato de um homem e sua época. In: ANDRADE, Oswald de. Telefonema. 2.ed., Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1976.

BRITO, Mário da Silva. A revolução modernista. In: COUTINHO, Afrânio. A literatura no Brasil. Rio de Janeiro, Sul America, 1968. p. 431-82.

BRITO, Mário da Silva. Teia de aranha IV. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 4 jul. 1970. Suplemento Literário.

BRITO, Monte. Oswald de Andrade. O Jornal, Rio de Janeiro, 10 nov. 1946.

BROCA, Brito. A aventura modernista. Gazeta Magazine, São Paulo, 22 fev. 1942.

BROCA, Brito. O caso Oswald de Andrade - Um homem sem profissão. A Gazeta, São Paulo, 23 out. 1954.

BROCA, Brito. A Semana de Arte Moderna. A Manhã, Rio de Janeiro, 10 fev. 1950. Letras e Artes, 4, p. 6-7.

BRUNO, Haroldo. Confissões de Oswald de Andrade. Diário de Noticias, Rio de Janeiro, 30 jan. 1955.

BUENO, Antonio Sérgio. Oswald, Cendrars e o Brasil I. Minas Gerais, Belo Horizonte, 30 out. 1976. Suplemento Literário.

BUENO, Antonio Sérgio. Oswald, Cendrars e o Brasil 11. Minas Gerais, Belo Horizonte, 6 nov. 1976. Suplemento Literário.

BUENO, Wilson e DIAS, Ricardo. O homem do Pau Brasil. Filme e cultura, Rio de Janeiro, jan./fev./mar. 1981.

BURGESS; Ronald D. Birth. Life. luso-Brazilian Review, Wisconsin, 22 (2) :103-10, 1985.

CAETANO, Maria do Rosário. Oswald provoca discussão. Correio Brasiliense, Brasília, 10 nov. 1984.

CALLADO, Antonio. O homem quando era aprendiz de antropofagia. s.n.t.

CÂMARA, Jayme Adour de. Antropofagia - revolta da sinceridade recalcada. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 12 ago. 1957.

CAMPOS, Augusto de. Notícia impopular de O Homem do Povo. Folha de S. Paulo, São Paulo, 20 out. 1984.

CAMPOS, Augusto de. Poesia, antipoesia, antropofagia. São Paulo, Cortez & Moraes, 1978. p. 107-26.

CAMPOS, Augusto de. Revista revistas: Os Antropófagos. Revista de Antropofagia, Ed. fac­similar, São Paulo, abr. 1975.

CAMPOS, Haroldo de. Arte pobre, tempo de pobreza, poesia menos. Novos Estudos Cebrap, São Paulo, 1(3):63-7, jul. 1982.

CAMPOS, Haroldo de. Estilística miramarina. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 24 out. 1964. Suplemento Literário.

CAMPOS, Haroldo de. Lirismo e participação. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 6 .iul. 1963. Suplemento Literário.

CAMPOS, Haroldo de. Miramar e Macunaíma I. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 27 jul. 1963. Suplemento Literário.

CAMPOS, Haroldo de. Miramar e Macunaíma 11. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 3 ago. 1963. Suplemento Literário.

CAMPOS, Haroldo de. Miramar na mira. In: ANDRADE, Oswald de. Memórias sentimentais de João Miramar. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1971. p. XIII­ XLVIII.

CAMPOS, Haroldo de. Miramar revém. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 7 ago. 1965. Suplemento Literário.

CAMPOS, Haroldo de. Oswald de Andrade. Jornal do Brasil. Rio de Janeiro, 1 set. 1957.

CAMPOS, Haroldo de. Oswald de Andrade. Europe, Paris, 57(599):27-37, mar. 1979.

CAMPOS, Haroldo de. org. Oswald de Andrade. Trechos escolhidos. Rio de Janeiro, Agir, 1967. p. 5-18.

CAMPOS, Haroldo de. Oswald: "Somos concretistas". Correio Paulistano. São Paulo, 14 fev. 1960.

CAMPOS, Haroldo de. Uma poética da radicalidade. In: ANDRADE, Oswald de. Poesias reunidas. 3. ed., Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1972. p. 7-56.

CAMPOS, Haroldo de. Raízes do Miramar I. O Estado de S. Paulo, São paulo, 17 ago. 1963. Suplemento Literário.

CAMPOS, Haroldo de. Raízes do Miramar 11. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 24 ago. 1963. Suplemento Literário.

CAMPOS, Haroldo de. Raízes do Miramar 111. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 31 ago. 1963. Suplemento Literário.

CAMPOS, Haroldo de. Da razão antropofágica: a Europa sob o signo da devoração. Colóquio, Lisboa, jul. 1981.

CAMPOS, Haroldo de. Réquiem para Miss Ciclone: musa dialógica da pré-história textual oswaldiana. In: O perfeito cozinheiro das almas... deste mundo. São Paulo, Ex-Libris. No prelo.

CAMPOS, Haroldo de. Serafim: análise sintagmática. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 8 mar. 1969. Suplemento Literário, p. 4.

CAMPOS, Haroldo de. Serafim: um grande não livro. In: ANDRADE, Oswald de. Serafim Ponte Grande. São Paulo, Global, 1984. p. 145-73.

CAMPOS, Haroldo de. Serafim: um grande não livro. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 14 dez . 1968. Suplemento Literário.

CAMPOS, Haroldo de. Da vela à vala. Correio da manhã, Rio de Janeiro, 10 set. 1967.

CAMPOS, Paulo Mendes. Entrevista com Oswald de Andrade. s.n.t., 8 jan. 1950.

CAMPOS, Raul de. Marco zero. Diário de Piracicaba, Piracicaba, s.d.

CANDIDO, Antonio. Antes do Marco zero. Folha da Manhã, São Paulo, 15 ago. 1943.

CANDIDO, Antonio. Digressão sentimental sobre Oswald de Andrade, In: ANDRADE, Oswald de. Serafim Ponte Grande. São Paulo, Global, 1984. p. 173-204.

CANDIDO, Antonio. Estouro e libertação. In: Brigada ligeira. São Paulo, Martins, s.d. p. 11-30.

CANDIDO, Antonio. As "memórias" de Oswald de Andrade, s.n.t., 5 set. 1954.

CANDIDO, Antonio. Oswáld, Oswaldo, Ôswald. Folha de S. Paulo, São Paulo, 21 mar. 1982.

CANDIDO, Antonio. Oswald viajante. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 27 out. 1956. Suplemento Literário.

CANDIDO, Antonio. Prefácio inútil. In: ANDRADE, Oswald de. Um homem sem profissão. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1954. p. XI-IV.

CARNEIRO, Saul Borges. Serafim Ponte Grande, Boletim de Ariel, Rio de Janeiro, set. 1933. p. 312.

CARTA, Mino. 50 anos de arte moderna. Realidade, São Paulo, jan. 1972. p.

CARVALHO, Flávio de. O Antropófago Oswald de Andrade. Manchete, Rio de Janeiro, s.d.

CARVALHO, Flávio de. Oswald de Andrade. Diário de S. Paulo, São Paulo. 21 nov. 1954. CASTELO, José Aderaldo. Oswald de Andrade. Anhembi, São Paulo 5(49): 111-8, dez.1954.

CARVALHO, Flávio de. Oswald de Andrade. In: Homens e intenções. São Paulo, CEC, 1959. p. 29-41.

CASTRO, Ruy. A antropofagia cultural. Correio da Manhã, Rio de janeiro, 21 jan. 1968.

CASTRO, Ruy. Os melhores desaforos de um mestre modernista. Folha da Tarde, São Paulo, 20 out. 1984.

CASTRO, Ruy. Memórias sentimentais. Manchete, Rio de Janeiro, 19 jul. 1975.

CASTRO, Ruy. O telegráfico Oswald de Andrade. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 27 out. 1968.

CASTRO, Wander. O rei da vela ou tupi or not tupi, s.n.t.

CAVALCANTI, Gilberto. Eles recordam os companheiros mortos. leitura, Rio de Janeiro, 23 (85/86), ago./set. 1964. Entrevista com Guilherme de Almeida.

CAVALCANTI, Sebastião. Oswald, a flauta e o violão. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 22 ago. 1964.

CAVALCANTI, Valdemar. Antropophagia. s.n.t.

CAVALCANTI, Valdemar. Oswald de Andrade volta à tona. O Jornal, Rio de Janeiro, 18 out. 1970.

CAVALCANTI, Valdemar. O avesso. O Jornal, Rio de Janeiro, 14 nov. 1954.

CAVALHEIRO, Edgard. A trilogia do exílio. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 8 fev. 1942.

CENDRARS e a redescoberta do Brasil. Minas Gerais, Belo Horizonte, 22 fev. 1969. Suplemento Literário.

CERVANTES. Literária. O Diário, Belo Horizonte, 7 dez. 1954.

CHALMERS, Vera Maria. Desconversa. In: ANDRADE, Oswald de. Telefonema.

ed. Rio de Janeiro, 1976.

CHALMERS, Vera Maria. O inseto filosofai. Folha de S. Paulo, São Paulo, 15 dez. 1985. Folhetim, p. 10-1.

CHALMERS, Vera Maria. Oswald de Andrade, um auto-retrato (retocado). O Estado de S. Paulo, São Paulo, 6 set. 1975. Suplemento do Centenário.

CHALMERS, Vera Maria. Um texto jornalístico sem papas na língua. Folha de S. Paulo, São Paulo, 20 out. 1984. p. 42.

CHALMERS, Vera Maria. 3 linhas e 4 verdades (monografia sobre o jornalismo de Oswald de Andrade). São Paulo, USP, 1975. (Tese Doutoramento)

CHAMIE, Mário. Calidostópico e distaxia. In: lntertexto. São Paulo, Praxis, 1971. p. 31-60.

CHAMIE, Mário. A encenação de O rei da vela. Mirante das Artes, etc, São Paulo, 6, 1967.

CHAMIE, Mário. Interpretação da peça. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 23 set. 1967.

CHAMIE, Mário. A linguagem virtual. São Paulo, Ouirón, 1976. p. 5-57.

CHAMIE, Mário. O santeiro do mangue. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 out. 1974. Suplemento Literário.

CHAMIE, Mário. A vela de pan-sexualismo. In: ANDRADE, Oswald de. O rei da vela. São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1967. p. 17-27.

CHAVES, Flávio Loureiro. Contribuições de Oswald e Mario de Andrade ao romance brasileiro. In: Aspectos do Modernismo brasileiro. Porto Alegre, U FRGS, 1970.

CHAVES NETO, Elias. Um romance. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 22 fev. 1942.

CHIAMPI, lrlemar. La antropofagia y lo real maravilloso: el diálogo amerinista entre Oswald de Andrade y Alejo Carpentier. Plural, Mexico, 15(183): 12-15, dez. 1986.

CHRISTINA. A herança de Oswald. O Estado de S.Paulo, São Paulo, s.d. CINCO depoimentos. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, 25/26 set. 1954.

CODA, Orlando José Paiva. l'influence des mouvements de l'avant-garde française sur l'oeuvre d'Oswald de Andrade. Montpellier, s.c.p., 1975.

COELHO, João Marcos. Concerto multimídia para Oswald. Folha de S. Paulo, 27 out. 1984.

COE LHO, Ruy. Oswald de Andrade - Os condenados. Clima, São Paulo, 8 jan. 1942.

OS CONDENADOS. Resenha. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 28 dez. 1941.

OS CONDE NADOS. Resenha. A Manhã, Rio de Janeiro, 6 jan. 1942.

OS CONDENADOS. Resenha. Planalto, São Paulo, 1 fev. 1942.

CONHEÇA o escritor Oswald de Andrade. Folha de S. Paulo, São Paulo, 29 mar. 1970.

CORÇÃO, Gustavo. Encontro com Oswald de Andrade. O Estado df'! S. Paulo, S;io Paulo, 4 nov. 1971.

CORÇÃO, Gustavo. Encontros com Oswald de Andrade. Jornal do Dia, Porto Alegre, 16 jan. 1955.

CORRÊA, José Celso Martinez. "Oficina/Rei/Oswald". Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 5 fev. 1971.

CORRÊA, José Celso Martinez. O rei da vela: manifesto do Oficina. Oficina, s.l., 4 set. 1967.

CORRÊA, José Celso Martinez. O rei da vela: manifesto do Oficina. In: ANDRADE, Oswald de. O rei da vela. São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1967. p. 45-52.

CORREA, W. Marco Zero. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, 23 abr. 1974.

CORRESPONDÊNCIA (sugestão de publicação). Revista da Semana, Rio de Janeiro, 20 nov. 1954.

COSTA, Marta Morais da. Construção e destruição na dramaturgia de Oswald de Andrade e Nelson Rodrigues. Revista de letras, Curitiba, 1973n4. p. 39-56.

COURI, Norma. O arteiro Oswald, agora no municipal. Folha de S. Paulo, São Paulo, 15 dez. 1984.

COUTINHO, Sonia. Abusar da liberdade, mesmo para errar. O Globo, Rio de Janeiro, 25 maio 1978.

CRESPO, Angel. lntroducción breve a Oswald de Andrade. Revista de Cultura Brasileira, Madrid, 1968. p. 189-223.

CUNHA, Alice. O caráter lúdico de Oswald de Andrade. Correio Brasiliense, Brasília, 20 jul. 1973.

CUNHA, Dulce Salles. O movimento antropofágico. In: Autores contemporâneos brasileiros. São Paulo, Cupolo, 1951. p. 41-54.

CUNHA, Fausto. Tristão e Oswald: a volta ao campo de batalha. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 29 fev. 1972.

CUTOLO, Giovanni, Oswald de Andrade do Giovanni Miramar. In: ANDRADE, Oswald de. Memorie sentimentali di Giovanni Miramare. Milano, Feltrinelli, 1970. p.91-109.

DANTAS, Pedro. Os Andrades, da independência literária. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 29 jan. 1972. p. 3.

DANTAS, Pedro. Oswald, precursor e revolucionário. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 30 jun. 1973.

DELAMARE, Germane. O rei desce no Rio. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 31 dez. 1967 .

DANTAS, Pedro. O rei da veia. Para um reinado de vanguarda. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 1 dez. 1967.

DANTAS, Pedro. A revolução começa pelo rei. Correio de Minas, Belo Horizonte, 17 jun. 1968.

DEL PICCHIA, Menotti. Memórias sentimentais de João Miramar. Correio Paulistano, São Paulo, 10 out. 1924.

DEL PICCHIA, Menotti. Memórias sentimentais de João Miramar. Correio Paulistano, São Paulo, 15 jun. 1925.

DEL PICCHIA, Menotti. Oswald. A Gazeta, São Paulo, 5 dez. 1958.

DEL PICCHIA, Menotti. Oswald d'Andrade. Correio Paulistano, São Paulo, 21 abr. 1921.

DEL PICCHIA, Menotti. Oswald e Corção. A Gazeta, São Paulo, 16 jan. 1957.

DEL PICCHIA, Menotti. Oswald, o destruidor. A Gazeta, São Paulo, 6 nov. 1954.

DEO, Bentício. Os condenados (resenha). Diário da Noite, São Paulo, fev. 1942.

DEPOIMENTOS sobre o homem e o escritor. Folha da Manhã, São Paulo, 31 out. 1954.

DEPOIMENTOS sobre o homem e o escritor. Folha da Manhã, São Paulo, 7 nov. 1954.

DI CAVALCANTI, Emiliano. Viagem de minha vida (memórias). In: O testamento da alvorada. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1955. p. 105-25.

DIAFÉRIA, Lourenço C. A vela e o dia depois do outro. Folha de S. Paulo, São Paulo, 30 set. 1967.

DICK, Hilário. Simultaneismo em Memórias sentimentais de João Miramar. Estudos leopoldenses, São Leopoldo, Universidade Vale do Rio dos Sinos, 34: 9-47, 1976.

DO RISCO que tem a antropofagia em converter-se em autofagia. s.n.t.

DORT, Bernard. Um filme "anthropophage". Escrita, s.l., 1984. Número especial.

DOYLE, Plínio. História de revistas e jornais literários. Revista do livro, Rio de Janeiro, 13 (41): 54-70, abr. 1970.

DRUMMOND, Decir. A morta de Oswald de Andrade: uma proposta muito viva. Correio do Povo, Rio Grande do Sul, 15 abr. 1978.

DUARTE, Lélia Maria Parreira. Tempo, mito e ideologia em Oswald de Andrade. Minas Gerais, BP.Io Horizonte, 25 set. 1976. Suplemento literário.

EDIÇÃO das obras completas de Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 out. 1964.

O ESQUECIDO Oswald de Andrade. Jornal de Letras, Rio de Janeiro, fev. 1955. p.11.

A ESTRUTURA de O rei da vela. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 27 ago. 1967.

EULALIO, Alexandre. A aventura brasileira de Blaise Cendrars. São Paulo, Ouiron, 1978. p. 126-7, 146-8, 180-1.

EULALIO, Alexandre. Caniboswáld. Jornal da República, São Paulo, 4 out. 1979.

EULALIO, Alexandre. O homem do Pau Brasil. Folha volante do filme. Rio e Janeiro, Embrafilme, 1981.

EULALIO, Alexandre. O homem do Pau Brasil na cidade dele. Vogue, São Paulo, jul. 1980.

O EXAME das "memórias" de Oswald de Andrade. Jornal de letras, Rio de Janeiro, nov. 1953. p. 8.

FÁBIO, Paulo. Almoço a um antropófago. Revista da Semana, Rio de Janeiro, 13 maio 1950.

FARIA, Maria Alice. Uma fonte de Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 27 nov. 1977. Suplemento Cultural, p. 7.

FERNANDES, Ronaldo. A paródia linguística e temática em João Miramar. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 28 abr. 1984. Suplemento literário, p. 6.

FERRAZ, Geraldo. Os Antropófagos no Diário de S. Paulo. Diário de S. Paulo, São Paulo, 21 nov. 1954.

FERRAZ, Geraldo. Aspectos e dados em torno do que foi a Semana de 22. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 fev. 1962. Suplemento literário.

FERRAZ, Geraldo. Cinqüentenário da Semana de 22: carnaval e comemorações. A Tribuna, Santos, 25/26 dez. 1971.

FERRAZ, Geraldo. Oswald de Andrade, uma apologia e um libelo. Jornal de Notícias, São Paulo, 19 fev. 1950.

FERRAZ, Geraldo. Oswald de Andrade - elementos sobre o homem e a obra. A Tribuna, Santos, 31 out. 1954.

FERRAZ, Geraldo Galvão. Na garçonniêre de Oswald. Isto É, São Paulo, 27 jan. 1982. p. 75-7.

FERREIRA, Procópio. Procópio fala de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 23 set. 1967. Suplemento Literário.

FERES, Nites. Mário de Andrade, leitor de Oswald. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, São Paulo, IEB-USP, (2):69-83, 1962.

FERNANDES, José Fonseca. Os sete amores de Oswald de Andrade. Correio do Livro, s.l., jun. 1967. p. 3.

FIORILLO, Madlia Pacheco. Oswald, o homem que sabia rir. Folha de S.Paulo, São Paulo, 20 out. 1984.-p. 39.

FISCHER, Almeida. Totens e tabus na modernidade brasileira. Símbolo e alegoria em Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 23 jun. 1985. Suplemento Literário, p. 8.

FLORESTAN, J. Pau Brasil (cancioneiro), por Oswald de Andrade. s.n.t.

FONSECA, Maria Augusta. Oswald de Andrade. São Paulo, Brasiliense, 1982. (Encontro Radical).

FONSECA, Maria Augusta. Palhaço da burguesia. São Paulo, Pólis, 1979.

FRAGA, Eudinyr. Teatro inédito de Oswald de Andrade. O. O. Leitura, São Paulo, 5(55):6-7, dez. 1986.

FREITAS, Maria Eurides Pitombeira de. Oswald de Andrade e o Modernismo. Linguagem, Rio de Janeiro, (1 ):89-93, 1983.

FREYRE, Gilberto. Agitação beneficiou as letras e artes. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 20 fev. 1972. Suplemento literário.

FREYRE, Gilberto. Oswald de Andrade revisado. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 2 jun. 1985. p. 16.

FURTER, Pierre. Pois os mortos retornam sempre (11). O Estado de S. Paulo, São Paulo, 6 mar. 1965. Suplemento literário.

G. F. Escritor Oswald de Andrade. A Tribuna, Santos, 23 out. 1954.

GAMA, Mauro. Oswald um antropófago de Pau Brasil. Ele & Ela, Rio de Janeiro, dez. 1982.

"O GÊNIO banal". Veja, São Paulo, 5 jan. 1972.

GEORGE, David. Teatro e Antropofagia. São Paulo, Global, 1985.

GERALDO, José. Oswald de Andrade. Folha de S. Paulo, São Paulo, 3 nov. 1964.

GOES, Fernando. As faces de Oswald de Andrade. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 18 jun. 1974.

GOMES, Paulo Emílio Salles. Um discípulo de Oswald em 1935. O Estado de S. Paulo, São Paulo, s.d. Suplemento literário, p. 4.

GONÇALVES, Delmiro. A vela acende a fogueira. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 1 out. 1967.

GONÇALVES, Martins. O rei da vela. O Globo, Rio de Janeiro, 6 out. 1967.

GONÇALVES, Martins. O rei da vela: O Globo, Rio de Janeiro, 15 jan. 1968.

GONÇALVES, Martins. O rei da vela pela segunda vez. s.n.t.

GONÇALVES, Martins. O rei da vela sábado no J.C.: entrada franca. O Globo, Rio de Janeiro, 4 fev. 1971.

GONÇALVES FILHO, Antonio. No palco, o épico antropofágico de Oswald. Folha de S.Paulo, São Paulo, 17 dez. 1985.

O GOSTO pela luta, a política. O escritor irrequieto. Folha de S. Paulo, São Paulo, s.d.

GREENWALD, José Lino. Serafim e a prosa. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 8 jan. 1972.

GRIECCO, Agrippino. Gente nova do Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro, José Olympio, 1948. p. 47-8.

GUASTINI, Mário e GAMA, Stinnirio. A propósito dum primeiro caderno: réplica a um poeta 'bem educado'. Diário da Noite, São Paulo, 11 maio 1927.

HAROLDO de Campos apresenta Oswald de Andrade poeta. A Tribuna, São Paulo, 14 set. 1966.

HECHER FILHO, Paulo. Eu em compensação. Correio do Povo, Porto Alegre, 8 fev. 1969. Caderno de Sábado.

HECHER FILHO, Paulo. Oswald: uma correspondência. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 7 dez. 1968.

HECHER FILHO, Paulo. Rubens Borba de Morais depõe sobre a semana. O Estado de S. Paulo, São Paulo,17 fev. 1962. Suplemento Literário.

HECHER FILHO, Paulo. Teatro brasileiro. In: Anais do segundo congresso brasileiro de crítica e história literária. Assis, FFCL de Assis, 1963.

HELEN. Churrasco e filosofia. Folha da Manhã, São Paulo, 6 dez. 1951.

HELEN. O moço Oswald de Andrade. Folha da Manhã, São Paulo, 14 jun. 1952.

HELEN. Recado a Oswald de Andrade. Folha da Manhã, São Paulo,•13 jan. 1950.

HELENA, Lucia. Uma literatura antropofágica. Rio de Janeiro, Cátedra, 1982.

HELENA, Lucia. Marco zero: "sementeira...sangue... São Paulo!". (cópia xerográfica cedida pela autora ao Centro de Documentação do IEL-UNICAMP).

HELENA, Lucia. Memória e ficção em Oswald de Andrade. Quadrant, Montpellier, 1985.

HELENA, Lucia. Oswald de Andrade e a República Nova. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 25 ago. 1985. p. 10.

HELENA, Lucia. Totens e tabus da modernidade brasileira: símbolo e alegoria na obra de Oswald de Andrade. Rio de Janeiro, Tempo brasileiro, Universidade Federal Fluminense, 1985.

HELIOS. Cartas a Chrispim VIl; Oswald de Andrade. Correio Paulistano, São Paulo, 6 nov. 1920. p. 5.

HELIOS. Os condenados. Diário da Noite, São Paulo, 5 fev. 1947.

O HOMEM do povo, obra para ler. Folha de S.Paulo, São Paulo, s.d.

O HOMEM que nasceu para agitar. Jornal da Tarde, São Paulo, 20 out. 1984. Caderno de programas e leituras, p. 1.

A IMPORTÂNCIA de um artista inconformado. Folha de S. Paulo, São Paulo, 23 out. 1974.

INOJOSA, Joaquim. Os Andrades e outros aspectos do Modernismo. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira/MEC, 1975. p. 19-23', 98-9, 151-2, 184-6.

INOJOSA, Joaquim. A chama modernista no Nor deste. s.n.t.

INOJOSA, Joaquim. O cronista Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 out. 1974. Suplemento Literário.

INOJOSA, Joaquim. O sempre lembrado modernista Oswald de Andrade. Jornal do Comércio, s.l., 26 out. 1984.

IVO, Ledo. De Oswald de Andrade a Oswald de Andrade. Letras, s.l., 21 ago. 1977.

JACKSON, Elizabeth Anne. Paródia e mito em A morta de Oswald de Andrade. Travessia, Florianópolis, 5(8/9):20-23, jan./jun. 1984.

JACKSON, Kenneth David. A metamorfose dos textos em Serafim Ponte Grande. Travessia, Florianópolis, 5(8/9):9-19, jan.ljun. 1984.

JACKSON, Kenneth David. The pleasure of subverting the text. Dispositio, Ann Arbor, University of Michigan, 19(21), 1984.

JACKSON, Kenneth David. A prosa vanguardista na literatura brasileira: Oswald de Andrade. São Paulo, Perspectiva, 1978.

JACKSON, Kenneth David. Rediscovering the rediscoverers: João Miramar and Serafim Ponte Grande. The Texas Quarterly, 19(3):162-73, 1976.

JACOBBI, Ruggero. O expectador apaixonado. Teatro de Oswald de Andrade. Curso de Arte Dramática, FF, URGS, Porto Alegre, 1962.

JOÃO Miramar. O modernismo em prosa. São Paulo, s.c.p., 15 jun. 1924.

JOSEF, Bella. Um 'blagueur', sim. Mas com alma e vida. O Globo, Rio de Janeiro, 22 out. 1984.

JOSEF, Bella. Manifesto da poesia Pau Brasil: 60 anos de ebulição das formas e idéias. O Globo, Rio de Janeiro, 19 mar. 1984.

JOSEF, Bella. Oswald, romance como crítica e redescobrimento. O Globo, Rio de Janeiro, 16 dez. 1984.

JUNOUEIRA, Ivan. As contradições de Oswald de Andrade sem nenhuma compaixão. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 27 abr. 1985.

JUREMA, Aderbal. Subindo a escada vermelha. Boletim de Ariel, Rio de janeiro, 4 fev. 1935. p. 141.

KAPLAN, Sheila e SALEM, Helena. O carnaval de Oswald de Andrade, passados 30 anos. O Globo, Rio de Janeiro, 22 out. 1984.

KAPLAN, Sheila. Do teatro ao cinema, a presença de Oswald de Andrade no aniversário da Semana de 22. O Globo, Rio de Janeiro, 27 dez. 1982.

KIKO ensaia A morta. Folha de S. Paulo, São Paulo, 11 out. 1974.

KOPKE, Carlos Burlamaqui. Faces descobertas. São Paulo, Martins, 1944.

KUPFER, J.P. A revolução entra em cena. Fatos e Fotos, Rio de Janeiro, 8 fev. 1968.

L.M. Atualidade de Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 25 out. 1954.

LAGE, Miriam. A homenagem da televisão. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 18 out. 1984.

LANDO, Vivien. As aventuras do Rei da vela. Folha de S. Paulo, São Paulo, 9 jan. 1983. Folhetim.

LEI TE, Sebastião Uchoa. Oswald, a flauta e o violão. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 22 jun. 1946.

LEI TE, Sebastião Uchoa. Participação da palavra poética. Rio de Janeiro, Petrópolis, Vozes, 1966.

LEMOS, Pinheiro de. Um antropófago com fome. O Globo, Rio de Janeiro, 30 nov. 1954.

LEMOS, Tite. A guinada de José Celso. Revista da Civilização Brasileira, Rio de Janeiro, 2 jul. 1968. p. 115-29.

LESSA, Elsie. A platéia e 'O rei da vela'. O Globo, Rio de Janeiro, 15 jan. 1968.

LESSA, Elsie. O rei da vela. O Globo, Rio de Janeiro, 1968.

LEWIN, W. Oswald de Andrade, o polemista sem ressentimentos. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 31 jul. 1971.

LIMA, Alceu Amoroso. Poesia Pau Brasil. In: Estudos Literários. Rio de Janeiro, Aguilar, 1966. p. 914-27.

LIMA, Jorge da Cunha. Quem é o homem do povo? Folha de S. Paulo, São Paulo, 13 nov. 1984.

LIMA, Luis Costa. Oswald de Andrade. In: Poetas do modernismo. Brasília, INL, 1972. p. 23-97.

LIMA, Mariangela Alves. Uma arte violenta cheia de arestas. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 21 out. 1979.

A LINGUAGEM cinematográfica de Oswald de Andrade e Guimarães Rosa. Jornal de Letras, São Paulo, jun. 1967.

LINGUANOTO, Daniel. Perdeu o apetite o terrível antropófago. Manchete, Rio de Janeiro, 17 abr. 1954.

LINHARES, Temístocles. Um homem autêntico. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 31 out. 1954.

LINHARES, Temístocles. Sobre o romance, o Sr. Oswald de Andrade e Marco zero. Folha da Manhã, São Paulo, 5 jul. 1945.

LINS, Alvaro. Literatura e vida literária. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1963. p. 54,103.

LINS, Edson. História e crítica da poesia brasileira. Rio de Janeiro, Ariel, 1937. p. 31-2, 179-80, 204-5.

LITRENTO, Oliveiras. Oswald de Andrade. Jornal do Comércio, Recife, 7 nov. 1954.

LOPES, Ruth Silviano Brandão. Os condenados de Oswald de Andrade. Minas Gerais, Belo Horizonte, 24 set. 1977. Suplemento Literário, p. 5.

LUCAS, Fábio. Oswaldianas. D.O. Leitura, São Paulo;· 10 nov. 1984.

MCBRIDE, Maria Olivia. Os condenados de Oswald de Andrade, obra de vanguarda. Minas Gerais, Belo Horizonte, 8 jul. 1972. Suplemento Literário.

MACHADO, Lourival Gomes. Testemunho reconfirmado. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 fev. 1962. Suplemento Literário.

MACHADO FILHO, Aires da Mata. Revista da Antropofagia e novo livro de poemas. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 15 fev. 1976.

MACIEL, Luis Carlos. A volta de Oswald de Andrade. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 14 out. 1967. Caderno B.

MAFFEI, Eduardo. Explicações sobre o intelectual político. Folha de S. Paulo, São Paulo, 22 dez. 1980.

MAGALDI, Sábato. Aplaudir ou chamar os bombeiros, o desafio ainda atual do seu teatro. Jornal da Tarde, São Paulo, s.d.

MAGALDI, Sábato. Defesa de Oswald. Veja, São Paulo, 27 dez. .1972.

MAGALDI, Sábato. É um rei da irreverência. Jornal da Tarde, São Paulo, 3 out. 1967.

MAGALDI, Sábato. Panorama do teatro brasileiro. São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1962.

MAGALDI, Sábato. Teatro: Marco zero. In: Andrade, Oswald. O rei da vela. São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1967. p. 7-16.

MAGALDI, Sábato. O teatro de Oswald de Andrade. São Paulo, USP, 1979. (Tese de Doutoramento).

MAGALHÃES, Ligia Cadermatori. O fragmentarismo de Oswald de Andrade. Correio do Povo, Porto Alegre, 24 abr. 1971.

MAGALHÃES, Ligia Cadermatori. O romance precursor e poema permanente. Correio do Povo, Porto AIegre, 15 abr. 1982. Caderno de Sábado.

MAHARG, James. From Romanticism to Modernism: The "poemas-piadas" of Oswald de Andrade as parodies. Luso-Brazilian Review, Wisconsin 13 (2): 220-30, 1976.

A MAJESTADE desse rei. Artes, São Paulo, s.d.

MANIFESTOS Modernistas - Oswald de Andrade e outros. Revista do Livro, Rio de Janeiro, dez. 4:183-204, 1959.

MARSCHNER, João. Depoimentos: Oswald de Andrade no cotidiano. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 24 out. 1964. Suplemento Literário.

MARTINS, Heitor. A anatomia de Serafim Ponte Grande. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 15 fev. 1969 . Suplemento Literário.

MARTINS, Heitor. Canibais europeus e antropófagos brasileiros. Minas Gerais, Belo Horizonte, 9 nov. 1968. Suplemento Literário.

MARTINS, Heitor. Canibais europeus e antropófagos brasileiros 11. Minas Gerais, Belo Horizonte, 16 nov. 1968. Suplemento Literário.

MARTINS, Heitor. Oswald de Andrade e os outros. São Paulo, Conselho Estadual de Cultura, 1973.

MARTINS, Heitor. Oswald de Andrade na Sorbonne. Minas Gerais, Belo Horizonte, 20 abr. 1968. Suplemento Literário.

MARTINS, Heitor. A pista inexistente de Serafim Ponte Grande. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 26 abr. 1969. Suplemento Literário.

MARTINS, Lineu. Oswald de Andrade. Revista do Globo, Porto Alegre, 13/28, nov. 1954.

MARTINS, Luis. "Amicus Plato"... O Estado de S. Paulo, São Paulo, 3 out. 1959. Suplemente Literário.

MARTINS, Luis. O mundo oculto do Pau Brasil. Folha de S. Paulo, São Paulo, 21 mar. 1982. Folhetim.

MARTINS, Luis. Oswald de Andrade jornalista I. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 28 out. 1961.

MARTINS, Luis. Oswald de Andrade jornalista 11. O Estado de S. Paulo, São Paulo, II nov. 1961. Suplemento Literário, p. 4.

MARTINS, Wilson. A crítica em 1922. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 fev. 1962: Suplemento Literário, p. 3.

MARTINS, Wilson. Fontes oswaldianas. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 19 maio 1974. Suplemento Literário.

MARTINS, Wilson. Mestre da releitura. O Estado de São Paulo, São Paulo, 11 abr. 1971.

MARTINS, Wilson. Miramar wake. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 10 jul. 1965.

MARTINS, Wilson. O modernismo. São Paulo, Cultrix, 1967. p. 241-9.

MARTINS, Wilson. O paradoxo oswaldiano 11. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 31 mar. 1984.

MARTINS, Wilson. O pirata do Lago Léman. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 25 abr. 1971.

MARTINS, Wilson. Um radical 11. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 3 dez. 1966. Suplemento Literário.

MARTINS, Wilson. A semana como notícia. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 fev. 1972 . Suplemento Literário.

MAURÍCIO, Jayme. Tarsila, Pau Brasil, antropofagia e pintura social. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 10 abr. 1969.

MENDES, Lauro Belchior. A escrita de um homem sem profissão. O Eixo e a Roda, Belo Horizonte, UFMG. 4:53-8, nov. 1985.

MENDES, Lauro Belchior. O discurso antropofágico de Serafim Ponte Grande. Belo Horizonte, UFMG, dez. 1977 . (Dissertação de mestrado).

MENDES, Lauro Belchior. A evolução ideológica de uma escrita: Os condenados. O Eixo e a Roda, Belo Horizonte, 5:11-23, nov. 1986.

MENDES, Lauro Belchior. la representation de la societé bresilienne et la recherche d'un nou­ veau langage littéraire dans l'oeuvre romanesque d'Oswald de Andrade. Paris 111, 1983. (Tese de doutoramento).

MENDES, Lauro Belchior. As manchas do jabuti no Manifesto antropófago. (artigo em cópia xerográfica).

MENDES, Nancy Maria. Estudo de textos do Caderno de um aluno de poesia de Oswald de Andrade. Minas Gerais, Belo Horizonte, 26 mar. 1977. Suplemento Literário.

MENDONÇA, Antonio Sérgio. Re-leitura de Oswald. Revista de Cultura Vozes, Petrópolis, maio 1972. p. 31-8.

MENDONÇA, Antonio Sérgio. Poesia de vanguarda no Brasil- de Oswald de Andrade ao concretismo e o poema processo. Petrópolis, Vozes, 1970. p. 3-8.

MENDONÇA, Antonio Sérgio e Sá, Alvaro de. Poesia de vanguarda no Brasil. De Oswald de Andrade ao poema visual. Rio de Janeiro, Antares, 1983. p. 33-51.

MENDONÇA, Nádia e outros. O manifesto Pau Brasil. Revista Convergência, Rio de Janeiro, Real Gabinete Português de Leitura, jul./dez. 1978. p. 105-44.

MENDONÇA, Paulo. O rei da ·vela I. Folha de S. Paulo, São Paulo, 3 out. 1967.

MENDONÇA, Paulo. O rei da vela 11. Folha de S. Paulo, São Paulo, 5 out. 1967.

MEU encontro com Oswald de Andrade. A Tarde, Ribeirão Preto, 27 out. 1954. A Tarde Literária.

MICHALSKI, Yan. Considerações em torno do "rei" I. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 16 jan. 1968.

MICHALSKI, Yan. Considerações em torno do "rei" 11. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 17 jan. 1968.

MICHALSKI, Yan. Oswald de Andrade revivido de muitas maneiras 30 anos depois. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 18 out. 1984.

MICHALSKI, Yan. Um rei ameaça as instituições, Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 14 jul. 1968.

MICHALSKI, Yan. O rei da raiva. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 16 fev. 1971.

MILLIET, Sérgio. Diário crítico. São Paulo, Brasiliense, 1944. p. 25-7.

MILLIET, Sérgio. Diário crítico. São Paulo, Martins, 1964. p. 56-61.

MILLIET, Sérgio. Homenagem a Oswald de Andrade. A Manhã, Rio de Janeiro, 9 abr. 1950. Letras e Artes, 4(160).

MILLIET, Sérgio. A poesia de Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 24 out. 1964.

MILLIET, Sérgio. A poesia de Oswald de Andrade. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, 6 nov. 1954. p. 25-31.

MINAS e a poesia de Oswald de Andrade. Minas Gerais, Belo Horizonte, 10 dez. 1966. Suplemento Literário.

MIRAMAR em Londres. Invenção, São Paulo, 6 (5):117, dez. 1966.

MIRANDA, Wander Melo. A constituição pela paródia em Oswald de Andrade. Minas Gerais, Belo Horizonte, 3 fev. 1979. Suplemento Literário.

MONTELLO, Josué. O poeta fidalgo. Jornal do Comércio, São Paulo, 19 set. 1963.

MONTENEGRO, Olívio. As confissões de Oswald de Andrade. Diário de S. Paulo, São Paulo, 1 jan. 1955.

MORAES neto, Prudente de e HOLLANDA, Sérgio Buarque de. Oswald de Andrade - Memórias sentimentais de João Miramar. Estética, Rio de Janeiro, jan./mar. 1925. p. 218-22.

MORAIS, Meneses de. A marcha das utopias. Correio Brasiliense, Brasília, 10 fev. 1983.

MORANCA, Paolo. Arredores da crítica. Folha da Tarde, São Paulo, 21 maio 1982.

MOREIRA, Maria Eunice. A cosmo miramarina visão: uma leitura de Memórias sentimentais de João Miramar. Letras & letras, Uberlândia, 2(1 ), mar. 1986.

MORSE, Richard M. Triangulating two cubists: William Carlos Williams and Oswald. latin American literary Review, Pittsburgh, 14(27), jan/jun. 1986.

MONTENEGRO, Olívio. As confissões de Oswald de Andrade. O Jornal, Rio de Janeiro, 28 nov. 1954.

MORICONI Júnior, ltalo. Intelectuais. poder. nacionalidade e discurso oswaldiano. PUC, Rio de Janeiro, maio 1980. (dissertação de mestrado).

MOTA FILHO, Cândido. Ponta de Lança. In: Contagem regressiva. Rio de Janeiro, José Olympio, 1972.

MOTA FILHO, Cândido. A rebeldia sem complexos, s.n.t.

MOTA FILHO, Cândido. A semana literária. Correio Paulistano, São Paulo, 20 ago. 1922.

"A MORTA" ou a volta de Osvald de Andrade. Folha de S. Paulo, São Paulo, 23 out. 1974.

MOURÃO, Rui. A instauração de uma vanguarda brasileira 11. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 31 jan. 1970. Suplemento Literário.

MOURÃO, Rui. Mário versus Oswald. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 18 jul. 1971.

MOUTINHO, José Geraldo Nogueira. Antropofagia, agora também em francês. Folha de S. Paulo, São Paulo, 12 jul. 1982.

MOURÃO, Rui. Oswald já é um clássico.s.n.t.

MOURÃO, Rui. Oswald Mir amar. Folha de S. Paulo, São Paulo, 25 out. 1954.

MUCCIOLO, Genaro. A volta de João Miramar. Cadernos Brasileiros, Rio de Janeiro, 7(27), jan./fev. 1965.

N.P. Notas avulsas. Jornal do Comércio, Recife, 4 nov. 1954.

NINC, Frank. São Paulo - Paris - Oswald de Andrade. Les Nouvelles littéraires, Paris, 14 jul. 1928.

NOITE do Rei da vela foi sucesso no Oficina. Folha de S. Paulo, São Paulo, 30 set. 1967 .

NOVA antologia da poesia de São Paulo. Diário da Noite, São Paulo, s.d.

NOVAIS, Frederico de. Do Pau Brasil até a antropofagia: duas fases de um movimento. O Globo, Rio de Janeiro, 13 fev. 1982.

NUNES, Benedito. Antropofagia ao alcance de todos. In: ANDRADE, Oswald de. Do Pau Brasil à antropofagia e às utopias. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1972. p. XI-LIII.

NUNES, Benedito. Apollinaire, Cendrars e Oswald I. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 7 fev. 1971. Suplemento Literário.

NUNES, Benedito. Apollinaire, Cendrars e Oswald 11. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 14 fev. 1971. Suplemento Literário.

NUNES, Benedito. A crise da filosofia messiânica. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 24 out. 1954. Suplemento Literário, p. 6.

NUNES, Benedito. Homem de muita fé. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 10 out. 1971.

NUNES, Benedito. A marcha das utopias. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 8 abr. 1967.

NUNES, Benedito. A margem de uma lembrança. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 27 dez. 1970. Suplemento Literário.

NUNES, Benedito. A metáfora lancinante. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 13 jan. 1968. Suplemento Literário.

NUNES, Benedito. O modernismo e as vanguardas I. Minas Gerais, Belo Horizonte, 26 abr. 1969. Suplemento Literário.

NUNES, Benedito. O modernismo e as vanguardas 11. Minas Gerais, Belo Horizonte, 3 maio 1969. Suplemento Literário.

NUNES, Benedito. O modernismo e as vanguardas 111. Minas Gerais, Belo Horizonte, 10 maio 1969. Suplemento Literário.

NUNES, Benedito. O modernismo e as vanguardas IV. Minas Gerais, Belo Horizonte, 17 maio 1969. Suplemento Literário.

NUNES, Benedito. Oswald Canibal. So Paulo, Perspectiva, 1979.

NUNES, Benedito. Ponta de Lança. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 21 nov. 1971. Suplemento Literário.

NUNES, Benedito. O retorno à antropofagia. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 26 dez. 1971. Suplemento Literário.

NUNES, Benedito. Sob as ordens da mamãe. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 16 maio 1964. Suplemento Literário.

NUNES, Cassiano. A grandeza e a miséria de Oswald de Andrade. A Gazeta, Brasília, 28 out. 1984.

NUNES, Cassiano. A grandeza e a miséria de ser de Oswald de Andrade 11. Correio Brasiliense, Brasília, 24/27 fev. 1981.

OBINO, Aldo. Oswald de Andrade, o antropofagista. Correio do Povo, Porto Alegre, 30 nov. 1954.

OBRAS Completas de Oswald dAndrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 26 set. 1970.

OLIVEIRA, Franklin de. A emergência do novo. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 20/21 fev. 1972. p. 4-5.

OLIVEIRA, Franklin de. Modernismo e crise da consciência pequeno-burguesa no Brasil. s.n.t. OLIVEIRA, José Carlos. A aventura paulista. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 19 abr. 1963.

OLIVEIRA, Franklin de. Oswald de Andrade - antropofagia libertadora. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 5 dez. 1970.

OLIVEIRA, Franklin de. O rei da vela. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro,18 out. 1967. Caderno B, p. 3.

OSWALD. Algumas de suas memórias sentimentais (inéditas) e uma outra (também inédita) de seu filho Rudá. Afinal, São Paulo, 23 out. 1984.

OSWALD de Andrade. Invenção, São Paulo, 3(4):37-51, dez. 1964.

OSWALD de Andrade. Folha da Manhã, São Paulo, 4 abr. 1948.

OSWALD de Andrade. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 19 out. 1974.

OSWALD de Andrade: a difícil tradução para o inglês. Jornal da Tarde, São Paulo, 2 jun. 1980.

OSWALD de Andrade em adaptação livre. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 28 mar. 1979.

OSWALD de Andrade está na moda. Revista do Globo, Porto Alegre,1950.

OSWALD de Andrade: Idéias. Jornal de letras, São Paulo, fev/mar. 1973.

OSWALD de Andrade mandou dizer. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 19 mar. 1972.

OSWALD de Andrade, "não querendo desfazer dos outros". Flan, s.n.t.

OSWALD de Andrade: poesia de originalidade e síntese. Correio Paulistano, São Paulo, 3 jan. 1954.

OSWALD de Andrade- A estrela de absinto. Verde, Cataguazes, jan. 1928.

OSWALD - um autor sob a mira da polêmica. Minas Gerais, Belo Horizonte, 4 jan. 1969. Suplemento Literário.

OSWALD: uma correspondência. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 7 dez. 1968.

OSWALD o devorador de homens. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 5 dez. 1970.

OSWALD, o garoto propaganda de 22. Folha de S. Paulo., São Paulo, 14 fev. 1982.

OSWALD, numa jovem visão "antropofágica". Folha de S. Paulo, São Paulo, 30 mar. 1979.

OSWALD e Pagu, abalando São Paulo. Jornal da Tarde, São Paulo, s.d.

OSWALD volta ao municipal. Folha de S.Paulo, São Paulo, 30 jun. 1980.

PACHECO, Diogo. A música da semana. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 fev. 1962. Suplemento Literário.

PAES, José Paulo. O menino inconsolável diante do mundo. O Tempo, São Paulo, 21 nov. 1954.

PEIXOTO, Fernando. De como se alimenta e se preserva um caráter gangrenado. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 23 set. 1967. Suplemento Literário, p. 5.

PEIXOTO, Fernando. Uma dramaturgia lúcida e radical. In: ANDRADE, Oswald de. O rei da vela. Siio Paulo, Difusão Européia do Livro, 1967.

PEIXOTO, Fernando. Por um teatro contra a chatologia pueril. D.O. Leitura, São Paulo, 11 nov. 1984.

PEIXOTO, Silveira. Oswald de Andrade, o devorador de homens. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 20 jan. 1968.

PEIXOTO, Silveira. Oswald de Andrade é um saci-pererê. Gazeta Magazine, São Paulo, 21 set.1941.

PENNA, J.O. de Meira. O menino impossível sob as ordens da mamãe. Jornal do Brasil. Rio de Janeiro, 5 jan. 1974.

PERALVA, Osvaldo. Oswald e Picabia. Folha de S. Paulo, São Paulo, 24 out. 1984.

PEREIRA, Antonio Olavo. Oswald, homem sem maldade. Diário de S. Paulo, São Paulo, 21 nov. 1954.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. Un grand écrivain joyeux. la Ouinzaine Littéraire, Paris, 13/31 jul. 1982.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. La Revue d'Antropophagie (1ere et 2ême dentitions) et Ie modernisme brésilien. La Ouinzaine Littéraire, Paris, 1 jun. 1979.

PICABIA, Oswald & Granato. s.n.t., 13 jun. 1982.

PICCHIO, Luciana Stegnano. Antropofagia: dalla letteratura ai mito e dal mito alia letteratura. letteratura d'America, Roma, 2, ago. 1981. p. 5-43.

PICCHIO, Luciana Stegnano. la letteratura brasiliana. Milano, Sansoni Accademia, 1972. p. 478-88.

PIGNATARI, Décio. Contracomunicação. São Paulo, Perspectiva, 1971.

PIGNATARI, Décio. Marco zero de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 24 out. 1964.

PIGNATARI, Décio. A mente e o ícone. Folha de S.Paulo, São Paulo, 26 out. 1984.

PIGNATARI, Décio. Oswald de Andrade: riso (clandestino) na cara da burrice. Jornal do Centro de Ciências letras e Artes, Campinas, out. 1958.

PIGNATARI, Décio. Oswald e os tabus brasileiros. Folha de S. Paulo, São Paulo, 19 out. 1984.

PIGNATARI, Décio. Psicografando Oswald de Andrade. Folha de S.Paulo, São Paulo, 27 jun. 1982. Folhetim.

PIMENTEL, Cyro. Imagens de Oswald. Diário de S.Paulo, São Paulo, 21 nov. 1954.

PINHEIRO, Amalia. A persistência de Oswald de Andrade. O Dia, Rio de Janeiro, 22 abr. 1979.

PINTO, José Hernani. A quinta verdade no jornalismo de Oswald. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 24 out.1976.

A PINTURA modernista vista por uma pintora modernista. O Jornal, Rio de Janeiro, ago. 1926.

PIRES, Herculano. O banqueté antropofágico. Diário da Noite, São Paulo, 9 out. 1954. p. 4.

PIRES, Herculano. Teve um episódio com Deus. Diário da Noite, São Paulo, 30 out. 1954.

O PIRRALHO uma revista de transição. A Gazeta, São Paulo, 13 fev. 1954.

PIZZARRO, Ana e RUSSOTO, Margara. les discours anthropophages de l'avant-garde latino-américaine. lendemains, Kêlan, 27, 1982.

POLVORA, Hélio. Oswald de Andrade um exercfcio de nostalgia. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 26 dez. 1974.

POLVORA, Hélio. Tuby or not tuby. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 3 dez. 1969.

PONCIANO, Antonio Alves. Oswald e revalorização. Mirante das Artes, etc, São Paulo, jun. 1967. p. 29.

PONTES, Mário. Oswald, a exata medida de um iconoclasta. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 27 mar. 1971.

PRADO, Décio de Almeida. A encenação de O rei da vela. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 out. 1967.

PRADO, Décio de Almeida. Uma perspectiva crítica sobre Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 8 out. 1967.

PRADO, Décio de Almeida. O teatro. In: ÁVILA, Affonso. O Modernismo. São Paulo, Perspectiva, 1975. p. 139-50.

PRADO, Paulo. O momento. Revista do Brasil, Rio de Janeiro, abril 1924. p. 289-90.

PRADO, Paulo. Poesia Pau Brasil. Revista do Brasil, Rio de Janeiro, out. 1924. p. 108-11.

PRADO, Paulo. Prefácio de Pau Brasil. A Tribuna, Santos, 31 out. 1954.

PRADO, Yan de Almeida. Mário e Oswald por... Shopping News, São Paulo, 1230, 7 mar. 1976.

QUARENTA anos depois. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 fev. 1962. Suplemento Literário, p. 1.

O OUE se queria, disse Oswald de Andrade: a perspectiva de uma ordem visual. s.n.t.

O QUE Zumbi quer. Diário Carioca, Rio Janeiro, 16 mar. 1952.

QUEIROZ, Rachei de. Crônica partida em duas. O Cruzeiro, Rio de Janeiro, 13 nov. 1954.

R.B. Oswald. s.n.t., 24 out. 1954.

RAMOS, Graciliano. Conversa de livraria. In: Linhas Tortas. São Paulo, Martins, 1962. p. 164.

RAMOS, Péricles Eugenio da Silva. O Correio Paulistano e o movimento modernista. Correio Paulistano, São Paulo, 26 jun. 1949

RAMOS, Péricles Eugenio da Silva. O modernismo na poesia. In: COUTINHO, Afranio. A literatura no Brasil. Editorial Sul América, Rio de Janeiro, 1968. p. 511-4.

RAMOS, Péricles Eugenio da Silva. Poesia Moderna. São Paulo, Melhoramentos, 1967. p. 11-27,61-80.

RAMOS, Péricles Eugenio da Silva. Semana: inventário e manifesto. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 27 fev. 1972. Suplemento Literário, p. 1.

RAPOSO, Cursino. O radical Oswald de Andrade. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 8 jun. 1968.

RAWET, Samuel. Teatro no modernismo. Oswald de Andrade. In: COELHO, Saldanha, org. Modernismo: estudos crfticos. Rio de Janeiro, S.E., 1954. p.101-11.

REGO, José Lins do. A agonizante, s.n.t.

REGO, José Lins do. Um espírito inoxidável. Di6rio de S. Paulo, São Paulo, 21 nov. 1954.

REGO, José Lins do. As memórias de Oswald de Andrade. O Jornal, Rio de Janeiro,21 jul. 7954.

REGO, José Lins do. Oswald de Andrade. O Globo, Rio de Janeiro, 26 out. 1954.

REY, Marcos. Um antropófago de cadillac. O Tempo, São Paulo, 23 out. 1954.

RIBEIRO, Gilvan P. Oswald: um modernista na Vanguarda. Hora, Juiz de Fora, 2(2), dez. 1977.

RIBEIRO, João. Oswald de Andrade. In: Critica. Rio de Janeiro, Ed. da Academia Brasileira de Letras, 1952. p. 90-8.

RIBEIRO, João. Registro literário: O. de Andrade, Serafim Ponte Grande. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 13 set. 1933.

RIBEIRO, Léo Gilson. Com seus livros irreverentes e às vezes violentos, Oswald de Andrade teve enorme influência em nossa literatura. s.n.t.

RIBEIRO, Léo Gilson. Oswald de Andrade, o incoerente. D. O. Leitura, São Paulo, 9 nov. 1984.

RIBEIRO, Léo Gilson. Oswald de Andrade, 25 anos da morte e nenhum consenso. Jornal da Tarde, São Paulo, 20 out. 1979.

RIBEIRO, Maria Lúcia Campanha da Rocha. Um teatro por fazer: a síntese da vanguarda em Oswald de Andrade. Rio de Janeiro, UFRJ, 1979. (Dissertação de mestrado).

RICARDO, Cassiano. O "neo-indianismo" de Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 21 dez. 1963. Suplemento Literário.

RICARDO, Cassiano. Oswald de Andrade, o descobridor do menestrel. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 22 out. 1972. Suplemento Literário.

RICARDO, Cassiano. Algumas reflexões sobre poética de vanguarda. Rio de Janeiro, José Olympio, 1964. p. VII-VIII.

RIZZINI, Jorge. Um antropófago moderno: Oswald de Andrade. Correio Paulistano, São Paulo, 24 out. 1954.

RODRIGUES, Nelson. O venerando animal. Última Hora, São Paulo, 9 jun. 1952.

RODRIGUES, Teresa Cristina. O segundo incêndio do Oficina. O rei da vela. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 20 out. 1967.

RODRIGUES MONEGAL, Emir. Carnaval/Antropofagia/Paródia. Revista Ibero Americana, Madrid, 108, jun./dez. 1979.

RODRIGUES MONEGAL, Emir. Tupi or not tupi, that is the question. Diacritics, lthaca, set. 1977. p. 82-3.

ROIG, Adrien. Une nouvelle "rencontre" Oswald de Andrade - Blaise Cendrars: interprétation du poeme "Morro Azul". Caravelle, Toulouse, 33, 1979. Separata.

ROUCHOU, Joêlle. Serafim Ponte Grande. A irreverência de Oswald de Andrade no Teatro Villa-Lobos. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 13 ago. 1982.

ROVAI, Alberto. Um espírito que não achou a si mesmo. O Tambaú, Tambaú, 7 nov. 1954.

SABÓIA, Napoleão. Oswald confirmou a originalidade da literatura brasileira. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 28 nov. 1982. Suplemento Cultural, p. 10-2.

SALGADO, Plínio. Impressões de leitura. Novíssima, São Paulo, s.d.

SALLES, Fritz Teixeira. Das razões do modernismo. Rio de Janeiro, Brasília, 1974.

SALLES, Fritz Teixeira. Oswald de Andrade criador. Correio Brasiliense, Brasília, 2 jun. 1972.

SANDRONI, Cícero. "O homem do Pau Brasil" -A antropofagia ao alcance de todos. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 9 maio 1982.

SANT'ANNA, Affonso Romano de. Miramar, Macunaíma e ternura: o reino da infância. Revista do Conselho Estadual de Cultura de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1979. p. 27-36.

SANT'ANNA, Affonso Romano de. O variado "menu" do antropófago. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 27 jan. 1973.

SANTIAGO, Silviano. Permanência do discurso na tradição do modernismo. Jornal da Tarde, São Paulo, 29 mar. 1986. p. 6.

SANTOS, G. Ehrhardt. Ainda os condenados. A Manhã, Rio de Janeiro, 10 out. 1943.

SANTOS, Pierre. Meu encontro com Oswald de Andrade. O Tempo, São Paulo, 24 out. 1954.

O SARAMPO antropofágico. Folha de S. Paulo, São Paulo, 15 maio 1978.

SCALZO, Nilo. A semana de 22: antes e depois. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 fev. 1972. Suplemento Literário.

SCALZO, Nilo. Símbolo de sociedade em mudança. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 21 out. 1979.

SCHMIDT, Augusto Frederico. Oswald. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 26 out. 1954.

SCHWARTZ, Jorge, org. Oswald de Andrade. São Paulo, Abril, 1980. (Literatura comentada) .

SCHWARTZ, Jorge, org. Vanguarda e cosmopolitismo. São Paulo, Perspectiva, 1983. (Estudos). p. 153-98.

SERAFIM Ponte Grande. Crucial, Porto Alegre, jun. 1954.

SGANZERLA, Rogério. Pré-texto. Folha de S. Paulo, São Paulo, 5 fev. 1981.

SGANZERLA, Rogério. Testamento de OA. Folha de S. Paulo, São Paulo, 4 jan. 1982.

SILVA, Domingos C. da. A poesia em 22. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 fev. 1962. Suplemento Literário.

SILVEIRA, Alcântara. Nos bons tempos da antropofagia. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 16 jun. 1969. Suplemento Literário.

SILVEIRA, Ana Luisa. A obra de Oswald de Andrade sobrevive. O Estado, Florianópolis, 22 out. 1984.

SILVEIRA, Helena. Depoimentos sobre o incidente Oswald de Andrade - Diógenes Ribeiro de Lima. Folha da Manhã, São Paulo, 13 set. 1951.

SILVEIRA, Helena. Oswald, o comprometido da estrela. Folha de S. Paulo, São Paulo, 17 out. 1967.

SILVEIRA, Helena. Oswald, tão Brasil. Folha da Manhã, São Paulo, 28 out. 1954.

SILVEIRA, Homero. Oswald, Joyce & Companhia. Convivium, São Paulo, 28(3): 265-7, maio/jun. 1985.

SILVEIRA, Helena. Oswald-memorialista. s.n.t.

SILVEIRA, Helena. Romance e renovação. Revista da Academia Paulista de letras, São Paulo, maio 1977.

SILVEIRA, Joel. Um novo encontro com Oswald de Andrade. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 18 dez. 1971.

SOB as ordens da mamãe de Oswald de Andrade. s.n.t., 1954. (livros da semana).

A SOCIEDADE. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 24 out. 1954. p. 8.

SOUZA FILHO. Marco zero. A Gazeta, São Paulo, 11 nov. 1943.

SQUEFF, Enio. Sobriedade no almoço, boemia no jantar. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 fev. 1972.

TABELA·Mário e Oswald. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 17 dez. 1960. p. 2.

TAPAJÓS, Sérgio. Oswald. Mário e(m) teatro. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, s.d.

TELEFONEMA a Oswald de Andrade. Folha da Manhã, São Paulo, s.d.

TENORIO, Carlos Alberto. Os linguarudos. Diário Carioca, Rio de Janeiro, 13 mar. 1955.

THIOLLIER, René. Oswald de Andrade. Episódios da minha vida. São Paulo, Anhembí, 1956. p. 119-22.

THIOLLIER, René. Oswald de Andrade. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 3 dez. 1954.

THIOLLIER, René. A Semana de arte moderna. São Paulo, Cupolo, s.d.

TORRES, João C. de Oliveira. O paradoxo das revoluções brasileiras. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 20 jun. 1971. Suplemento Literário.

TORRES, Mariano. Revisão de Oswald de Andrade. Jornal da Civilização, s.l., 1 nov. 1970.

TRAVASSOS, Nelson Palma. As raizes intelectuais do nosso mal econômico. Aula Maior, nov. 1966. p. 3-4, 12, 19.

A TRILOGIA do exílio. O Mundo Literário, São Paulo, 4(11), 5 mar. 1923.

TRINTA anos de poesia. Diário de S.Paulo, São Paulo, 30 abr. 1959.

UHR, Lúcia. 30 anos sem o gênio de Oswald de Andrade. O Estado, Florianópolis, 21 out. 1984.

UM JOSÉ Celso oswaldiano. Jornal do Brasil Rio de Janeiro, 18 out. 1984.

UM REI antigo, sempre moderno. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 14 maio 1970.

UNGARETTI, Giuseppe. II deserto e dopo. Milano, Mondadori, 1961. p. 383-90.

UNGARETTI, Giuseppe. Prefazione. In: ANDRADE, Oswald de. Memorie Sentimentali di Giovanni Miramare. Milano, Feltrinelli, 1970.

VARES, Luis Pilla. Ausência de Oswald. Zero Hora, Porto Alegre, 14 mar. 1982.

VENTURA, Aglaêde Facó. João Miramar. Correio Brasiliense, Brasília, 1 jun. 1975.

VENTURA, Aglaêde Facó. João Miramar e a prosa moderna brasileira. Minas Gerais, Belo Hori- zonte, 21 fev. 1981. Suplemento Literário.

VIANA, Djalma. Gilberto, Carpeaux e Oswald. A Manhã, Rio de Janeiro, s.d.

VIDAL, Adernar. Fascinação política. O Jornal, Rio de Janeiro, 23 jan. 1955.

VILLAÇA, A. Oswald de Andrade, a presença constante do devorador. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, s.d.

VITA, Dante Alighieri. Oswald de Andrade: poesia e originalidade e síntese. Correio Paulistano, São Paulo,3 jan. 1954.

VITA, Luis Washington. Tentativa de compreensão do legado especulativo de Oswald de Andrade. Revista Brasileira de Filosofia, São Paulo, 4(4), out./dez. 1956. Separata.

VIVA a morta de Oswald de Andrade. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 22 nov. 1968.

A VOLTA de Oswald, o terrível. Visão, Rio de Janeiro, 11 dez. 1964.

XAVIER, Livio. Oswald de Andrade. A arte no horizonte do provável. Crítica, criação e informação (Invenção). O Estado de S. Paulo, São Paulo, 13 fev. 1965.

WERNERCK, Humberto. Antropofagia. Os cinqüenta anos do maior festim da cultura brasileira. Veja, 17 maio 1978.

WHITE, Erdmute Wenzel. Oswald de Andrade et la révolution des lettres brésiliennes. Texas, Univ. of Texas, 1972.

ZUCCOLOTTO, Afrânio. Três tempos de Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 20 out. 1974. Suplemento Literário.

Notícias sobre a morte

BAIXOU ontem à sepultura o corpo de Oswald de Andrade. Folha da Manhã, São Paulo, 24 out. 1954.

CALENDÁRIO do mundo. s.n.t.

CANDIDO, Antonio. As "memórias" de Oswald de Andrade. s.n.t.

CRISTINA. A morte do porta-estandarte. Diário de S. Paulo, São Paulo, 26 out. 1954.

CRISTINA. Um homem conta sua história. Diário de S. Paulo, São Paulo, 24 out. 1954.

UM DEVER dos escritores. Diário de S. Paulo, São Paulo, 2 dez. 1954.

DOIS falecimentos. s.n.t.

ESCRITORES, poetas e artistas disseram adeus a Oswald de Andrade. A Tribuna, São Paulo, 24 out. 1954.

FALECEU o escritor Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 23 out. 1954.

FALECEU o escritor Oswald de Andrade. Correio Paulistano, São Paulo, 23 out. 1954.

FALECEU o escritor Oswald de Andrade. Jornal de Piracicaba, Piracicaba, 24 out. 1954.

FALECEU o escritor Oswald de Andrade. Jornal de Alagoas, Maceió, 26 out. 1954.

FALECEU ontem o escritor Oswald de Andrade. A Gazeta, São Paulo, 23 out. 1954.

FALECEU Oswald de Andrade. um dos líderes do modernismo. O Tempo, São Paulo, 23 out. de 1954.

FALECEU Oswald de Andrade. Correio da Manhã, Rio de Janeiro, 23 out. 1954.

FALECEU Oswald de Andrade. Folha da Tarde, São Paulo, 23 out. 1954.

O FALECIMENTO de Oswald de Andrade. Diário de Piracicaba, Piracicaba, 24 out. 1954.

O FALECIMENTO de Oswald de Andrade. Jornal do Comércio, Rio de Janeiro, 30 out. 1954.

FECHA-SE com a morte de Oswald de Andrade o grande ciclo do modernismo brasileiro. Diário de S. Paulo, São Paulo, 23 out. 1954.

FREITAS, Carlos de. Marta, Oswald e o "66". Folha da Tarde, São Paulo, 11 nov. 1954.

GAMA, Maurício loureiro. Notas e notícias. Diário da Noite, São Paulo, 22 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória do escritor Oswald de Andrade. A Gazeta, São Paulo, 17 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. O Dia, São Paulo, 12 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. A Gazeta, São Paulo, 12 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. Diário de S. Paulo, São Paulo, 12 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. O Tempo, São Paulo, 12 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. A Gazeta, São Paulo, 13 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória do escritor Oswald de Andrade. A Gazeta, São Paulo, 17 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 18 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andr ade. A Gazeta, São Paulo, 18 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. Correio Paulistano, São Paulo, 18 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. Folha da Noite, São Paulo, 18 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. Folha da Tarde, São Paulo, 18 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. A Gazeta, São Paulo, 19 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. Diário da Noite, São Paulo, 20 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. Folha da Noite, São Paulo, 23 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. O Tempo, São Paulo, 23 nov. 1954.

HOMENAGEM à memória de Oswald de Andrade. A Gazeta, São Paulo, 23 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald. Diário da Noite, São Paulo, 20 nov1954.

HOMENAGEM R Oswald de Andrade. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 26 out. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. Diário de S. Paulo, São Paulo, 11 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. Diário Popular, São Paulo, 11 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. Folha da Noite, São Paulo, 11 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. Folha da Manhã, São Paulo, 11 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. O Tempo, São Paulo, 13 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. O Tempo, São Paulo, 16 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. O Tempo, São Paulo, 17 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. Correio Paulistano, São Paulo, 20 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. A Gazeta, São Paulo, 22 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. Folha da Noite, São Paulo, 22 nov. 1954.

HOMENAGEM a Oswald de Andrade. Diário Popular, São Paulo, 22 nov. 1954.

HOMENAGEM póstuma a Oswald de Andrade. Folha da Manhã, São Paulo, 20 nov. 1954.

HOMENAGEM póstuma a Oswald de Andrade. Folha da Manhã, São Paulo, 21 nov. 1954.

HOMENAGENS. O Tempo, São Paulo, 14 nov. 1954.

HOMENS que fizeram notícias. Visão, Rio de Janeiro, 1 nov. 1954.

J.l. Estante Literária. A Gazeta, São Paulo, 4 dez. 1954.

LÁGRIMAS no enterro do poeta. Última Hora, São Paulo, 25 out. 1954.

L.M. A sociedade - Oswald de Andrade. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 24 out. 1954.

LEITE, Paulo. O sal de 7 dias. Folha da Tarde, São Paulo, 30 out. 1954.

LUTO no Museu de Arte Moderna. Diário da Noite, São Paulo, 23 out. 1954.

MIRANDA, Gracita. Adeus a Oswald de Andrade. Diário de S. Paulo, São Paulo, 29 out. 1954.

MOLES, Oswaldo. Oswald de Andrade não é lembrança para estátuas. O Tempo, São Paulo, 9 nov. 1954.

MORREU, menino. Diário da Noite, São Paulo, 27 out. 1954.

MORREU Oswald de Andrade. Folha da Manhã, São Paulo, 23 out. 1954.

MORREU Oswald de Andrade. Manchete, Rio de Janeiro, 30 out. 1954.

A MORTE do líder da moderna literatura brasileira. Folha do Norte, Refém, 29 out. 1954.

A MORTE de Oswald de Andrade. Diário Carioca, Rio de Janeiro, 31 out. 1954.

MOUTINHO, José Geraldo Nogueira. Dez anos depois da morte. Folha de S. Paulo, São Paulo, 23 out. 1964.

NAZÁRIO, Joaquim Pinto. Um dever dos escritores. Diário de S. Paulo, São Paulo, 25 nov. 1954.

NOTA sobre o sepultamento de Oswald de Andrade. A Tribuna, Rio Preto, 24 out. 1954.

NOTAS avulsas. Jornal do Comércio, Recife, 14 nov. 1954.

NOTICIÁRIO. Última Hora, Rio de Janeiro, 30 out. 1954.

OLIVEIRA, Alvarus de. Homens que o Brasil perde. Diário da Noite, São Paulo, 4 nov. 1954.

OLIVEIRA, Alvarus de. Uma crônica de... Diário do Povo, Niterói, 4 nov. 1954.

ONTEM no Palácio 9 de julho. Diário do Povo, Niterói, 4 nov. 1954.

ORDEM dos advogados do Brasil. Correio Paulistano, São Paulo, 28 out.1954.

OSWALD de Andrade. Folha da Manhã, São Paulo, 24 out. 1954.

OSWALD de Andrade. Diário Popular, São Paulo, 25 out. 1954.

OSWALD de Andrade. Diário de Bauru, Bauru, 27 out. 1954.

OSWALD de Andrade - elementos sobre o homem e a obra. A Tribuna, Santos, 31 out. 1954. (29 caderno).

OSWALD de Andrade - bibliografia. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 17 nov. 1954.

PRESTADA homenagem à memória do escritor Oswald de Andrade. O Tempo, São Paulo, 24 out. 1954.

REVERENCIADA a memória de Oswald de Andrade. Correio Paulistano, São Paulo, 26 out. 1954.

RESENHA. Correio Paulistano. São Paulo, 28 nov. 1954.

OS REVOLUCIONÁRIOS de 1922. Folha da Manhã, São Paulo, 14 nov. 1954.

SÃO PAULO levou ao túmulo (em lágrimas e pranto!) o modernista mais típico. Última Hora, São Paulo, 25 out. 1954.

SERÁ homenageada a memória de Oswald de Andrade, amanhã. O Tempo, São Paulo, 21 nov. 1954.

SEPULTADO ontem Oswald de Andrade. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 24 out. 1954.

SEPULTADO Oswald de Andrade. Correio Paulistano, São Paulo, 24 out. 1954.

SEPULTAMENTO de Oswald de Andrade. Diário de S. Paulo, São Paulo, 24 out. 1954.

SETE dias. Shopping News, São Paulo, 21 nov. 1954.

TEIXEIRA, Maria de Lourdes. Duas mortes, duas atitudes. Folha da Manhã, São Paulo, 17 nov. 1954.

TEIXEIRA, Maria de Lourdes. Morre um grande escritor. Folha da Manhã, São Paulo, 23 out. 1954.

THOMAZ, Joaquim. Registro Literário. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 1 dez. 1954.

TOLEDO, Flávio Xavier de. Raio X da Câmara. Última Hora, São Paulo, 19 nov. 1954.

VIDA literária. Diário de S.Paulo, São Paulo, 31 out. 1954.

SOBRE Oswald de Andrade e sua obra. Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, 6 nov. 1954.

TUDO sobre. O Tempo, São Paulo, 28 nov. 1954.

Poemas dedicados ao Escritor.

LAURA, Ida. ParR Oswald de Andrade. Diário de S. Paulo, São Paulo, 8 out. 1967.

NAZARIO, Joaquim Pinto. Canto contra a morte de Oswald de Andrade. Diário de S.Paulo, São Paulo, 21 nov. 1954.

SILVA, Domingos Carvalho da. Elegia para Oswald. Diário de S. Paulo, São Paulo, 21 nov.1954.

ZUCCOLOTTO, Afranio. Viva Oswald. Diário de S. Paulo, São Paulo, 21 nov. 1954.

Caricaturas, desenhos e retratos.

ALVARUS. Caricatura. (?)

BELMONTE. Caricatura. 1922.

CATALDI. Caricatura. 1920.

DARCY PENTEADO. Caricatura. 1954.

DARCY PENTEADO. Retrato. 1954.

DI CAVALCANTI. Caricatura. 1941.

DI CAVALCANTI. Desenho-caricatura em aquarela. 1922.

FERRIGNAC. Caricatura. 1918.

FLÁVIO DE CARVALHO. Óleo. 1939.

FLÁVIO DE CARVALHO. Óleo s/ tela. 1939.

HERMENEGILDO SABAT. Desenho. 1981.

JEROL Y. Caricatura. 1918.

LASAR SEGALL. Retrato. (?)

OSWALD DE ANDRADE FILHO. Retrato. Óleo s/ tela. 1952.

OSWALD DE ANDRADE FILHO. Traço. 1949.

PACHECO. Desenho. 1954.

PETCHÓ. Desenho. 1974.

TARSILA. Desenho. Lápis s/ papel (31 x 24,2). 1923.

TARSILA. Desenho. Lápis s/ papel (34 x 23,9). 1923.

TARSILA. Desenho. Lápis s/ papel pautado. 1924.

TARSILA. Desenho (esboço de Oswald). 1923.

TARSILA. Desenho (Oswald dormindo). Lápis s/ papel. 1925.

TARSILA. Desenho (perfil). Lápis s/ papel. 1923.

TARSILA. Óleo s/ tela. 1922.

TARSILA. Óleo s/ tela. 1923.

VEIGA. Retrato. 1971.

VILMAR. Caricatura. (?)

VOLTOLINO. Caricatura. 1916.

Este levantamento bibliográfico foi coordenado pela organizadora do número e contou com a colaboração de Vania Regina Personeni.

Downloads

Publicado

2012-11-01

Como Citar

BOAVENTURA, M. E. Fortuna Crítica. Remate de Males, Campinas, SP, v. 6, p. 99–127, 2012. DOI: 10.20396/remate.v6i0.8636345. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8636345. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Fotocronologia