GONÇALVES, Marcos Augusto. 1922: a semana que não terminou

Autores

  • Yudith Rosenbaum Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v33i1-2.8636458

Palavras-chave:

Teoria Literária. Crítica literária. Semana de Arte Moderna.

Resumo

A resenha discute o livro de Marcos Augusto Gonçalves, 1922: a semana que não terminou (Companhia das Letras, 2012), nos 90 anos do evento que catalisou as inovações modernistas das primeiras décadas do século XX.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yudith Rosenbaum, Universidade de São Paulo

Professora Doutora do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2015-06-17

Como Citar

ROSENBAUM, Y. GONÇALVES, Marcos Augusto. 1922: a semana que não terminou. Remate de Males, Campinas, SP, v. 33, n. 1-2, p. 289–294, 2015. DOI: 10.20396/remate.v33i1-2.8636458. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8636458. Acesso em: 3 fev. 2023.