Banner Portal
Semana de Arte Moderna: o que comemorar?
PDF

Palavras-chave

Teoria Literária. Crítica literária. Semana de Arte Moderna.

Como Citar

BOAVENTURA, Maria Eugenia. Semana de Arte Moderna: o que comemorar?. Remate de Males, Campinas, SP, v. 33, n. 1-2, p. 23–29, 2015. DOI: 10.20396/remate.v33i1-2.8636444. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8636444. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

O texto trata das polêmicas em torno da Semana de Arte Moderna: os debates entre os escritores Oswald de Andrade e Menotti del Picchia, na imprensa; seu longo planejamento e estratégias adotadas com o suporte da elite econômica paulista.
https://doi.org/10.20396/remate.v33i1-2.8636444
PDF

Referências

AMARAL, Aracy. Artes plásticas na Semana de 22. São Paulo: Perspectiva, 1970.

BASTOS, Eliana. A Semana de Arte Moderna e o Armory Show. Campinas: UNICAMP, 1991.

BATISTA, Marta Rossetti et al. Brasil: 1º Tempo Modernista – 1917-1929. São Paulo: IEB, USP, 1972.

BOAVENTURA, Maria Eugenia. 22 por 22. A Semana de Arte Moderna vista pelos seus contemporâneos. São Paulo: EDUSP, 2000.

BRITO, Mário da Silva. História do modernismo brasileiro: antecedentes da Semana de Arte Moderna. São Paulo: Saraiva, 1958.

CAMARGOS, Márcia. Entre o aplauso e a vaia. São Paulo: Boitempo, 2002.

COELHO, Frederico. A semana sem fim. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2012.

COUTO, [Rui] Ribeiro. Espírito de São Paulo. Rio de Janeiro: Schmidt, 1932.

DEL PICCHIA, Menotti. Menotti del Picchia, o gedeão do modernismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1983.

GONÇALVES, Marcos Augusto. 1922: a semana que não terminou. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

NAPOLI, Roselis de. 1922/1972: a semana permanece. São Paulo: EDUSP, 1980. 3 vols.

PLACER, Xavier. Modernismo brasileiro. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional, 1972.

PRADO, Yan de Almeida. A Semana de Arte Moderna. São Paulo: Edart, 1976.

Licença Creative Commons
O periódico Remate de Males utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.