Identidade transitória

a teoria teatral negativa de Jorge Luis Borges

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v40i2.8655717

Palavras-chave:

Estética teatral, Dramaturgia, Literatura argentina

Resumo

Este artigo procura identificar uma espécie de teoria teatral negativa em textos de Jorge Luis Borges sobre William Shakespeare. Procuraremos demonstrar que, nas reflexões teatrais do escritor argentino, assombradas pela imagem do suicídio, é possível ler uma crítica a diversas noções de identidade, capazes de esboçar traços de uma estética teatral alternativa ao drama burguês.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivan Delmanto, Universidade do Estado de Santa Catarina

Professor de Teoria Teatral na Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis.

Referências

ADORNO, Theodor. Dialética negativa. Trad. Marco Antonio Casanova. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

ADORNO, Theodor. Filosofía y sociología. Trad. Mariana Dimópulos. Buenos Aires: Eterna Cadencia, 2015.

ARISTÓTELES. Metafísica. Trad. Marcelo Perine. São Paulo: Edições Loyola, 2002.

ARRIGUCCI JR, Davi. Da fama e da infâmia (Borges no contexto literário latino-americano). In: Enigma e comentário: ensaios sobre literatura e experiência. São Paulo: Companhia das Letras, 1987, pp. 193-227.

BENJAMIN, Walter. Passagens. Trad. Willi Bolle. São Paulo/Belo Horizonte: Edusp/Editora UFMG, 2006.

BENJAMIN, Walter. O anjo da história. Trad. João Barrento. Lisboa: Assírio & Alvim, 2010.

BORGES, Jorge Luis. Borges en revista multicolor: obras, reseñas y traducciones ineditas. Buenos Aires: Atlantida, 1995.

NUÑO, Juan. La filosofía de Borges. Ciudad de México: Fondo de Cultura Económica, 1986.

BORGES, Jorge Luis. Obras completas I. 1923-1949: Edición crítica/ Jorge Luis Borges: Comentado por Rolando Costa Picazo e Irma Zangara. Buenos Aires: Emecé, 2009.

BORGES, Jorge Luis. Obras completas II. 1952- 1972: Edición crítica/ Jorge Luis Borges: Comentado por Rolando Costa Picazo e Irma Zangara. Buenos Aires, Emecé, 2010.

BORGES, Jorge Luis. Obras completas III. 1975-1985: Edición crítica/ Jorge Luis Borges: Comentado por Rolando Costa Picazo e Irma Zangara. Buenos Aires: Emecé, 2011a.

BORGES, Jorge Luis. Obras completas 4. Buenos Aires: Sudamericana, 2011b.

BORGES, Jorge Luis. Textos recobrados (1919-1929). Barcelona: Random House, 2011c.

CAMUS, Albert. O mito de Sísifo. Trad. Urbano Tavares Rodrigues e Ana de Freitas Rio de Janeiro: Record, 2009.

CANDIDO, Antonio. A educação pela noite e outros ensaios. São Paulo: Ática, 2003.

CARVALHO, Ana Cecília. A poética do suicídio em Sylvia Plath. Em Tese, Belo Horizonte, v. 3, dez. de 1999, pp. 21-29.

DURKHEIM, Emilie. Las formas elementales de la vida religiosa. Trad. Iris Josefina Lummer. Madrid: Akal, 2007.

EAGLETON, Terry. O problema dos desconhecidos: um estudo da ética. Trad. Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

ESPINOSA, Baruch. Ética. Trad. Tomaz Tadeu. São Paulo: Autêntica, 2013.

HUME, David. Tratado da natureza humana. Trad. Débora Danowski. São Paulo: Unesp, 2010.

JAMES, Henry. The Birthplace. In: Henry James: The Complete Stories: 1898-1910. Notes by David Donoghue. New York: Library of America, 1996, pp. 441-495.

KANT, Immanuel. Crítica da razão pura. Trad. Manuela Pinto dos Santos e Alexandre Fradique Morujão. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 2008.

MARX, Karl. O capital, livro I. Trad. Reginaldo Sant’Anna. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999.

MONEGAL, Emir Rodríguez. Borges – una biografía literaria. México: Fondo de Cultura Economica, 1993.

PARREIRA, Marcelo Pen. Estratégias do falso: realidade possível em Henry James e Machado de Assis. 264 f. Tese (Doutorado em Letras) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

ROSENFELD, Anatol. O fenômeno teatral. In: Texto e contexto I. São Paulo: Perspectiva, 2009, pp. 21-45.

SARLO, Beatriz. Jorge Luis Borges, um escritor na periferia. São Paulo: Iluminuras, 2008.

SCHWARZ, Roberto. Um mestre na periferia do capitalismo. São Paulo: Editora 34, 2013.

SHAKESPEARE, William. Teatro completo, volume 1. Trad. Barbara Heliodora. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2016a.

SHAKESPEARE, William. Teatro completo, volume 3. Trad. Barbara Heliodora. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2016b.

SZONDI, Peter. Ensaio sobre o trágico. Trad. Pedro Sussekind. São Paulo: Zahar, 2004a.

SZONDI, Peter. Teoria do drama burguês. São Paulo: Cosac Naify, 2004b.

WILLIAMSON, Edwin. Borges, uma vida. Trad. Pedro Maia Soares. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

WOODALL, James. Jorge Luis Borges: o homem no espelho do livro. Trad. Fábio Fernandes. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.

Downloads

Publicado

2020-12-02

Como Citar

DELMANTO, I. Identidade transitória: a teoria teatral negativa de Jorge Luis Borges. Remate de Males, Campinas, SP, v. 40, n. 2, p. 664–696, 2020. DOI: 10.20396/remate.v40i2.8655717. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8655717. Acesso em: 8 mar. 2021.