Notre Dame de Paris, Romance Dramático?

Autores

  • Jefferson Cano Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v35i1.8641513

Palavras-chave:

Literatura francesa. Século XIX. Romance – história e crítica. Romantismo. Victor Hugo (1802-1885)

Resumo

Este artigo analisa Notre Dame de Paris, romance de Victor Hugo publicado em 1831, explorando o significado da obra em relação com os debates que tiveram lugar ao longo da década de 1820. A emergência de uma geração romântica naquele momento e sua necessidade de se opor à arte clássica tornaram possível a formulação de novas categorias e práticas culturais, mas também forneceram os limites (tanto no que se refere aos temas quanto à retórica) do debate literário. Neste artigo procura-se mostrar que a experiência vivida por Victor Hugo na década de 1820 seria a base que lhe permitiria redefinir não apenas o drama, mas o próprio romance.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jefferson Cano, Universidade Estadual de Campinas

Doutor em História pela UNICAMP e professor do Departamento de Teoria Literária da mesma universidade. Tem experiência na área de História, com ênfase em História da Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: romantismo, política e cultura, literatura e imprensa, escravidão e abolição.

Referências

ARISTOTE. Poetique d’Aristote. Trad. et notes de l’Abbé Batteux. Paris: Imprimerie d’Auguste Delalain, 1829.

AVANT-PROPOS. In: La muse française. T. 1,1823.

Hugo, Victor. Cromwell. Paris: Ambroise Dupont & Cie., 1828.

Hugo, Victor. Hernani, ou l’honneur castillanne. Paris: Mame et Delaunay-Vallée Libraires, 1830.

Hugo, Victor. Notre Dame de Paris. 3 v. Bruxelles: Louis Hauman et Compe. Libraires, 1831 .

Hugo, Victor. Notre Dame de Paris. 3 v. Bruxelles: Louis Hauman et Compe. Libraires, 1834 .

Hugo, Victor. Quentin Durward ou l’écossais à la cour de Louis XI. In: La muse française. T. 1, 1823.

La Sainte Bible de Vence, en latin et en français. T. II. Paris: Mame et Delaunay-Vallée Libraires; Méquignon et Comp. Libraires, 1827.

La Sainte Bible de Vence, en latin et en français. T. XXIII. Paris: Méquignon-Havard, Libraire, 1830.

Reliquat de Notre Dame de Paris. Bibliotèque Nationale de France, NAF, 13378.

SÉCHÉ, Léon. Le cénacle de la Muse française. 1823-1827 (Documents inédits). Paris: Mercure de France, 1909.

Stendhal, M. de. Racine et Shakespeare. Paris: Bossange; Delaunay; Mongie, 1823.

Downloads

Publicado

2015-04-22

Como Citar

CANO, J. Notre Dame de Paris, Romance Dramático?. Remate de Males, Campinas, SP, v. 35, n. 1, p. 199–214, 2015. DOI: 10.20396/remate.v35i1.8641513. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8641513. Acesso em: 14 ago. 2022.