À tona dos espelhos:

um diálogo entre Guimarães Rosa e Machado de Assis

Palavras-chave: Machado de Assis, Guimarães Rosa, O espelho

Resumo

Neste artigo, elaboramos um estudo comparativo entre os contos homônimos “O espelho” de Machado de Assis e de Guimarães Rosa, trazendo para a discussão, a partir da análise, algumas considerações sobre as intrincadas visões de mundo desses autores, postas em confronto a convite do próprio Guimarães Rosa. Tal convite é percebido não só pela escolha do título de sua estória e por alusões imagéticas e textuais à obra precedente, como também devido ao emprego de técnicas narrativas orientadas para a construção de um personagem-narrador interessado em propor um ponto de vista alternativo sobre dois eixos temáticos do conto machadiano: a fragmentação do eu e sua relação com o outro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giselle Madureira Bueno, Centro Universitário Paulistano

Doutora em Letras pela Universidade de São Paulo, com pós-doutorado pela Unicamp. Professora do Centro Universitário Paulistano/Unipaulistana.

Referências

BOSI, Alfredo. Machado de Assis: o enigma do olhar. São Paulo: Ática, 2003.

BOSI, Alfredo. O duplo espelho em um conto de Machado de Assis. Estudos avançados, São Paulo, v. 28, n. 80, jan. 2014, pp. 237-246.

BRAVO, Nicole Fernandez. Duplo. In: BRUNE, Pierre (Org.). Dicionário de mitos literários. Trad. Carlos Sussekind et al. Rio de Janeiro: José Olympio, 1997, pp. 261-288.

CESAROTTO, Oscar. No olho do outro. São Paulo: Max Limonad, 1987.

DANIEL, Mary Lou. Mirroring Machado: Guimarães Rosa and Luiz Vilela. Hispania, Alicante, v. 72, n. 4, dez. 1989, pp. 946-952. Disponível em: <http://www.cervantesvirtual.com/obra-visor/hispania--0/html/027e46d2-82b2-11df-acc7-002185ce6064_37.html#I_51_>. Acesso em: 29 set. 2019.

FREUD, Sigmund. O estranho. In: Obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, pp. 271-318. v. 17.

HOMEM, Maria Lucia. Reflexos de espelhos. Machado de Assis e Guimarães Rosa: um estudo comparativo de dois contos. Estados Gerais da Psicanálise de São Paulo, São Paulo, 2000. Disponível em: <http://www.oocities.org/hotsprings/villa/3170/MariaLuciaHomem.htm>. Acesso em: 29 set. 2019.

LEITE, Dante Moreira. Retratos e espelhos. In: Psicologia e literatura. 2. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional/Edusp, 1967, pp. 198-204.

MACHADO DE ASSIS, Joaquim Maria. Dom Casmurro. In: COUTINHO, Afrânio (Org.). Machado de Assis: obra completa. Vol. 1. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1997a.

MACHADO DE ASSIS, Joaquim Maria. Esaú e Jacó. In: COUTINHO, Afrânio (Org.). Machado de Assis: obra completa. Vol. 1. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1997b.

MACHADO DE ASSIS, Joaquim Maria. O espelho. In: COUTINHO, Afrânio (Org.). Machado de Assis: obra completa. Vol. 2. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1997c, pp. 345-352.

MACHADO DE ASSIS, Joaquim Maria. Teoria do medalhão. In: COUTINHO, Afrânio (Org.). Machado de Assis: obra completa. Vol. 2. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1997d, pp. 288-295.

MEYER, Augusto. Machado de Assis. 3. ed. Rio de Janeiro: Presença/Instituto Nacional do Livro/MEC, 1975.

RANK, Otto. Don Juan et le double. Paris: Payot, 1973.

ROSA, João Guimarães. O espelho. In: Primeiras estórias. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1988, pp. 65-72.

ROSSET, Clément. O real e seu duplo: ensaio sobre a ilusão. Trad. José Thomaz Brum. Porto Alegre: L&PM, 1988.

SCHWARZ, Roberto. Um mestre na periferia do capitalismo: Machado de Assis. 4. ed. São Paulo: Duas Cidades/Editora 34, 2008.

WISNIK, José Miguel. Psiquê e Psichê: no encontro dos espelhos de Machado e Rosa. In: PASSOS, Cleusa Rios Pinheiro; ROSENBAUM, Yudith (Orgs.). Interpretações: Crítica Literária e Psicanálise. Cotia: Ateliê Editorial, 2014, pp. 141-167.

Publicado
2019-12-13
Como Citar
Bueno, G. M. (2019). À tona dos espelhos: . Remate De Males, 39(2), 997-1026. https://doi.org/10.20396/remate.v39i2.8653585