As primeiras fichas do modernista Mário de Andrade

Autores

  • Tatiana Longo Figueiredo Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v33i1-2.8636455

Palavras-chave:

Teoria Literária. Mário de Andrade. Semana de Arte Moderna.

Resumo

Acompanhando as citações e menções do “Prefácio interessantíssimo” de Pauliceia desvairada, primeiro livro do modernista Mário de Andrade, o artigo busca verificar as matrizes na biblioteca do escritor e documentos no Fichário analítico que respaldaram sua criação. Sem contar com fichas de leitura seria bastante difícil a empreitada de escrever o “Prefácio Interessantíssimo”, esforço de síntese ao explicar a nova poética e ao demonstrar o contato com as vanguardas europeias. Possivelmente, esse momento inaugura o Fichário analítico, manuscrito formado em mais de duas décadas, com 9.634 documentos, elencados por assunto em dez divisões e que materializa a necessidade de reunir e ordenar coerentemente fontes de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiana Longo Figueiredo, Universidade de São Paulo

Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo (bolsista FAPESP de pós-doutorado)

Referências

ALVARENGA, Oneyda (org.). Mário de Andrade e Oneyda Alvarenga: cartas. São Paulo: Duas Cidades, 1983.

ANDRADE, Mário de. A escrava que não é Isaura. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2010.

ANDRADE, Mário de. Aspectos da literatura brasileira. São Paulo: Livraria Martins Editora, s.d.

ANDRADE, Mário de. Namoros com a medicina. 4ª ed., São Paulo/ Belo Horizonte: Martins/ Itatiaia, 1980.

ANDRADE, Mário de. Pauliceia desvairada. 1ª ed. São Paulo: Casa Mayença Editora, 1922. In: Caixa modernista. Jorge Schwartz (org.). São Paulo: Edusp/ Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

ANDRADE, Mário de. Vida literária. Pesquisa, estabelecimento de texto, introdução e notas por Sonia Sachs. São Paulo: Hucitec; Edusp, 1993.

BATISTA, Marta Rossetti; LOPEZ, Telê Porto Ancona; LIMA, Yone Soares de. Brasil: 1º tempo modernista – 1917/29: Documentação. São Paulo: Instituto de Estudos Brasileiros, 1972.

BATISTA, Marta Rossetti. Coleção Mário de Andrade: artes plásticas. 2ª ed. rev. e ampl. São Paulo: Instituto de Estudos Brasileiros, 1998.

BOAVENTURA, Maria Eugenia (org.) 22 por 22: a Semana de Arte Moderna vista pelos seus contemporâneos. São Paulo: Edusp, 2000.

BRITO, Mário da Silva. História do Modernismo brasileiro: antecedentes da Semana de Arte Moderna. 3ª ed. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1971.

ESCOREL, Lilian. L’Esprit Nouveau nas estantes de Mário de Andrade. São Paulo: Humanitas/ Fapesp, 2011.

FERNANDES, Lygia, org. Mário de Andrade escreve a Alceu, Meyer e outros. Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1968.

FERNANDES, Lygia, org. Klaxon: mensário de arte moderna. Edição fac-similar. Introdução: Mário da Silva Brito. São Paulo: Livraria Martins, 1972.

INOJOSA, Joaquim. O Movimento Modernista em Pernambuco. Rio de Janeiro: Gráfica Tupi, 1969.

MATTAR, Denise (org.). No tempo dos modernistas: D. Olívia Penteado, a Senhora das Artes. São Paulo: FAAP, 2002.

MATTAR, Denise (org.). Semana de 22: antecedentes e consequências. Exposição comemorativa do cinquentenário. São Paulo: Masp, 1972.

Downloads

Publicado

2015-06-17

Como Citar

FIGUEIREDO, T. L. As primeiras fichas do modernista Mário de Andrade. Remate de Males, Campinas, SP, v. 33, n. 1-2, p. 245–254, 2015. DOI: 10.20396/remate.v33i1-2.8636455. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8636455. Acesso em: 27 jan. 2023.